26.6.08

Direito de Roncar

Acabou que a governadora Ana Julia foi mesmo à Parauapebas nesta manhã, usando o lançamento do programa "Pará: Terra de Direitos" como álibi. Como informou o blog na terça, não havia previsão de viagem para a governadora nesta data, mas a luta entre branquelos e negões na capital do minério atravessou os planos da gov.
Claro que ela já chegou com a querela resolvida, mas ainda ouviu o ronco dos tambores do partido. O Pebas também foi um álibi, escolhido a dedo.
Depois de um ano e meio o recado foi o seguinte: ou o partido como um todo - este é o xis da questão - entra mais no governo, ou a sucessão de 2010 transformará o PT num imenso Pebas, do tamanho do Pará.

21 comentários:

Anônimo disse...

A palavra foi empenhada, se não for cumprida, vamos ver se será cumprido. A espera não será longa. Até sábado esperamos mudanças concretas.

Anônimo disse...

O PT tem um sério problema: Ana Júlia Carepa. Quando militante dos bancários, ou representante do poder legislativo, ela podia esconder seu calcanhar de aquiles: pequema capacidade de reflexão e retórica aliada à ausência de capacidade de previsibilidade e de decisão. Agora, enquanto ocupante do cargo máximo do executievidedentes que se vo paraense suas deficiências são tão evidentes que se tornam vergonhosas. Ela parece uma adolescente perdida nas funções de governo. Não consegue produzir um discurso consequente, tomar uma decisão que represente claramente o lugar que ocupa.
Imagine se nossa atual governadora não tivesse os filtros e protetores de difusão de discursos, não teríamos um Pebas mas centenas deles; centenas....

Anônimo disse...

perfeito. ana julia faz jus à sua posição a frente apenas de Yeda Crusius no ranking dos governadores. e faz jus ao mesmo apelido da gaúcha: é uma desgovernadora.

Anônimo disse...

uma atuação que envergonha a mulher na política, um desserviço para esquerda, para a militância política, que contribui pra fortalecer o preconceito contra o povo no poder

Anônimo disse...

Na tentativa de acabar com a disputa interna e deixar o prefeito concorrer sozinho na convenção, nesta terça-feira (24) Wanterlor Bandeira apresentou a Darci Lermen uma proposta de remanejamento de cargos na atual administração.

Na proposta de Wanterlor, Darci concorreria a eleição como cabeça de chapa (prefeito) e o vereador como vice de Darci. De imediato, Antonio Neto seria trocado na chefia de Gabinete por Lindolfo. Na Secretaria de Educação (Semed), Raimundo Neto deixaria o cargo para assumir a Procuradoria Geral do Município, no lugar de Hernandes Margalho, que seria exonerado. A Semed ficaria para ser negociada posteriormente.

Na Secretaria de Assistência Social (Semas), José Coutinho seria demitido e substituído por Índio Teixeira. Na Secretaria de Produção Rural (Sempror), Carmelita Félix seria exonerada e cedia a vaga para Milton Schneider. Nesta situação, a Secretaria de Fazenda (Sefaz), hoje ocupada por Milton Schneider, seria ocupada por Wagner Cadeu.

A Assessoria de Comunicação (Ascom) permanecia na coordenação de Alexandre Magno. Por outro lado, na Secretaria de Obras (Semob) João Fontana seria exonerado e a vaga cedida a Parazinho do MST; enquanto que a Secretaria da Mulher (Semmu), hoje comandada por Lia Miranda, seria administrada por Tarcilena Estumano.

Com relação a partidos, Wanterlor sugere que o PDT continue no comando da Secretaria de Saúde (Semsa), mas com Josenilson Gomes; o PSC mantendo os atuais espaços; o PCdoB ficaria com a Coordenadoria de Esporte; e o PPS entraria em negociação.

Anônimo disse...

A Governadora é competente. Só precisa apartar-se dessas figuras nefastas que pensam que o mandato é vitalício e eles nunca serão apeados do poder. Esse tal de Putyy, que ninguém conhecia tá promovendo o caos na administração estadual e o PT cruza os braços e, atenção! Vão todos juntos pra buraco, inclusive o povo.

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado pelas informações, das 7:34. Mandem sempre as notícias que o estado inteiro está de olho no Pebinha com açúcar.

