30.6.08

Com Problemas

Segundo levantamento da Transparência Brasil, 8 dos 35 vereadores da casa de Noca de Nova Déli estão com problemas nos tribunais, 23% da casa.
A maioria na prestação de contas de suas campanhas, mas tem captação ilícita de sufrágio - a conhecida compra de votos - e abuso de poder econômico.
São eles:

Armênio Moraes (PMDB/PA)
TRE-PA Diversos Nº2036/2007 - Foi condenado a perda do mandato de vereador por infidelidade partidária. Entrou com um mandado de segurança no TSE.
TRE-PA Representação Nº1176/2006 - Condenado à cassação de sua candidatura a deputado federal em 2006 e ao pagamento de multa de R$ 15 mil por captação ilícita de sufrágios. Interpôs um agravo da decisão no TSE.

Everaldo Moreira (PRTB/PA)
TRE-PA Prestação de Contas Nº2015/2006 . Rejeitada a prestação de contas de sua campanha para deputado federal em 2006.

Mário Corrêa (PR/PA)
TRE-PA Representação Nº1126/2006 . Condenado ao pagamento de multa de 50.000 UFIR por captação ilícita de sufrágio.

Nadir Neves (PTB/PA)
TRE-PA Investigação Judicial Nº15/2007 - Condenado à perda do diploma de suplente de deputado estadual e à inelegibilidade por três anos por abuso de poder econômico nas eleições de 2006. Recorre da decisão no TSE.
TRE-PA Prestação de Contas Nº2225/2006 .Teve a prestação de contas rejeitada referente a sua campanha de deputado estadual em 2006.

Raimundo Castro (PTB/PA)
TRE-PA Prestação de Contas Nº2204/2006 . Teve rejeitada a prestação de contas de sua campanha a deputado estadual em 2006.

Raul Batista (PRB/PA)
TRE-PA Prestação de Contas Nº2164/2006 . Teve rejeitada a prestação de contas de sua campanha para deputado federal .

Sahid Xerfan (PP/PA)
TSE Recurso Eleitoral Ordinário Nº1982/2004 . Mantida decisão que rejeitou a prestação de contas de sua campanha eleitoral para vereador em 2004.

Salma Nassar (PTB/PA)
TRE-PA Processo Nº815/2002 . Desaprovada a prestação de contas de sua campanha eleitoral de 2002

7 comentários:

Anônimo disse...

É, a base governista está em peso na lista...

Anônimo disse...

e o mais interessante é que para registro de candidatura muitas certidões negativas são pedidas, entre elas a de crime eleitoral. Será que o TRE vai aceitar a desses candidatos à reeleição. Belém precisa ficar de olho!

Anônimo disse...

Juvencio, kdê vc. Belém quer ouvir seus comentários sobre as convenções"!!!

Bruno Monteiro disse...

E o PTB está na Poli...

Yúdice Andrade disse...

Postagem de utilidade pública, Juvêncio. Afinal, somente cidadãos particularmente interessados se dão ao trabalho de ir atrás dessas informações. Por isso, mastigá-las e deixá-las disponíveis é muito importante.
Se com isso não se vota melhor, sem isso, sem dúvida alguma, não existe a menor chance de votar melhor.

Anônimo disse...

Tve vários candidatos que tiveram suas contas reprovadas porém que não caracteriza abuso de poder econômico e nem compra de votos.
Conheço candidatos que tiveram contas reprovadas por não saberem usar o recibo eleitoral ou não usarem ou então que duplicaram doações ou seja, erro na prestação de contas.
Os valores eram baixos e o Tribunal reprovou sem caracterizar abuso de poder econômico, porém vício insanável. Isso como forma de punição para que aja mais atenção na prestação de contas.

Anônimo disse...

Apenas por questão de justiça, deve-se dizer que este processo já foi arquivado. Nem sempre desaprovação de conta indica desonestidade!

Pode ter ocorrido o mesmo para outros candidatos. Quem tiver interesse pode olhar neste link do TSE:
http://www.tse.gov.br/sadJudSadpPush/ExibirDadosProcesso.do?nproc=815&sgcla=DIV&nprot=247012002&comboTribunal=pa&tipoProcesso=J