12.11.08

Visita Discreta

A visita do chefe mais badalado e mais caro do mundo à Nova Déli, Ferrand Adriá, esturricou as frigideiras da cidade. E será motivo para alguns destemperos entre restauranters da cidade. O roteiro da visita foi mantido em segredo. Adriá passou incólume pela capital por estratégia dos organizadores da visita.
E a imprensa comeu mosca, à exceção do colunista Mauro Bonna, do Diário do Pará.
Além da Barraca do Orlando, onde comeu o caranguejo "toc toc", o chefe espanhol foi a um restaurante na Estação das Docas, ao Boteco das Onze, e depois embarcou para um resort na ilha Mexiana, na contra costa do Marajó.

12 comentários:

Helena Saria disse...

Poooxa Juca, que pena...queria ter comido uma invenção do Adriá com muito Jambu e tucupi...parece que vou ter que ir lá no 'El Bulli' mesmo...hehehe
Abs.

Juvencio de Arruda disse...

Poooxa...boa viagem!
Leva eu!!!...rs
Abs

Pinky disse...

diz que o cara é doidinho por um jambu.

Pinky disse...

ah, ia esquecendo. Ferrian Adriá, eu passo. Que venha o Alex Atala!

Juvencio de Arruda disse...

Comilona vc, hein?
Eu passo no jambú.

Anônimo disse...

Essa visita do chefe espanhol ainda vai derreter muita manteiga em frigideira quente, isto é, amizades.
Adriá não comeu no Boteco ds Onze, mas no Marujos, do Carmelo, que fica na praça da Sé, a poucos quarteirões do Manjar das Garças, de Arlindo Guimarães, que não está nada doce com o by pass que deram no restaurante do Mangal, embora Alex Atala tivesse insinuado que devessem levar o colega aquele restaurante.
Detalhe: a agenda gastronômica do espanhol foi organizada em Belém.

Anônimo disse...

Passa quem no jambu?

Lafayette disse...

Sei lá... ainda sou mais o Camarão do Zé.

Lafayette disse...

Ah, e ainda bem que sou anti-Vasco. rsrsrsrs

Val-André Mutran disse...

Uma correção mestre. Essa notícia é velha no Flanar, o seu outro blog (http://blogflanar.blogspot.com/2008/10/mesa-com-o-mestre-catalo.html). É do dia 31 de outubro!

Anônimo disse...

nome correto do cara: Ferran Adrià.

Cássio de Andrade disse...

Os vendedores de peixe-frito do Ver-o-Peso, do Mercado de São Brás e de trás do Terminal Rodoviário, ficaram decepcionados por não terem sido visitados.