10.11.08

PF Vai Indiciar Protógenes

A conversa anda muito afiada no site de Paulo Henrique Amorim.
Preocupantemente afiada.

. O delegado da Polícia Federal Amaro Vieira Ferreira disse que pediu à Nextel que informasse quais antenas servem a determinados lugares.
. Clique aqui para ler Pag A4 da Folha
. Amigo leitor, o delegado Amaro pensa que você é bobo.
. Então, ele queria fazer um estudo sobre a localização de antenas, não é isso ?
. Por que ele estaria interessado em localização de antenas ?
. O que ele tem a ver com isso ?
. Ele trabalha para a Nextel ?
. Ele é do serviço de licenciamento de obras da Prefeitura ?
. Ele está na campanha da “Cidade Limpa” ?
. Ele é engenheiro eletrônico e quer saber se antena serve para transmitir dados e voz ou para pardal fazer cocô ?
. Ou o delegado Amaro acredita em marciano e queria saber se o ET de Varginha pode pousar numa antena da Nextel ?
. Delegado Amaro, quosque tandem abutere patientia nostra ?
. Delegado Amaro, o senhor faz parte de uma parte da Polícia Federal que tem o objetivo de salvar o Daniel Dantas.
. Essa Polícia Federal que não consegue decifrar os 12 HDs encontrados atrás da parede falsa do Daniel Dantas,
. Que não consegue decifrar o HD encontrado no servidor do banco Opportunity.
. Essa Polícia Federal que tem mais inquéritos contra o ínclito delegado Protógenes Queiroz do que contra Dantas.
. O senhor é da parte da Polícia Federal que responde ao empresário Gilmar Mendes, provisoriamente na presidência do Supremo Tribunal Federal.
. O senhor quer é prender o ínclito delegado Protógenes Queiroz, que prendeu Dantas duas vezes e só conseguiu fazer isso, porque escondeu dessa sua Polícia Federal que ia prendê-lo.
. Porque, senão, Delegado Amaro, o Dr Luiz Fernando Correa dava um jeito de avisar ao Dantas, como avisou ao Eike Batista.
. Porque, se o ínclito Delegado Protógenes Queiroz avisasse a essa Polícia federal, o Daniel e a Veronica estariam presos sabe onde ? - num num resort da República Dominicana ...
. E seu objetivo, delegado Amaro, é constranger o César Tralli, o repórter da Globo que testemunhou a prisão da quadrilha de Dantas.
. O seu objetivo é fortalecer dentro da Globo quem tentou impedir Tralli de fazer a matéria.. O seu objetivo é fortalecer o Ali Kamel, que tentou constranger Tralli.
. Ali Kamel, interlocutor privilegiado de Wilson Mirza, um dos 1001 advogados de Dantas.
. O seu objetivo, Delegado Amaro, é constranger o Ministro da Justiça, Abelardo Jurema, que insiste em não ir embora para o Rio Grande do Sul.
. Um Ministro da Justiça que faz qualquer coisa para sair como inimigo dos torturadores – e deixa a Polícia Federal instalar um regime totalitário, esse de que Gilmar Mendes é autor, parte e beneficiário.
. Delegado Amaro, o senhor e suas antenas da Nextel desmoralizam o presidente que não manda na Polícia Federal.
. Um presidente que tem medo de Dantas, de Mendes e de Nelson Jobim.
. Que antenas são essas, delegado Amaro ?
. A quem o senhor pensa que engana ?


Em tempo: um leitor amigo do Conversa Afiada informa que a localização das antenas da Nextel é uma informação pública, disponível na Anatel. Delegado Amaro, além de tudo, o senhor é incompetente.


------


A PFdoB vai indiciar, ainda nesta semana, o delegado Protógenes.
Veja aqui, no Globo.

13 comentários:

A poetinha disse...

Para este perfeito post de como funcionam as coisas no Brasil faltam apenas exclamações.


!!!!!!!!

Anônimo disse...

O delegado dos cinco crimes.

morenocris disse...

Juca, não entrou o link.

Beijos.

Juvencio de Arruda disse...

Sorry, Cris. O PHA mudou o site de ontem pra hoje. Já corrigido.
Bjs

Juvencio de Arruda disse...

OLá, Poetinha, obrigado pela visita. Lindo blog .
Dê um grande abs no Pedro, meu querido amigo, e outro abs pra vc.

Lafayette disse...

Juva, passa lá no meu.

Linkei sobre um assunto que estou acompanhando com interesse, ofi courçe.

