12.4.08

Arquibancada

Visitantes ilustres estavam em Nova Déli por ocasião do desabamento de Mr Johnson, o ex chefe da Casa Civil do governo do Pará.
Carlos Guedes de Guedes, ex titular da então secretaria de Planejamento, Orçamento e Finanças, a primeira perna do tamborete que deixou o governo, com cinco meses de mandato, foi um deles.
Paulo Heineck, comandante do marketing da campanha de Ana Julia, foi outro.
E mais uma galera da DS nacional que ontem bebericava calmamente num boteco da cidade, na companhia do novo chefe da Casa Civil, Claudio Puty, e do secretário de Formação Bruta de Capital Fixo, digo, Ciência e Tecnologia, Maurílio Monteiro.

8 comentários:

Val-André Mutran disse...

Precisão.

Anônimo disse...

Eles bebeiam, e a governadora namorava...
Ô vidinha mais ou menos...

Juvencio de Arruda disse...

É mesmo? Nada sei sobre a segunda parte de seu comentário,mas tudo bem.
Até porque não é proibido e todo mundo tem direito, né não?

Anônimo disse...

Você tem razão Juca: deixa a governadora namorar. Se fosse homem, no caso governador, podia e ainda era festejado.
Só tem um porém: nesse caso, ou namora ou reune. Mas nada impede que faça as duas coisas ao mesmo tempo, não é mesmo?

Antonio Fernando

Anônimo disse...

Um dos capas da DS também foi visto por estas bandas, Raul Pont, ex-prefeito de Porto Alegre.

Anônimo disse...

A praga do governo são os irmãos Monteiro, eles são quem a governadora não deixa de ouvir nunca.
Isto é assim desde o Sindicato dos bancários.
Puty torna-se a figura central do governo graças aos dois, principalmente Maurílio.
E que eles são tão antipáticos e arrogantes que não conseguiriam estar neste papel central do governo.
Se estivessem concerteza as outras tendências do PT já estariam empé de guerra, pois conhecem essas figuras de longos tempos.
Daí eles tramarem tudo nos bastidores e usam a figura de Puty para o grande público.

Bia disse...

Bom dia, querido;

perguntar não ofende: Capital Fixo ou Flutuante?

Baijão

Anônimo disse...

Incompetentes e Insanos Deslumbrados . o Estado está parado e daqui para pior .
Pobre Ana Júlia em breve será certificada como Persona Non Grata do Povo Paraense .
Mero Observador