28.5.07

Prioridades

Na coluna de Mauro Bonna, edição de ontem do Diário do Pará.

Juruti
O presidente da Alcoa veio de jatinho de NY, para uma audiência com Ana, para tratar do contencioso Juruti. E acabou não sendo recebido. Isto, faz lembrar o caso do porto de Itaqui.


A culpa é do presidente da ALCOA, que se esqueceu de passar em Brasília e trazer o presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

6 comentários:

Bela disse...

Sei, não.
A nossa Imelda surtou, mas acho que não a este ponto. É o capital, mano. É o capital...
Isso está com cara de barriga. Aliás, acho que o Bonna deveria providenciar um daqueles aparelhinhos de ginástica passiva - aquele dos choquinhos - para a coluninha dele.
Beijoca

Anônimo disse...

Estou por acreditar que isso tenha sido verdade.
Por essas e outras, o Pará é essa coisa. u
Duvido que o governador de MG, ES, CE, PE, BH, MG, AM e de vários outros estados do país fariam essa estrupice.
A Ana está brincando de governar. Ou não sabe o que significa um investimento, em qualquer lugar do mujndo, de US$ 1 BI.
Acho que os parlamentares deveriam cobrar uma explicação da governadora.

francisco rocha junior disse...

Hehehehe... muito boa, essa!

Anônimo disse...

Se fosse verdade, teria a governadora feito muito bem, afinal, em qualquer lugar do mundo, audiência com autoridades são marcadas previamente, independente do requerente ser o presidente de uma poderosa empresa multinacional. Claro que, pra eles, a governadorazinha da província iria correndo ( como foi com o presidente da desmoralizada CBF) recebê-lo. Claro que, para a sabujada de plantão ela deveria fazer assim mesmo, pôxa, vamos perder a oportunidade de ter aqui mais uma poderosa mineradora nos preparando futuros buracos e problemas cada vez mais insolúveis?
Mas concordo com a Bela, deve ter sido barriga ou viagem do Mauro Abona.

Anônimo disse...

Juvêncio, cheque mehor suas fontes, a governadora na semana passada recebeu tanto o Ministério Público como a direção da Alcoa, inclusive seu presidente.

Anônimo disse...

Aí! Ana, não dê moleza, faça esses gringos esperarem, como esperam no Iraque, Irã, Cuba, Coreia, China e nas Arábias.
Quem tem o que eles querem somos nós, o Pará!
Eles só tem papel moeda em dollar, que está caindo, em queda livre!