5.6.08

Os Oito "do Forte"

No blog Espaço Aberto.

O site Congresso em Foco fez um levantamento, em todos os Estados do País, de parlamentares com assento no Congresso Nacional que estão sob investigação.
Para ler a matéria completa,
clique aqui.
Para ler as explicações dos parlamentares,
clique aqui.
Abaixo, os congressistas paraenses com pendências judiciais:

------------------------------------

1) Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) – pré-candidato à prefeitura de Marabá (PA)
Foi prefeito de Salinópolis (PA) entre 1983 e 1985.
Ação Penal 481 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral. Estelionato e formação de quadrilha ou bando.

2) Giovanni Queiroz (PDT-PA)
Ação Penal 476 – Crime contra o direito tributário.

3) Jader Barbalho (PMDB-PA)
Ação Penal 339 – Crime contra o sistema financeiro nacional. Evasão de divisas.
Ação Penal 397 – Crime contra a fé pública, falsidade ideológica, corrupção, formação de quadrilha, estelionato e lavagem de dinheiro.
Ação Penal 398 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 374 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2051 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2052 – Crime contra a administração pública. Peculato.

4) Lira Maia (DEM-PA)
Ação Penal 484 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2578 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2630 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2632 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2685 – Crimes de responsabilidade.

5) Paulo Rocha (PT-PA)
Ação Penal 470 – Convertido em réu pelo STF na denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, Paulo Rocha responde a processo por lavagem de dinheiro.

6) Wladimir Costa (PMDB-PA) – pré-candidato à prefeitura de Barcarena (PA)
Ação Penal 415 – Crime de imprensa, injúria e difamação.
Ação Penal 474 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.
Açao Penal 386 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.

7) Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Inquérito 2266 – Natureza não informada.

8) Mário Couto (PSDB-PA)
Ação Penal 440 – Crime eleitoral.
Inquérito 2539 – Crime eleitoral.


-------

Vale a pena ler os links, da matéria e das explicações dos parlamentares, isto é, daqueles que se manifestaram.
São, todas, patéticas.

5 comentários:

Anônimo disse...

Luluquefala:
Será que dá pra diminuir a letra da ficha corrida do deputado Jáder Barbalho ?
É que não coube tudo na tela do meu computador.
Transbordou...

Anônimo disse...

Luluquefala:
Quem deve está fulo da vida é o primo pobre do Jáder. Pobre de espírito.
Está fora da lista porque baixou de nível.
Está na Justiça comum. Tadinho do Pri...

Anônimo disse...

Num creditu nisso!!!!
Como o Vic não está na lista? O cara ficou milionário da noite pro dia, sem trabalhar.
Será que ele jogou tudo nas costas da Valéria?

Diógenes Brandão disse...

Juca, qual teria sido o álvo da flexada?

perdida sei que não foi.

Anônimo disse...

2) Giovanni Queiroz (PDT-PA)
Ação Penal 476 – Crime contra o direito tributário e CRIME CONTRA A INTEGRIDADE DO ESTADO QUE O ACOLHEU COMO MIGRANTE.