A partir dali, dá uma fuçada na web e ficarás mais abismado com o "efeito Dantas" no mundo. rsrsrs

Anônimo disse...

Juca,
A repeito do assunto, o Mino Carta tbm escreve na Carta Capital dessa semana. E é só isso. A nação do absurdo assiste (?) a toda essa armação do DD indiferente, praticamente autista, não fosse espasmos aqui e acolá de uns poucos que ainda resistem a acreditar nessa grande farsa. No mais, ninguém presta atenção.

Juvencio de Arruda disse...

Lafyaette, fui lá n0 Xipaia. Olha, a discussão não é simples. De um lado, os advs nãopodem abrir mão das prerrogativas de representar contra juízes ou acusá-los de prevaricação. Acho até que o fazem pouco, ao menos por aqui. Mas os juízes tb não podem abrir mão de exercer a judicatura de acordo com seus princípios, como o des. Arruda ( não é meu parente!)
Vou falar uma bobagem mas...porque as Corregedorias não acolhem membros da Ordem?

Juvencio de Arruda disse...

Cont.

E mais, porque os tribunais de ética da ordem não poderiam auxiliar a Corregedoria.
Vc, juiz do Tribunal de Ética da OAB-PA, gostaria de julgar contenciosos entre juízes e advs?

Lafayette disse...

Juva, gostei da instigação. Boa!

As ferramentas do controle correicional de Magistrados, Advogados e membros do MP, ainda estão bastantes truncadas no sistema.

O mais comum (o que mais vejo) é uma espécie de jeitinho para dar em nada. Exemplo:

-O Juiz comete um ato atécnico, prejudicial à parte, esta peticiona ao corregedor do magistrado.

-Entre a petição protocolada, despacho do corregedor (geralmente negando a liminar solicitada para suspender o ato maléfico) pedindo as "informações ao juiz" (jeitinho também já que, na maioria das vezes, todas as informações já estão ali), o Juiz refaz, desfaz, anula o ato denunciado (claro que, enquanto tal ato "viveu", saiu por aí fazendo estragos, por assim dizer).

-Assim, o corregedor arquiva a reclamação correicional por falta de objeto.

Raras vezes não vi fazerem isso. O certo era seguir a correição, e, no máximo, entender a revogação ou reconcideração do ato como atenunate, mas não como causa de arquivamento.

O que você falou não é bobagem não. Pelo contrário. É apenas, por enquanto (e à critério dos interessados), ilegal.

Ou quase, já que no CNJ, advogados e magistrados estão juntos, julgando (se bem que, é prerrogativa do cargo de corregedro-geral, ser Ministro do STJ).

Todos têm suas corregedorias, e nós, advogados, temos nosso Tribunal de Ética e Disciplina. Bastaria ser aplicada a norma. Simples não?!

Essa reunião de controle até que seria interessante, na medida em que todas as partes envolvidas sofrem com os maus "operadores do direito".

Faremos uma proposta neste moldes:

1º) As corregedorias e Tribunais de Éticas e Disciplinas - TED's, totalmente independentes da "chapa" ou "grupo" vencedor do pleito à Presidência do órgão;

2º) Eleição livre, para todos os Membros das Corregedorias e TED's;

3º) Participação de quintos, quartos, terços, de outros membros envolvidos, algo como, na Corrgedoria dos TRibunais, membros da advocacia e do Ministério Público do Trabalho, e vice-e-versa em todas as esferas, inclusive, nos TED's.

4º) Participação de quintos, quartos, terços do cidadão comum. Daquele que, na ponta, é o maior prejudicado pelos maus agentes do "sistema".

Que tal? Teria alguma chance de passar tais propostas?

Anônimo disse...

Juca,

Parabéns por reproduzir a coluna do Paulo Henrique Amorim.

Olha, já tenho vinte e dois anos acompanhado os fatos relevantes da agenda pública brasileira, mas nunca imaginei que nós fossemos chegar a um ponto como este.

A força da máfia é muito grande. Todos os partidos calaram.

Mas é muito bom saber que existe gente como o Protógenes, O De Sanctis, o Paulo Henrique Amorim, O Juca e outros mais que resistem as intimidações e vão pra cima da alta malandragem.

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, das 8:43, ainda somos muitos.

Anônimo disse...

Repito aqui meu cometário de tempos atrás , a situação é igualzinha ao acidente da TAM com 190 mortes , quem foi preso???? o dono do puteiro.
Seria de rir se não fosse de chorar de raiva e frustação.
Abraços
Tadeu