28.4.08

Quem Tem Medo do PTP?

Na caixinha do post Relações Perigosas, de sábado, que falava das relações entre o executivo e legislativo paroara, deu-se uma discussão sobre o PTP - o suposto temor da assembléia em aprová-lo, quem nele estará representado, a suspeita de aparelhamento, e a possível superposição entre duas formas de representação: o Legislativo e as assembléias populares.
Trago à ribalta um dos comentários, anônimo, que me pareceu disposto a enfrentar o debate com sinceridade, disposição e conteúdo.

Um debate tão caro como este, no campo da relação entre democracia e representatividade, um espaço como esse do blog é insuficiente. Não entro no mérito das críticas do A.F. pois expressam suas visões de mundo e concepções de poder. O desgoverno reside na mente de quem vê e deseja ver ou inventa (a "invenção" no sentido histórico e antropológico de nossa boa hermenêutica social).
A questão central é: democracia representativa e participativa são excludentes? Essse governo pensa que não e usa uma categoria bem definida para a descontrução do problema: a categoria da mediação. Isso é o que esse governo: mediar as duas formas de participação consagradas.
Os Conselhos, anônimo, já funcionam e estão a pleno trabalho. E não pense que seus membros são "vaquinhas de presépio" ou clube de aliados. Lá há conselheiros petistas, tucanos, comunistas, igrejeiros, basistas, vanguardistas e grupos de todos os gêneros e perfis.
Leia nossas publicações. O acesso é público. Não escondemos nada. Não vamos nos alongar, pois, como disse, o espaço do blog é insuficiente e esse não é o melhor lugar para isso. O "Quinta Emenda" já fez um grande papel de abrir a discussão e não precisam ficar usando o "blog" como"biombo de mágoas".
Parlamento que se preze não deve temer a participação popular.
As duas esferas podem se completar tranqüilamente pelo sadio caminho da mediação.
Uma boa leitura do Boaventura ( de Souza Santos) não seria ruim para facilitar o debate. Saudações... Juca, parabéns pelo debate. Posso lhe enviar o Projeto de Lei, se quiser...

---------

Gostaria de receber o projeto sim, obrigado.
E recomendo fortemente a leitura do link, uma ótima entrevista que sintetiza algumas das idéias do intelectual português que esteve em Nova Déli no ano passado, e prometeu voltar.

3 comentários:

Jefferson disse...

Juca, não dá pra entender o temor dos nobres parlamentares paroaras, tendo em vista que, há pelo menos 14 anos (12 de tucanato e 2 de petismo) eles têm simplesmente homologado as decisões do Poder Executivo, não cumprindo uma de suas funções primordiais: legislar.


Jefferson

JUNIOR disse...

Juca a questão do PTP pode até está preocupando o pessoal lá na ALEPA porque este plano politico para funcionar os seus coordenadores devem ter profundo conhecimento da engenharia politica usada no Estado,e me perdoe até onde eu sei dentro da equipe de coordenação politica da governadora não consigo vizualisar ninguem que detenha está competência,prova disso a real deriva em que se encontra as politicas publicas do atual governo.

Anônimo disse...

E olha que essse PTP nem é tão partidpativo e democratico assim, imagine se fosse, ai que os caras iam ficar com medo.
Se a Edilza sair talvez melhore um pouco.