Bia disse...

Boa noite, Juca querido:

com exceção do Parazinho, de quem me lembro bem, não conheço a situação de Paraoapebas.

As duras críticas do vereaador à administração na carta aberta que o Hiroshi divulgou são resolvidas com a mudança de pessoas nos cargos?

É dúvida, não é sarcasmo.

Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

Boa noite,queridona.

rs...muitas vezes as pessoas mudam nos cargos, noutras mudam o desempenho dos cargos. O que está claro é que o partido se acalmaria, mas seria preciso que a nova composição de governo assumisse e trabalhasse, para ver se o governo municipal melhoraria nos quesitos honestidade e competência, justamente os que foram postos em xeque com a Carta Manifesto. Daria tempo, há seis meses do final da atual gestão?
De todos os nomes citados conheço aenas um, Wagner Cadeu, indicado para a poderosa secretaria da Fazenda, cota do PSDC no governo,que vai chiar pra caramba...
O Cadeu - ex secretário do prefeito de Xinguara, professor Davi Passos - é um mineiro muito educado e simpático, a quem devo uma carona para Canaã dos Carajás e umas duas conversas muito agradáveis, comendo um costela de ripa no papel laminado uma churrascaria do Pebas.... gulp!..que saia só no garfo e o ossão ficava limpinho da silva.

Bjão pra vc!

Anônimo disse...

É amigo da proposta de Wanterlor apenas a secretaria de assistência social SEMAS, será mexida (Até agora 22:20 não mexeram)o que será que aconteceu?
Bom Darci é candidato único e agora o que Wanterlor irá falar para aqueles que o seguiram?
Com a palavra Wanterlor

Anônimo disse...

Meu Caro Juvencio,
Jamais em tempo algum apresentamos a proposta acima.
Para minha supresa vir essa proposta estampada no Jornal O Carajas, de propriedade do senhor Carlos Refribom, que hoje possuir o principal contrato de publicidade do Governo,
Não fui consultado pelo Jornal em tempo ajgum.
O Darci e a prisidencia do Partido no Estado sãao testemunha de todos esse processo.
Tudo issso foi mais um ato iresponsavel daqueles que querem garantir a "boquinha" no governo.
Um grande abraço.
WANTERLOR BANDEIRA

Anônimo disse...

Não foi feito nenhuma proposta ao governo DARCI.

Se quer uma reestruturação, isso se quer. É necessário.

Quem acha que nomes, homens e mulheres, não mudam as coisas, não faz história, quem faz então, quem muda então...

São homens e mulheres, gente, que movimentam a história. Suas necessidades. Do homem, da mulher!

Parauapebas, precisa mudar, quem sabe mudadndo as pessoas, os nomes, a cidade tenha alguma chance.

Valeu Wanterlor. Coragem.

Se ainda não propôs, proponha!

Cada um fará a leitura que lhe interessar.

Una ess partido, que vocês, com LULA, ganharão, não digo facilmente (rs), mas ganharão!

Abs!

Prof. Alan disse...

"vir" ao invés de "vi"? "prisidencia", assim mesmo com "i" no lugar do "e" e sem acento?

Vixe Maria, mas Parauapebas está mesmo perdida!

Coitado do povo que é governado por alguém, que escreve assim!

A propósito, Juvencio, Mano Velho, foi só mudar o governo e o Ministério Público Estadual acordou, né?

Nos 12 anos sem fazer nada a Jatene
/Almir, sendo que a Santa Casa sempre foi a pocilga que é, agora dizem que desde dezembro estão "acompanhando" a situação do hospital...

Mas o engraçado é que só aparecem agora, depois da Morte dos Inocentes...

Bia disse...

Caro Professor Alan,

a Santa Casa de Misericórdia foi uma pocilga até o início do Governo Almir Gabriel. A paritr de 1999 foi premiada - três vezes apenas no Governo Lula - nas gestões Almir-Jatene. Será que o Ministério da Saúde do Governo Lula premia "pocilgas"?

Se é assim, acionemos o MPF, porque o estadual não dará conta!

Abraço

Anônimo disse...

Coitado de um país com tanta gente letrada, que no máximo, destila preconceito! E, ainda, antecede ao nome o substantivo professor!

