26.6.08

Torpes e Camuflados

A proposta de emenda à Constituição estadual para exumar os jetons , encaminada pelo presidente Domingos Juvenil (PMDB) e endossada por todos os integrantes da Mesa Diretora da Ilha é "uma forma torpe, camuflada, de fazer aumento salarial dos deputados", segundo o deputado pepessista Arnaldo Jordy.
É mais. É a maneira de confirmar as suspeitas de que esta legislatura é a pior da história da Casa.
O deputado Parsifal Pontes (PMDB) admite que é contra a proposta.

8 comentários:

Anônimo disse...

Esta safra de legisladores na Câmara de Belém, na Assembléia, na Cãmara Federal e no Senado é a pior da História, até a próxima legislatura...

Ale Carvalho - Lain disse...

Juca, vc já viu isso? (eleições sem SMS). http://smeira.blog.terra.com.br/
bjs

Anônimo disse...

Adeus, anônimo das 10:04.
Vá votar na China, com todo respeito.

Anônimo disse...

Anônimo das 1;19, se a China é lá, o Haiti é aqui, e eu tnho o direito de reclamar e de não votar em você, por exemplo.

Anônimo disse...

O Parsilfal diz que � contra, mas ent�o porque n�o anunciou isto publicamente, na tribuna. Ontem, na Alepa, todos os dep. estavam revoltados com a mat�ria da Irna Cavalcante, que revelou a manobra para alterar a lei. Com a repercuss�o negativa da mat�ria, o Juvenil mandou retirar o projeto da Comiss�o de Justi�a.
Todos os dep. com exce�o do Jordy (que tamb�m diz que � contra, mas quando o dindin sai ele embolsa sem reclamar), nenhum dos nobres bacanas se pronunciou sobre a imoralidade.

Juvencio de Arruda disse...

Mais público do que na matéria da Irna Cavalcanti impossível, das 2:32, nem na tribuna da Ilha.
Ponto para Parsifal,na minha modesta opinião.
Danou-se mais uma urdidura de Domingos Juvenil, o homem da quase meia centena de processos.

Bia disse...

Caro anônimo das 2:32:

a lei que retira os jetons das sessões extraordinárias é de autoria do Deputado Arnaldo Jordy, na seu primeiro mandato, em 2006.

Assim, é impossível que ele embolse din-din, pois graças ao projeto dele, essa enxovalhação está suspensa.

O que o Presidente da Assembléia tenta agora é anular a lei anterior e retroagir aos "bons" tempos em que a pauta ficava carregada para garantir a sessões extras.

Abraço.

Anônimo disse...

Tenho saudade das deputadas Araceli Lemos e Sandra Batista.
Preferia que elas tivessem lá.
Eram excelentes deputadas, em que pese Tapiocouto aprontar das suas.
Os debates eram constantes e fundamentados.
Hoje o que se vê é um jogo do faz de contas, com raríssimas excessões.