31.7.08

A Sociedade Cobra

O secretário de Segurança Pública do Pará, delegado federal Geraldo Araújo, precisa ir à Santarém dar uma apertada nas investigações do atentado contra o jornalista Jeso Carneiro antes que, de tão maduras, possam apodrecer, abrindo espaço para a ação das bocas de Matilde da cidade, como já está acontecendo.
A demora no esclarecimento do crime que virou notícia internacional - já se foram onze dias - será a próxima cobrança contra o governo do estado.
Executores e mandante tem que aparecer .

2 comentários:

Bia disse...

Bom dia, Juca querido:

o post - além do Jeso Carneiro - merecia um esclarecimento da assessoria da SEGUP. Mas, quem sabe, o "bom" motivo de não informar a opinião pública seja "não prejudicar o andamento do inquérito".

Ficam devendo.

Beijão

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia, queridona.

Aguardo a elucidação do caso. Dois dia depiois do atentado o delegado adel Guimarães dise que sua resolução seria fácil. Cadê?
Jeso deve estar aguardando também, para se pronunciar.

Bjão.