2.6.08

Puliça Organizada

Muito bem produzida, a reportagem de Mauro Neto na edição de ontem da folha nariguda, enfocando a situação do narcotráfico em Nova Déli, confirma antigas e reiteradas denúncias deste blog acerca da bocarra da 1° de Março com a Riachuelo, a trinta metros da praça da República, que funciona 24 horas.
Não tem muito tempo o secretário de Segurança, o delegado federal Geraldo Araújo, para apresentar o nome dos delegados da puliça e oficiais da PM paroara que estariam envolvidos em esquemas de proteção às bocas, segundo a reportagem.
Ou tentar desmentir o jornal, e os fatos, pois não é possível tamanho descaramento no funcionamento das bocarras sem a necessária cobertura da puliça.

6 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia, Juca querido:

já penso se é possível a jurisprudência comteplar minha intenção de interpor medida judicial para impedir que nos finais de semana meu blog preferido entre em recesso!

Que tal, Francisco, Alencar, Yúdice? Dá pé?

Eu tenho pesquisado muito os números da insegurança nacional- e local - que é engordada pelo alto índice de jovens desocupados, sem escola, sem perspectivas no mercado, na faixa entre 18 e 29 anos. Se retroagirmos aos que têm entre 15 e 17, os dados são piores.

A conivência da polícia com o tráfico, "assimilada" por boa parcela da sociedade - onde se "empregam" a maioria destes entre 15 e 17 - é o sinal mais triste e claro de que entre a revolução e a barbárie, optamos pela última.

Mas, como jamais acreditei que o Brasil viveria um processo revolucionário, continuo apostando - cada vez mais tropega -no processo democrático.

Onde não cabem as notícias do Estadão de ontem e de hoje, onde Lula aposta que o plantio da cana na Amazônia - que era negado há três meses e agora é defendido - não vai intervir na produção de alimentos. Na verdade, não vai mesmo.

A produção de alimentos no norte inexiste. Importamos praticamente tudo o que comemos, à exceção da sagrada farinha. A política fundiária é uma piada e a agrícola é aterrorizante, à exceção dos benefícios aos grandes plantadores de soja ou bovineiros, porque bovinocultor é outra coisa.

Propostas de políticas de emprego e de inserção social para os jovens, para confrontar a "oferta de trabalho" do tráfico, parece que vai ser com a cana-de-açúcar!

Qualquer dia alguém vai justificá-la como a possibilidade concreta de evitar a migração dos jovens do campo para a cidade!

Lembra do personagem do Jô Soares: "tira o tubo"."

Beijão.

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, essa caso de Belém vai entrar como material pra minha monografia aqui da UnB, que é sobre Corrupção & Crime Organizado. Isso que acontece aí é o que chamaos de 1º estágio de infiltração do crime organizado no aparelho estatal. É algo sanável, desde que com ação repressiva imediata, eficiente e eficaz do Estado.

O que aconteceu no Rio de Janeiro foi o 3º estágio, que só se resolve com alteração do eixo de poder político que comanda o aparelho estatal.

Raphael Teixeira disse...

Deu até vontade de postar como "anônimo" dessa vez, mas não sirvo pra isso...

Como já disse, moro no bairro da Cabanagem que, como viram, teve espaço de sobra na reportagem. É necessário ação sobre aquele mapa!

Juvencio de Arruda disse...

Profesor, boa sorte em sua monografia, mas já estamos nos aproximando rapidamente do 3° estágio por aqui.
Abs

Anônimo disse...

Caro Juvêncio,
É com muita tristeza que venho aqui dizer, que você, infelizmente, está errado.
Nós já estamos a muito tempo no 3º estágio, considerando o que disse nosso amigo prof.
O 3º estágio começou quando o Sette Câmara era Secretário de Segurança e praticamanente, junto com a Ana diniz, desaparelhou os organismos policiais do Estado e impediu a realização de concursos públicos para a área de segurança pública. Por detras disso, o grande interesse de empresas privadas de segurança, algumas delas ligadas ao próprio Secretário, dentre outras coisas que vemos por ai.

Bia disse...

Boa noite, querido:

não sei por que cargas d'água saí ali acima como "Anônimo"...às 7:45!

Beijão

PS: acho que ainda estava com sono atrasado e cliquei errado...rsrsrs...o "comteplar" prova isso...rsrsrs...