26.5.08

Jader em Prantos

O Sobrancelhudo volta a expor seu outono.
Na edição de ontem, 25, acusa a pocilga concorrente de atribuir ao sombrio deputado peemedebista a autoria da PEC 457/2005, aquela que procura estender a aposentadoria da magistratura para 75 anos.
Aos fatos.
A notícia foi divulgada no dia 13 de maio pelo site Consultor Jurídico, hospedado no Estadão, reproduzida no site do Jeso Carneiro no dia seguinte, horas depois no Quinta Emenda, numa atualização, e depois pelo Seventy.
Na última sexta, 23, o Espaço Aberto também postou a notícia, linkado-a ao site da Ajufe, a Associação dos Juízes Federais. É interessante observar, no link do Conjur, que o manifesto da Associação diz que a proposta de emenda foi alterada pela Comissão Especial da Câmara que analisa a proposta indecente.
O Seventy e os "blogs sensacionalistas locais" entraram na peia da pocilga indisponibilizada. O Conjur e o Jeso não. O Espaço Aberto já deu a lição de jornalismo que faltou ao Diário do Pará.
O Quinta diz apenas o seguinte: é sensacional vergastar lombo de malandro.
Sen-sa-cio-nal.
Mesmo que depois tenha que fazer a devida correção, pois afinal o Conjur é uma fonte de relevância na área, tanto quanto Jader é um nome de relevância na Câmara dos Deputados.
É o quarto parlamentar brasileiro mais acossado por processos por desvios de verbas e outras falcatruas capituladas no Código Penal.
Não é mesmo, Jader?

24 comentários:

Anônimo disse...

Juvêncio,
Até quando teremos que aturar Jader Barbalho?
Por que será que a Justiça não o alcança de forma a não permitir essa procrastinação de todas as peraltices que aprontou ao longo de anos seguidos?

Juvencio de Arruda disse...

Até o dia em que a Justiça tomar vergonha na cara e condená-lo a uma temporada na penitenciária de Americano.Enquanto isso ele vai chorar cada vez mais.

Anônimo disse...

Jáder Barbalho será alcançado pela justiça no mesmo dia e hora em que o Sr. José Sarney, FHC, Roriz, Quércia, Maluf, Serra, Agripino Maia e tantos outros também forem condenados, ou seja nunca. Este é o Brasil de sempre.

Anônimo disse...

No Pará é mais fácil a borduna cair no lombo de jornalista e de blogeiro.

Juvencio de Arruda disse...

Mas não deste aqui, invertebrado das 11:55.
E isso é tudo que vc tem a zurrar?

Anônimo disse...

Eu quiz dizer que aqui não existe justiça nem segurança, e que por isso quem ataca os poderosos tem mais é que tomar cuidado. Como já dscobriu o Lucio Flávio Pinto e o engenheiro da Eletrobrás. No teu caso eu espero que nada ocorra, até porque o Jáder Barbalho não liga para blogs, não se ofenda.

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado pelo esclarecimento, das 1:44,e não me ofendi com o "nemteligo" do Jader para os blogs.
É comum entre os políticos de terceira classe o desconhecimento da ferramenta.
Já entre seus asseclas, o sucesso é grande...eheh

Prof. Alan disse...

Já está passando da hora de Jader et caterva sumirem do cenário político paraense e brasileiro. Essa turma só deu prejuízo pro governo e onde passa deixa suas digitais mal-cheirosas (vide INCRA e SUDAM...).

Anônimo disse...

Os blogs construidos com seriadade, tipo o Quinta e o Espaço Aberto, é que não devem "ligar" para o que pensa ou deixa de pensar o deputado Jader. O que eles fazem é manter "acesa" a chama do que políticos desse jaez fazem contra o país. Dessa forma, fica a remota esperança de justiça. Quem sabe um dia ela se faça presente, né mesmo, Juvêncio?

Juvencio de Arruda disse...

Muito obrigado por incluir o Quinta em tão nobre companhia, sem falar nos outros blogs que tratam de politica, na minha opinião todos comprometidos com a ética na política.
E concordo com vc: um dia ela se fará presente sim, tanto mais cedo quanto maior a participação da sociedade na política.

Anônimo disse...

