27.6.08

A Caminho

O STF, por unanimidade, rejeitou recurso apresentado pelo camarada Barbalhovsky (PMDB-PA) contra a aceitação de denúncia apresentada contra ele pela Procuradoria-Geral da República, em 2003. O parlamentar foi denunciado por crime de peculato, que teria sido praticado quando era ministro da Reforma e do Desenvolvimento Agrário, em 1988.
Step by step, o Sobrancelhudo se aproxima da grade.

5 comentários:

Anônimo disse...

Step by step, abram o olho no Supremo para a prescrição! O Dudú é que sabe como é gostoso deixar de ser incomodado por mero decurso de prazo...

Blog do Alan Wantuir disse...

caro amigo, acho que nem o Estado consegue litigar conta o parlamentar. O homem é muítissimo influente. Linda é nossa
Carta Política que diz que todos são iguais perante a lei sem dis...

Anônimo disse...

A quanto tempo tem este processo. E nada resolvido.

Anônimo disse...

Pulseira de prata nele, já!!!!

Val-André Mutran disse...

O anônimo das 6:53 acertou na mosca.
Jader 2010, digamos, é o sonho de consumo do parlamentar.
Essa dôr de cabeça judicial passa com uma aspirina.