27.5.08

Novo Porta Voz

O deputado federal petista Paulo Rocha porfia animadamente com seu colega tucano Flexa "Devastação" Ribeiro. Na próxima sexta, 30, em Nova Déli, vai pressionar Lula e os governadores da região pela descompressão da peia ambiental nos predadores.
Sem novidades. Paulo "Mensaleiro" Rocha, enquanto não for punido pelos crimes assumidos que é acusado no STF, continuará na senda de safardanices que optou por enveredar.
No blog do Estado do Tapajós.

O coordenador da bancada de 82 parlamentares da Amazônia, deputado Paulo Rocha (PT-PA), também sugere ao governo um recuo no arrocho ambiental. E avisa: "Vamos usar a força da bancada para negociar com o Banco Central para evitar outro gargalo na região", diz."O governo quis dar um tranco, mas o lado empresarial precisa de um prazo maior para se adequar. Não pode cortar (o crédito). Tem que dar tempo para transição". Ele avalia haver uma "falsa polarização" na região. "O boi é importante, mas não se pode mais devastar para criar gado. E precisamos do reflorestamento para atender à siderurgia", analisa.A posição de Rocha será externada durante Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, que terá a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta-feira, em Belém.
(Com informações do jornal Valor Econômico)

2 comentários:

Prof. Alan disse...

Lá vem o golpe! E pensar que um dia votei neste senhor!

Ainda bem que voto, pra desfazer, é menos traumático que casamento...

Juvencio de Arruda disse...

Lamento por vc, profesor.
Eu nunca acreditei neste narigudo.