17.7.08

A Penitenciária Espera Murrieta

O blog Espaço Aberto, num post que resume o esforço do juiz Pedro Sotero na condenação da 157 vezes peculatária Ana Teresa Murrieta, desembargadora aposentada do TJ paroara, classifica como histórica a decisão que poderá levar, pela primeira vez, uma ex integrante da Corte paroara a usar o uniforme listrado.
Embora beneficiada por um habeas corpus corretamente concedido pela vice presidente da casa, não se pode fazer reparos à sentença do juízo singular. Não se poderia, aliás, pois foi o que tentou fazer uma desembargadora na sessão de ontem do Pleno, quando pediu para conversar baixinho com seus pares, propondo que fosse feita uma repreensão ao juiz Pedro Sotero, por ter-se atrevido a decretar a prisão de Murrieta. Um deboche à justiça, claro, por escancarar que as amizades e honrarias à uma nacional com o perfil de Murrieta estão acima do dever, da lei, da ética e de tudo que tenha algum valor.
Uma questão de honra acossa o TJ paroara: impedir que as manobras jurídicas do advogado da ré, Oswaldo Serrão - que sequer titubeou em arguir a orientação sexual da médica forense que julgou sua cliente capaz e sã, a modo de tentar descredenciar seu laudo - levem o caso até a prescrição.
Murrieta precisa ir para a penitenciária e pagar pelos seus crimes.
Lá é o seu lugar. Ou isso, ou a lama espera o TJ.

14 comentários:

Consciência Policial disse...

Infelizmente nosso Poder Judiciário está repleto de amostras do chamado "corporativismo ruim", se é que existe algum que seja bom, como ocorreu em Abaetetuba e no caso nacionalmente conhecido envolvendo o banqueiro Daniel Dantas. Ou é muita bondade, ou é rabo preso...

Juvencio de Arruda disse...

Há bons juízes ainda. Muitos.
Bom dia pra vc, Pontes.

Anônimo disse...

A lama espera,não se a murrieta não for para a cadeia a lama vai é começar a escorrer as escadarias do Lauro Sodré.

Anônimo disse...

Felizmente, a sentença condenatória recorrível interrompe a prescrição, ou seja, o prazo começa a ser contado todo de novo. Murrieta, mesmo completando 70 anos de idade e vendo a prescrição, para ela, ser reduzida à metade, não pode sonhar com a prescrição pelos próximos dez anos!

José Carlos Lima disse...

Oi Juvêncio! Tudo bem?
Camarada estamos assistindo algumas cenas no mínimo inusitadas.
O STF é a mais alta corte da República, das suas decisões não cabem recursos. O presidente dessa Corte Suprema é aquele que presidi a sessão de impedimento do Presidente da República. Como é então que o Presidente do STF se presta a participar de uma reunião de reconciliação com o Ministro da Justiça, intermedidade pelo Presidente da República como se fosse um de seus auxiliares?
Outra cena inédita. A Polícia Federal subordinada ao Ministro da Justiça, que, por sua vez, é subordinado ao Presidente da República, substitui o delegado, afastando-o do caso Daniel Dantas. O Presidente da República diz que não concorda e joga a responsabilidade para o delegado, expondo-o a exacreção pública, como se fosse possível, no Brasil, um subalterno divergir do seu chefe superior. O Presidente, pois, se pode designar ou exonerar um ministro pode fazer isso como qualquer pessoa que exerça um cargo de confiança na esfera federal, pelo simples fato de que em direito, quem pode o mais pode o menos.

Juvencio de Arruda disse...

Oi Zé, bom dia. Prazer em revê-lo por aqui.
Estamos assistindo a um espetáculo de cinismo, protagonizado pelas mais altas autoridades da República.
Não é a primeira vez, mas é cada vez pior.
Só que não colou.
Lula não pode o mais, só o menos.

Juvencio de Arruda disse...

Das 9:26, excelente notícia.

Gilmar de Lama disse...

O que deu (des)gosto de ver, foi o Serrão, ontem, com o Des. Maroja, correndo atrás da corregedora em exercício, no TJE.

Parecia(m) preocupado(s) com a situação da cliente, ops, paciente!

Anônimo disse...

Será que o "transtorno bi-polar" da dona Murrieta já a fez sacar, ao invés de depositar, na conta do Serrão?!

Anônimo disse...

e o juiz alan campos cadê? aquele que apareceu na operação navalha na carne? tá respondendo, tá livre?
cadê o tje?

Anônimo disse...

a reunião da susipe é impublicavel?

Juvencio de Arruda disse...

rs....depende, das 2:56. Eu a vi moderada positivamente no blog do Charles. Pediria, apenas, e se não for muito, que vc evitasse apelidos à governadora Ana Julia.
Só por uma reverência ao gênero, nada mais.
Obrigado.

Anônimo disse...

A frase está entre aspas, assim, não fui eu quem disse, apenas fiz reprodução literal, e fiz para que todos saibam exatamente como aqueles que deveriam brigar por ela e pelo seu governo por serem parte do grupo de confiança, nem sequer tem dignidade para respeitá-la.
São lobos vestidos de cordeiros, e pelo visto para a matilha se prepara para hora do ataque.

Anônimo disse...

Pra que colocar essa senhora na cadeia? Como contribuinte, eu estaria satisfeito apenas em reaver tudo o que ela surrupiou.
Mas nem o salario de marajá lhe tiraram ainda.