Tanta letra, tão pouco conteúdo!

Oh! Pessoa! Essa tua língau não tem culpa.

Nem o vereador que não "viu" direito, nem o professor que acha possível "fazer o nada"!

Oh! Pessoa!

Prof. Alan disse...

Bia, faça-me o favor...

Sou crítico do Governo Ana Júlia, justamente por encher a máquina de DAS´s sem conhecimento de Administração Pública e sem experiencia em gestão administrativa.

Mas vir dizer que tudo era lindo na era Almir/Jatene, que a Santa Casa era centro de excelência premiado com eles e está assim agora por causa do PT, tenha paciência!

Você engana beócios e otários com esse argumento, mas não a mim, que tenho nível superior e pós-graduação em Direito Públicos sou servidor público federal há 12 anos, trabalho na área de controle público e leio jornais e internet, além de freqüentar a Santa Casa...

Vai me dizer que aquele varal de roupas estendidas lá, janelas quebradas, lixo por todos os lados e ratos e baratas só apareceram nos últimos dois anos?

Premiar programa de aleitamento materno e a UTI construída com dinheiro privado, arrecadado em campanha das ORM é uma coisa, me dizer que a Santa Casa era um brinco na gestão Tucana é outra... aliás, é um absurdo completo!

Blog do Alan Wantuir disse...

Ei caro amigo Juva, acho que o Prof. Alan com toda essa qualificação deveria se colocar a disposição do governo, talvés contribuísse com algo. Criticar é fácil, fazer é que é difícil.

Anônimo disse...

È professor Alan deveria conhecer melhor Parauapebas e a atuação brilhante do vereador Wanterlor.

Volta Wanterlor o PSOL te aguarda.

Se tivesse ficado seria o prefeito com tanta confusão entre Bel e Darci, o negão estaria eleito.

Anônimo disse...

Ela tem de ir ver de perto o caos que se instalou na saúde, educação e segurança e cobrar de seu secretário e secretárias saírem de suas salas refrigeradas e formularem, junto ao povo, politicas públicas, deixarem de lado a frágeis açoes pontuais que beiram o assistencialismo eleitoreiro.

Anônimo disse...

Esse prof. Alan é muito petulante, arrogante e metido a ensinar o que não sabe. É metido a criticar as pessoas por erros na escrita, mas ele mesmo, com todo esse doutorado que diz ter, comete erros muito mais gritantes do que os que ele aponta aqui, bem ao seu estilo professoral.
Tenha mais humildade, procure entender as dificuldades que outras pessoas possam ter quanto a escrita. O que vale mesmo é a intenção. A boa intenção. Pior, bem pior com toda certeza, são aqueles que tiveram a oportunidade, arrotam os seus títulos, mas, na prática, são um desastre total.
Quanto a Santa Casa, já que você se diz ser leitor tão assiduo dos noticiários e frequentador daquele hospital, sabe muito bem que, de um ano pra cá, essa situação começou a se desenhar. E não foi por falta de aviso.
Antes, como bem disse a Bia, a situação da Santa Casa era outra, com vários prêmios conquistados , inclusive no governo Lula. E não se disse que todos os problemas estavam resolvidos. Até porque, na saúde, assim como em outros setores da área social, mesmo quando se faz muita coisa, sempre a população vai precisar que mais seja feito, tantas são as carências que temos. O que não pode é deixar 20 bebês morrerem e se considerar essa situação normal.
Mas se o prof. não quiser reconhecer, não tem problema. Eu entendo: tem gente que não quer e faz questão de não enxergar. Paciência!

Antonio fernando

Bia disse...

Prezado professor Alan,

como seu nível de formação não indica minimamente nada frente sua prepotencia e maus bofes, gaste seu tempo procurando onde escrevi que tudo era lindo na gestão tucana. Em seguida peça desculpas aos comentaristas e frequentadores do Quinta, por nominá-los - indiscriminadamente - beócios ou otários.

A mim, não precisa pedir desculpas. Faço questão de recusá-las previamente.

Melhore sua leitura para além de sites e jornais. Aprimore seu conhecimento específico na área de controle público. Tem trabalho pra caramba!

Não. Não lhe mando um abraço.

Beijão, Juca,