30.7.08

Justiça no Boteco

No blog do Alaílson Muniz.

Em alguns municípios do oeste paraense, os juízes receberam os pedidos de impugnação dos candidatos da situação e, em seguida, foram tomar umas cervejas com os impugnados em mesa de bar.

9 comentários:

Juvencio de Arruda disse...

Lá a informação está assinada.
Em seu comentário, não.

Anônimo disse...

isso é uma desfaçatez! tem que chegar na corregedoria do TSE, no CNJ, identificar quem são esses juízes!!!!! Triste Pará! Pensei que podia ser um juiz ou outro, mas juízes?????
alailson dê nomes aos bois!!
mefistoféles ( o não-fausto)

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, juiz também é gente, eu bem o sei porque convivo com muitos deles, por razões profissionais.

Entretanto, é raro achar um que sente-se em mesa de bar - eles são meio resistentes a isso, por questões de segurança pessoal e por princípio ético. Acham que juiz não pode ser visto bebendo por aí. Preferem beber em casa ou em festas particulares, ou freqüentar um bar mais soçaite, de público mais restrito...

Por isso, o juiz que senta num bar qualquer da esquina pra brindar com alguém que ele terá de julgar já avançou as fronteiras da ética em muitos quilômetros...

Juvencio de Arruda disse...

Concordo com vc,prof.

Anônimo disse...

Depois dessa, vamos cobrar decoro parlamentar e ética de quem e pra que? Isso não está à venda nos supermercados, é berço mesmo.

Anônimo disse...

Pistoleiro bebe com sua vítima, e nem por isso o perdoa.Manda bala!!

Juvencio de Arruda disse...

Jornalistas também.

Franssinete Florenzano disse...

Oi, Juca! Sensacional esta sua resposta de bate-pronto. Vou dar realce no meu blog. Beijo!

Juvencio de Arruda disse...

rsrs...obrigado e bom dia, querida!
Saudades de vc.
Só esqueci as aspas, é claro...rs
Bjs