16.4.08

Liminar Mantém Imbroglio

Do blog do Estado do Tapajós

O Centro Integrado de Administração do Paraná(CIAP) obteve na justiça uma liminar que permite que essa Oscip continue a administrar o Hospital Regional do Baixo-Amazonas.O distrato da Sespa com o CIAP foi anunciado pela secretária de saúde Laura Rosseti, na última sexta-feira. Foi anunciado naquela ocasião que o hospital regional seria administrado pela Pró-Saúde.A notícia da concessão da liminar ao CIAP foi repassada ao site ainda há pouco por um médico que foi contactado no início da tarde de hoje por um dos dirigentes dessa Oscip. Ele prometeu, ainda, pagar os salários atrasados dos médicos na próxima sexta-feira.Hoje, às 18 horas, estava marcada uma reunião dos diretores da Pro-Saúde com os médicos do hospital regional.

------

Se o blog fosse supersticioso diria que há uma caveira de burro enterrada no HR do oeste do Pará. Mas como não é, diz que o que explica a situação do HR é a combinação, em doses equinas, nos desvios de recursos públicos com a incompetência na Sespa.

9 comentários:

Anônimo disse...

Me diga uma coisa Juva, esta Pró Saúde é a mesma do plano de saúde que faliu aqui no Pará?

Anônimo disse...

estamos fundi.....

Anônimo disse...

Não a pro saude é a mesma de marabá e altamira que ficou com um rombo de milhoes ao abrir em maraba em plena campanha de 2006 pois esperava se que o grupo valéria e dourado iam permanecer só que deu no que deu aí tudo que ela comprou sem contrato nao recebeu e corre até agora atrás do prejuizo mas o médico e o monstro negociaram situações e uma delas aparece agora com a contemplação do HR do Oeste alõ MPF PF

Anônimo disse...

Deixe de ser cachorro e mau caráter, anônimo das 8:16.
Tome coragem, vá ao Ministério Público Federal e faça a sua denúncia.
Lá, você pode pedir anonimato e continuar escondido atrás da sua covardia, cachorro.
Vic Pires Franco

Anônimo disse...

Já estamos de saco cheio do deputado arrogante postar este tipo de comentário aqui e o dono do blog ser leniente. Com outros a peia é certa.

Anônimo disse...

Ao invés de solicitar que o anônimo vá ao MPE o deputado deve ensinar como fazer tudo isto e não ser investigado e ainda posar de zeloso com os recursos público.

Juvencio de Arruda disse...

Das 9:00...rsrs. Estamos quem, cara pálidésima?
Quer dizer que vc só quer bater, não quer apanhar também?...eheh
Virem-se, vc e o deputado.
Serei leniente com os dois...eheh

Anônimo disse...

Isso mesmo Juvêncio. Estamos quem de saco cheio???
Ei das 9:00 fale só por vc!

Anônimo disse...

E tem mais a Pró Saúde foi obrigada a fazer várias inserções na mídia em marabá através da empresa de publiciade oficial do governo "griffo" na época, algo em torno de 170 mil reias,só com mobiliário + 500mil e etc etc etc...dep. cachorro é vc que assina como lulu, e aqui fique certo não tem eleitor seu aqui quem escreve não é zé povinho entendeu....guarde seu discurso pra campanha que o meu eu guardo pra tirar a mascara não de talco, ruge ou baton mas da moralidade que vc e seu time não tem.