12.4.08

Curta e Grossa

Primeiro e último parágrafos da nota do governo que comunica a exoneração de Charles Alcântara, ex chefe da Casa Civil.

A Governadora Ana Júlia tomou a decisão administrativa de substituir o Chefe da Casa Civil Charles Alcântara.
Charles Alcântara continuará servindo ao Estado, retornando ao seu posto de auditor fiscal na Secretaria de Estado da Fazenda.

Só faltou dizer: sem dar um pio.
Pia, Charles, pia.

12 comentários:

Val-André Mutran disse...

Que deselegância de nota heim mestre?

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia, mestre.
Tem mais recheio na nota, na atualização do post Adeus, Mr. Johnson, de quinta feira.
A nota é dura, sim, mas...como diria... talvez tenha sido construída com a dose certa.
Aposto que Charles não vai dar um pio. Unzinho só.
Abs pra vc

Val-André Mutran disse...

Concordo com você. Que coisa! Vai vender muito Diário Oficial.
E o G-10 mestre? Que desatada vergonha amigo.

Anônimo disse...

Eu fico aqui imaginando, se eles tratam a companheirada desse jeito, imagina só, os aliados.
Não digo nem os adversários !
Também não falo de aliados com pedigree, como o universal-lalá Jader Barbalho. Esse, é bem mais tratado a pão de ló, do que a própria saltitante governadora.

Juvencio de Arruda disse...

Companheirada?...rs
Há jeitos e jeitos de tratá-la, e vc parece saber muito bem disso...eheh

Poster disse...

Juca,
Mais seca do que essa nota só o deserto de Saara.
Ou os sertões do Ceará.
Abs.,
PB.

Juvencio de Arruda disse...

Alalaô, ô ô o õ...eheh
PB, vc sacou bem. A nota é um redonda.
Abs

Anônimo disse...

piu, piu, piu, piu, piu, piu piu, piu, piu, piu...

Val-André Mutran disse...

Ei Juvêncio? Tenho uma proposta para você.
Que tal fundarmos uma Agência de Novos Talentos?
Acho que vamos ganhar muito dinheiro revelando novos talentos globais? Hehhehehee!

Mero Espectador disse...

A governadora vai se arrepender da graça.Anotem.

Anônimo disse...

Não não . quem vai se arrepender da Graça é o Teu Sogro e cunhado Mero.
Limpol

Anônimo disse...

Limpol, nós é que já estamos arrependidos. pensamos que quem fosse governar era a Ana, não os anões.