21.7.08

Nos Corredores da Blogosfera

Completou uma semana de postagens na sexta, 18, o blog do auditor fiscal Charles Alcântara, comemorando a moderação positiva de todos os comentários que recebeu. Antes que o galo cantasse tres vezes, a festa acabou.
Mais adiante pouca coisa - quem aposta está há tres anos na lida - vai festejar a curta duração do record, cuja quebra foi encarada com simplicidade e sinceridade.
Enquanto isso o blog revela-se atento, gentil, e bem humorado.
Aqui, provocado por um comentarista agressivo, declina sua visão sobre uma parte do episódio de sua exoneração da chefia da Casa Civil em maio deste ano. É um bom começo para o desvendamento de uma parada ainda nebulosa.
By the way, névoas que mal podem encobrir o alvo da crítica contida na responsabilização pela exoneração de Humberto Cunha da assessoria da governadora Ana Julia, cuidadosamente tratado pelo eufemismo "os corredores".
Blog do Charles Alcântara: pra ficar de olho todos os dias.

11 comentários:

Anônimo disse...

eufemismo ou sofisma?

Juvencio de Arruda disse...

Vc fez o link? Vá lá, no blog do Charles, e pergunte ao próprio.
Como disse no post, este episódio começa a ser contado por um de seus protagonistas.

Anônimo disse...

É um absurdo a saída do Humberto Cunha e muitos que passaram pelo "Corredor" sem ao menos saber o pq.

Anônimo disse...

Não, querido, vc grafou, na última linha do seu post "eufismo". O charles escreveu sofisma. Vê lá (no teu), errado, e no dele, correto (sofisma)

Anônimo disse...

penúltima linha

Juvencio de Arruda disse...

Vc tem meia razão...rs
Eu escrevi errado, e já consertei. Obrigado.Mas não vi a palavra sofisma no post do Charles.

Anônimo disse...

Estamos levantando os nomes das pessoas da Casa Civil que saíram do governo e vamos pedir explicações, afinal Ela disse que não ocorreu perseguição e pressão. Queremos saber se Ela sabe de cada um e o por quê. Afinal era governo e o que vale é o valor moral e tecnico, certo?!

Velho Cansado disse...

ô das 11:30
Estamos levantando;Queremos saber.
Tu escreve como anônimo cara, te manca!

Vladimir Cunha disse...

Ainda não pude conversar com o meu pai sobre a sua exoneração, mas duvido muito que a Ana Júlia não tivesse conhecimento dela. E se não teve a coisa é mais grave do que eu poderia supor. Não pela exoneração, pois seria cabotino de minha parte comentá-la, mas por não saber o que se passa nos escalões mais altos do seu governo. Se for isso mesmo, é a prova de que o governo do PT no Pará está indo numa direção um tanto quanto perigosa.

Juvencio de Arruda disse...

Olá, Wladimir.
Não tenho aiores informações sobre o asunto, mas gotaria que vc nos trouxesse as que conseguir obter.
Como não são desmentidas, as reteradas exonerações sem a devida consideração aos exonerados começam a se tornar uma marca desse governo.
Marca tao negativa quanto desnecesária, registre-se.
Consideração é bom e todo mundo gosta.

Anônimo disse...

Consideração apenas com seu prórpio umbigo! É a arrogância do poder. Não sabem que passa rápido. O que vai ficar depois disso? Tristes lembranças.