Jáder Barbalho é um mal exemplo para as novas gerações. Jáder me envergonha, como político. Aliás, me dá nojo !
Tudo mudou nesse país, mas o Jáder continua livre leve e solto. Vagabundeando com o dinheiro público.
As instituições estão funcionando como nunca.
O Ministério Público Federal está tendo um papel importantíssimo na vida nacional, denunciando e colocando atrás das grades bandidos e ladrões do dinheiro público, como fez com Jáder uma vez. Pena que tenha durado só um dia. Mas bastou esse dia, para que ficasse para sempre, as marcas das algemas nos seus pulsos.
Jáder, solto e os ladrões de galinha condenados e presos. É esse o Brasil que queremos para os nossos filhos ?
Jáder queria muito voltar ao Senado Federal, mas está de castigo na Câmara dos Deputados, evergonhando seus pares, como eu, para fugir dos seus processos, todos por corrupção.
Por ser Deputado Federal, tem foro privilegiado, e seus processos são julgados pelo Supremo Tribunal Federal.
Só são onze ministros para milhares de processos. Enquanto isso, ele segue o caminho da impunidade, livre leve e solto, emporcalhando e envergonhando a classe política.
E por falar em filhos, o meu , de 9 anos de idade, já fez a parte dele. De tanto ouvir a honra da sua mãe ser achincalhada pelos barbalho, resolveu defender a mãe.
Ao ao encontrar Jáder no avião, o chamou de tudo o que ele merecia ouvir. Bem alto, na cara e na lata. Quase foi aplaudido por todos os passageiros.
Jáder, que já perdeu a vergonha na cara, ficou impassível lendo o seu livro, logo na segunda fileira.
O Deputado Wladimir Costa, sentado ao lado do meu filho, se divertiu o vôo inteiro, dando corda para que ele repetisse a dose. Eu não deixei.
Alguns podem até dizer que meu filho não deveria ter feito aquilo. É verdade, mas fez !
Para orgulho do pai e da mãe.
Vic Pires Franco
Deputado Federal

Anônimo disse...

Parabéns deputado, graças a Deus, nossos filhos saem bem diferentes de nós, geralmente muito melhores!

Anônimo disse...

Prezado deputado Vic Pires:
e o Jader, depois de tudo isso chora...! Tá nem aí, já está armando sua volta ao Senado, quem viver, verá!

Anônimo disse...

Como sempre Jáder Barbalho é uma referência, para o bem ou para o mal. Vejam só que até deputado federal entrou na caixa de comentários só porque o nome do Barbalhão foi citado. É um campeão de audiência mesmo, nem se importa que outros queiram pegar carona em sua popularidade, como ocorreu nos palanques de 1998! Ninguém o engana mais de uma vez, por isso o deputado mudou de lado.
Aliás, será que o deputado já resolveu todas as pendências do inventário de seu pai, do qual ele muito se queixava naquela campanha, e que ia servir pra lgalizar uma série de "pendências", por assim dizer? Estou curioso em saber...

Anônimo disse...

Pobres de nós que não temos um pelotão de advogados para nos defender. E quem nos "defende" parece estar mais preocupado com seus interesses pessoais. E nem um pouco preocupados com o ridículo passado de seus partidos. Lambendo as botas da tortura, da censura, e etc.
E anotem. Para eles, interessa que esqueçamos isso tudo. E quem não conheceu os anos de chumbo, é manobrado com cinismo atroz.
E quem não lhes rende homenagens, é tratado com má educação e deselegância.
Brasileiros!
Expulsai da vida pública os corruptos, os ladrões e também os cínicos.

Anônimo disse...

Todos os vivas aos blogs! São oxigênio no meio de tanta calhordice exposta nas bancas diariamente. Juvêncio, descobri seu blog há pouco tempo e acesso diariamente. Recomendo aos amigos que querem algo mais que a notícia "preparada" e oferecida pelas pocilgas. Quanto ao sobreçanlhudo, ele não lê porque tem sempre um puxa pra deixá-lo a par das coisas. Aliás, se lesse mais, poderia perder a maneira irritante de dizer a palavra "própio", ele deveria se apropriar de um dicionário e não do erário. Rimou, rerererere. Abraço
a) Alcyr Lima - Professor

Anônimo disse...

Jader, candidato a Senador ?
Tou torcendo para que isso aconteça. É peia certa e, por isso, ele não se candidatou nas últimas duas eleições.
Ele sabe que, sem mandato, as chances dele colocar pulseiras de aço aumentam e mmmuuuiiitttooo !
Vamos, Jader, tente ser Senador. O Pará agradeceria.

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, professor Alcyr. Bem vindo ao blog.De fato eles merecem.
E a rima ficou ótima.
Abs

Anônimo disse...

Luluquefala:
Jáder canta:
"Adeus mandato, eu vou partir
para nunca mais voltar
Adeus mandato
eu vou em cana
e é pra lá que eu vou ficar"

Anônimo disse...

Não adianta chorar, Jáder é o cara! Até o Jatene já se convenceu disso (de novo)...

Anônimo disse...

É o cara - não há dúvida - para vestir pijama listrado!
Viva o Jáder !!!!
Longa vida, sobrancelhudo !

Anônimo disse...

Ciúmes do Jatene com o Jáder, hen, deputado?

Anônimo disse...

Costa larga, o deputado tem...

Blog do Alan Wantuir disse...

Caro amigo, uma coisa me intriga, olha que leio bastante e não vejo a notícia de que político fulano de tal morreu. Cheguei a conclusão que nem a morte e nem o diabo quer eles!!!!