24.11.08

Interesse Público

Mais online do que nunca, Lucio Flavio Pinto estréia uma coluna no site Pará Negócios, do irmão e também jornalista Raimundo José Pinto.
Aqui o número 1.

10 comentários:

Alan Lemos disse...

Nos primeiros minutos do sábado último, um parente embarcou em direção ao JFK, acompanhei-o até Val-de-Cães.

Quase todos os familiares desejaram-lhe votos de boa viagem e principalmente pediram produtos de alta tech, incluindo os famosos MP's 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 , 10... enfim. Eu singelamente pedi apenas lembrancinhas e disse que a coisa que mais queria que ele trouxesse de lá para mim não dá para transportar: justamente o gênero de produto que mais tem seu valor depreciado nesses últimos tempos... nada menos que um imóvel.

Anônimo disse...

Alan Lemos
Tem jeito pra transportar , fica caro pra caramba o transporte mas a gente traz pra vc , sim. ah um detalhe não pode ser usada pois assim a Alfandega não libera , rsrsrsrs
Abraços
Tadeu

Raphael Teixeira disse...

Juca, um canal de abrangência internacional onde sempre há bons textos de Lucio Flávio e outros grandes pensadores é http://www.adital.org.br/

Grande abraço

JOSÉ DE ALENCAR disse...

Juvêncio,

Lúcio demorou mais rendeu-se ao ciberespaço.
Antes tarde que nunca.
Obrigado pela boa notícia.

Anônimo disse...

É bom o LFP esperar sentado as respostas (e nós também).
O governo , ocupado em fazer tantas "mudanças", não tem tempo a perder com esclarecimentos ao distinto público.

Juvencio de Arruda disse...

Caro Alencar, realmente é uma ótima notícia. Depois do site do JP, a presença mais frequente no Pará Negócios é a notícia do webjornalismo da temporada.

Juvencio de Arruda disse...

Grande Rafhael, já havia encontrado o LFP por lá. Um excelente espaço, aliás.
Abs

NÉLIO PALHETA disse...

Sem dúvida, o portal do Raimundo ganha um up grade mais do que família. O jornalismo paraense agradece.

Nélio Palheta

Anônimo disse...

Afinal de contas, quantos irmãos existem na família Pinto que exercem o jornalismo?
O Elias Pinto, do Diário do Pará, é irmão de Lúcio, também?

Anônimo disse...

Os Pintos do jornalismo, além de mim, são, pela ordem cronológica, o Raimundo José, o Luís (ilustrador do Jornal Pessoal) e o Elias. Papai também foi jornalista. Aos 24 anos foi editor de O Jornal de Santarém. Aos 29 criou seu próprio jornal, O Baixo-Amazonas, que durou até 1954. Era um bom jornal. Os quatro irmãos herdaram o ofício, do qual fizeram fé. Um abraço, Lúcio Flávio Pinto