4.7.08

Frente de Esquerda

A vereadora Marinor Brito, presidente do PSOL na capital, visita o Quinta na caixinha de comentários do post Enfim Juntos, e sobe à ribalta.

Estou certa de que nossa candidatura é socialista e reúne os mais valorosos lutadores da esquerda paraense e se coloca na contra-mão da falta de ética e na falta de moral dos balcões de negócios (de quem dá mais na quitanda dos vices) e por conta disso, que até agora não se definiu a chapa majoritária dos atuais donos do Poder: PT e PMDB,embora os acertos da direita tradicional já estejam definidos: PSDB/DEM, PTB/PR etc.
As candidaturas majoritárias, em Belém, MARINOR BRITO -PREFEITA(PSOL) E ABEL RIBEIRO (PSTU) da Frente de Esquerda (PSOL, PSTU e PCB) tem orgulho e moral para se reinvindicar de esquerda e nossa coligação em 33 municípios do Pará seguem a mesma orientação política, programática e ideológica da capital.
Nossos candidatos e candidatas proporcionais são testados na luta diária do povo. Por isso, quero deixar claro, que participamos das eleições porque gostamos do bom combate.
As eleições também servem para organizar o povo e não temos dúvidas que seremos vitoriosos!Viva a Frente de Esquerda!

22 comentários:

Anônimo disse...

É isso aí, Marinor.
Estou contigo e não abro.
Vamos lutar.
a) Hélio Mairata
P.S. Não sei usar isto, por isso entro como "anônimo"

Juvencio de Arruda disse...

Abs pra vc, prezadíssimo professor.

Anônimo disse...

Não é porque estamos em partidos e ideologias diferentes, que vou deixar de registrar minha admiração pela Marinor, uma lutadora que honra a política do nosso Pará.
O importante, nessa história de ideologia, é a verdadeira intenção de cada um de nós para construir um Pará menos desigual e mais justo.
Vic Pires Franco
Deputado Federal

Anônimo disse...

Pensando bem, acho que alguem tem que quebrar a monotonia. A candidata do PSOL é opiniosa e boa de papo

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, depois da desfeita feia do Edmilson, estou com vontade de pagar uma passagem Brasília/Belém, só pra votar na colega Marinor (ela também é professora!).

Juvencio de Arruda disse...

Seja bem vindo, parente.
A prosseguir este festival de imundícies nos fechamentos das coligações a professora ganha mais votos.

Anônimo disse...

A moral que a Marinor ostenta vem dos envelopinhos que o Aldenor enviava de vez em quandalmente para os vereadores da direita na Câmara, das ótimas relações com o Fernandinho Yamada nas proximidades eleitorais ou pelas sucessivas vitórias da FAX na área publicitária da PMB quando brigou com o Chiquinho?

Juvencio de Arruda disse...

Taí, vereadora Marinor, a bola é sua, querendo.

Anônimo disse...

Pra frente, Marinor !
Nós da comunidade ximanga (alenquerenses como vc), estamos contigo e empunhando sua bandeira!

Anônimo disse...

Marinor é boa, apesar de parecer raivosa; mas essa eleção não tem nexo sem Edmilson.

Marinor é Brito, mas não é Brito Rodrigues.

Raphael Teixeira disse...

Não conheço o trabalho da vereadora Marinor, exceto a sua postura combativa e necessária de tomar lado com coerência nos embates da Câmara.

A formação da chapa de esquerda merece elogios por esta propriedade que não faz de todos farinha do mesmo saco: Coerência!

Meu desejo é que esta chapa não venha querer apresentar a verbalização anti-FMI-ALCA-OMC-Lula(especialmente)Blablabla... Antes disso, deve haver o compromisso de pensar em Belém! O mundo pode esperar.

Esta mudança (palavra valiosa às esquerdas) de discurso em relação ao que o eleitor comum (eu no meio da manada) tem visto quando se depara com PSOL e PSTU pode fazer da Professora o ponto fora da reta neste cenário desalentador, de candidatos mediocres, que apostam na mistura de qualquer coisa com coisa alguma, e pra piorar, se mostram felizes com isso.

Olhe os verbos Professora, "sem perder a ternura"!

Juvencio de Arruda disse...

Bom dia, Rafhael.
São inegociáveis os slogans anti FMI-ALCA-OMC-Lula...eheh

Raphael Teixeira disse...

