28.5.08

Mais 7.000 Vereadores

A malandragem que superlota a Câmara dos Deputados aprovou ontem a noite a PEC 333/2004, mais conhecia como PEC dos Vereadores. No total seriam 7 mil novas vagas para vereadores nas cinco regiões do país. O autor da indecência é o deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS). Agora a matéria vai ao Senado onde precisa de 47 votos para ser aprovada.

9 comentários:

alessandro amaro disse...

Juca

vamos analisar as coisas com calma.

quando houve a diminuição do número de vagas de vereadores em 2004 pelo TRE, a medida foi "vendida" como de economia para os cofres públicos.

Pura balela, pois o percentual do que o Município arrecada a ser repassado para as câmaras municipais continuou o mesmo.

Em suma, diminuiu o numero de vereadores mas a despesa com as câmaras municipais permaneceu no mesmo patamar.

Agora o número de vereadores pode aumentar mas sem que isso implique em aumento do repasse às câmaras municipais.

e venhamos temos muitas distorções em relação ao número de vereadores em alguns munícipios.

Por isso , na minha singela opinião, a medida é boa pois atende a demanda dos pequenos municípios sem aumentar a despesa com as câmaras municipais.

Anônimo disse...

E as políticas públicas, como ficam? Cadê verba para investir em educação, saúde, segurança, etc., esse povo deveria ter vergonha de assaltar os cofres públicos.

Anônimo disse...

Juca!
É uma excrescência legislativa!
Se não me engano, atualmente os pretendentes concorrem a aproximadamente 6 mil vereanças. Estão criando mais 7 mil, que se somando aos anteriores, totalizariam 13 mil?
Corrija-me se eu estiver maluco!
Abs,
O vigiador.

Anônimo disse...

Alessandro, o TRE nunca reduziu número de vereadores, o que houve em 2004 foi uma adequação feita pelo TSE. Mas, assim como houve municípios que reduziu houve muitos, como Belém em que o número aumentou.

Anônimo disse...

Seu Juvencio;
Municipios como Sapucaia, que tem uma população algo entorno de 8 mil habitantes, são 9 vereadores. Parauapebas que são 150 mil habitantes, 10 vereadores.
Tem coisa errada nessa representação, tu não acha?
JB dos Santos

Juvencio de Arruda disse...

Acho sim, Seu JB dos Santos, professor Alessandro e demais.
São assimetrias que resultam de alterações da ditadura militar, que impôs a tese da representação mínima. Para deputados federais, por exemplo, nenhum estado pode ter menos de oito representantes. Resultado? São Paulo reclama, e com razão, que a relação eleitores/deputados é injusta. Se fosse seguida a relação paulista a amapaense, ou acreana, cairia para apenas 1 parlamentar. Aí quem pergunta sou eu: que tal? Quem admite perder parlamentares?
O que eu acho complicado é fazer o ajuste por cima, acrescentando vagas, acrescentando mais verbas aos orçamentos legislativos, acrescentando corrupção, nepotismo e "mensalinhos" que, como vcs deve saber, existem em todas as casas de Noca do país.
Neste caso específico que vc citou, tanto Pebas quanto Sapucaia deveriam perder vereadores, mais na primeira do que na segunda, de modo que a assimetria entre elas, ao menos, diminuísse. E junto com ela todas as outras mazelas que citei acima.
Quando vc vê que em muitos municípios essa malta reúne uma vez por semana, as vezes nem mora no município, que não vale o que o gato enterra, é o caso de se pensar: por que aumenta-la?
Na minha modesta opinião é uma indecência, além de um erro crasso, apoiar uma medida que venha aumentar a entropia.

Anônimo disse...

Pois que se aumente consideravelmente o número de vereadores, e que seja um cargo honorífico, sem nenhum gasto com salários, assessorias e outros privilégios. Que os vereadores sejam eleitos para representar todos os bairros, grupos sociais, etc, para controlas os atos do executivo e que se sintam gratificados por contribuir para a melhoria da vida na cidade, que retribuirá com títulos, honrarias, estátuas em praças públicas para os mais atuantes e enterros monumentais ao final da vida.

Anônimo disse...

Luluquefala:
Sabe aquela praga que dá em plantação ?
Se chama vereador.
Suga, suga, suga, e depois... suga.

Anônimo disse...

Os Deputados são outras pragas? Ou eles não dão uma "sugadinha"?. Apresenta um projeto pedindo a extinção dos mandatos de vereadores, Dep. Vicquefala.