26.5.08

Acabou a Duplicidade

A Secom do governo do Pará proibiu as agências de cobrar BV dos fornecedores. Já recebem do governo. O BV é uma comissão sobre serviços, que onera algo em torno de 10 a 20% o preço do serviço fornecido.

10 comentários:

Anônimo disse...

Tem agência que cobra mais de 20% de BV, onerando, assim, o custo para o cliente. É o caso de se dizer: quem contrata essa agência tem sempre um Custo Antecipado.

Anônimo disse...

ôba.
Já que acabou a cobrança de BV, quando é que acaba a mídia política em lugar da mídia técnica?

Bia disse...

Bom dia, Juca querido:

que o feriado e o final de semana tenham lhe garantido merecido descanso e máquina azeitada.

Tô com saudade. Vontade de conversar. Que tal na quarta?

Beijão

Anônimo disse...

Melhorando o Titulo: "Acabou a festa!"

Nesse ramo quem só ganhava dinheiro era agência mesmo. Ganhava em todos os lados.

Anônimo disse...

Que belo exemplo.

Anônimo disse...

Isso é só pra psdbista ver, na hora da campanha o BV volta. Eles estão querendo mostrar transparência e ética, mas como conseguir se uma diretora da secom não dá um passo sem consultar a cartomante? Vai ver o nome da cartomante é Bases. Juva, tenho provas do que eu digo.

Anonymo

Juvencio de Arruda disse...

rs...não acredito. Em cartomantes e na volta do BV nas vésperas da campanha.
Acredito que os tucanos ainda impressionam muito os petistas,e na força da cartomante Bases.
Quanto as suas provas, prove-as.

Anônimo disse...

Juvêncio

Diria o anônimo o mesmo se a pessoa em questão fosse dizimista em uma Igreja Evangélica? Se comungasse todo domingo na Igreja Católica?

O fato é que este comentário está alegrando o dia na SECOM. Todos estão achando graça do despeito do anônimo...

Juvencio de Arruda disse...

Vcs são muito bem humorados...rs

Anônimo disse...

Juca, diz a aquele samba da escola do Jurunas: "As cartas não mentem jamais... Az de ouro traz fortuna que o tempo não desfaz...". Acertada a decisão do fim do BV para as agências. Ganham os fornecedores e também ganha a transparência do governo. Aliás, isso não tem faltado na SECOM neste novo momento. Quando a ida ou não a cartomante não tenho nada contra e confesso que o samba vitorioso do Rancho não deixa dúvidas sobre a importância de tal crença. As cartas são sábias e jamais mentem.
É bom a anônima das 11h07 começar a procurar algo para adivinhar o seu futuro. O tempo andará meio nublado nos próximo dias.
Um abraço.
Ah, ontem li um velho texto publicado no "Ordine Nuevo", bem atual em se tratando das tensas e complementares relações entre Mídia e Política.
AJZR