Bom dia Juca,

É verdade, especialmente se persarmos em três partidos ideológicos, que entoam estas máximas nas suas bases mesmo em tempos não eleitorais.

Apresentei a minha ressalva em relação a isto, porque penso, como sei que você também, que neste momento o mais importante é Belém!

Quando vierem a tona os planos de governo poderemos avaliar para onde o leme de cada um aponta.

Aguardo o debate destes no Quinta!

Um abraço

Juvencio de Arruda disse...

A essa hora tem muito marketeiro fazendo plano de governo de fachada pra neguinho que sabe muito bem o que quer da municipalidade.
A discussão sobre planos de governo será uma boa oportunidade para mostrar os mentirosos de plantão.

Tem morena pra desfilar hoje?...rs
Abs

Raphael Teixeira disse...

Mas rapaz, se tem! Amanhã lá, na última "arrastada" do boizinho!

Anônimo disse...

Gente, eu adoro a Marinor!!! Alguém tem que ser do contra e o PSOL o é com grande competência. Manda ver, Marinor!

Anônimo disse...

A mobilização das legendas nesses últimos dias, para compor suas chapas, revelou pouco apreço em relação a propostas para solucionar os graves problemas de Belém. Todos estão mais preocupas com a ocupação deste enorme aparelho e os benefícios que Dele provem. È uma situação lastimável e decadente, uma mesmice de causar desalento. Neste cenário de pouca seriedade e incertezas, a candidata do PSOL pode fazer alguma diferença. Mas ela seria herdeira dos votos de Edmilson? Tem estrutura partidária para fazer essa disputa? Tem um programa claro, lúcido e exeqüível para ganhar os corações e mentes do eleitorado? Tem tempo de TV? Seria ela um fator de preocupação aos demais candidatos? Tudo isso merece uma análise mais cuidadosa. E é claro, já deve ter gente fazendo isso.

Anônimo disse...

Realmente, quem historicamente volta na esquerda em Belém não tem pra onde correr!!! Fazer o quê, só resta a Marinor. Paciência!!!!!

Anônimo disse...

Reconheço na vereadora Marinor grande liderança da esquerda em Belém. Contudo, pelo tom de sua manifestação, temo que a candidatura se deixe contaminar pelo pensamento dogmático da ultra esquerda e perca os rumos do debate coerente que precisa ser feito nesta disputa municipal. A esquerda, pra fazer o bom combate nas eleições, deve assumir uma postura de apresentar a viabilidade da construção da sociedade que pleiteia, ao invés de apenas destilar discurso dogmático no horário eleitoral.

Anônimo disse...

Marinor está fazendo um marketing da esquerda radical como nos aureos tempo do PT.
Mas não nos enganemos, ela já foi eleita com a ajuda da maquina administrativa, nos bons tempos que frequentava assiduamente o palacete azul.
Toda esta moral não bem o que parece.
Disputou com recursos bem a frente de seus colegas de coligação.

Anônimo disse...

Marinor de ESQUERDA?!!! Que que é isso companheiro?!!! Cadê a explicação para os envelopinhos??? É de morrer de rir a patética "formação" de esquerda da "companheira".
Além dos envelopinhos, dizem as más linguas que tem "envelopão" no caso da TV Câmara!!!
Marinor, sem grito, vc já disse a que veio quando o Edmilson foi prefeito. Ou vc esqueceu dos esquemas do Aldenor pra financiar sua campanha? Sem essa...

guilherme marssena disse...

Seria muito bom para as eleições deste ano se realmente tivesse alguém da esquerda participando.Foi de esquerda o governo passado?sabe o que aconteceu com a CBB foi extinta e leiloada sua sede para pagar divídas trabalhistas de ACS contratadas pela direção,que foi colocada na CBB pela Máquina do governo encabeçada pela Marinor e sua turma.que governo de esquerda foi este que dizimou o movimento social que tinha em Belém,ou fazia o jogo do ED ou era metralhado pela turma STÉFANI.Cadê as eleições para diretores de escola que era bandeira do SINTEPP.enriqueceu um publicitário que acha que disputa ideológica é pintar cidades administrada pelo PT de vermelho.ora infelizmente o PSOL está mais para UDN de ESQUERDA que outra coisa e não se esqueçam que o ALDENOR também foi pego em operaçao da PF,lembram da operação na CDP.