20.11.08

Tá Bacana

O jogo do bicho bombou pelo segundo dia após a espetaculosa ação do Estado versus contravenção. Pra quem não sabe, deu Touro, de novo, na cabeça, no milhar 9682.
Nossos amigos radialistas deram o resultado no horário de sempre.
Parece que está tudo normal, a ponto dos apontadores, com aquela naturalidade do popular, dizerem: "Meu irmão, eles se acertaram".
Maldade.

7 comentários:

Anônimo disse...

Será maldade mesmo? ou sabedoria popular?

Infelizmente a tantas incertezas que nos afligem quando nos deparamos com ações e não-ações de nossa "puliça", principalmente quando estão envolvidos poderosos caixas "tlim-tlim".

Anônimo disse...

Esse pessoal do GEPROC tem que se mancar, Juva! Será que ninguém sabia que existe jogo do bicho em Belém? E que, deixando de lado a hipocrisia, sabemos que é um grande gerador de emprego e renda, principalmente na camada mais pobre da comunidade. E que eu conheço, pessoalmente, pelo menos umas 50 (cinquenta) "otoridades" que levam ou levaram uma "ponta" sistemática para deixar o "barco andar" sem maresia. O que acontece é que quando os "homi" tão insatisfeito com o tamanho da "ponta", mandam recado dessa forma. E os banqueiros vão reajustar o "acerto". E tudo volta ao normal. Só os ingênuos acreditam nessa ataque repentino de moralidade e legalidade do poder público. Se for pra acabar com tudo que está ilegal nesse país, o último que sair apague a luz.
Abraço, Juva! Seu amigo Cap

Juvencio de Arruda disse...

Cap, é sempre um prazer revê-lo, mas vc precisa aparecer pessoalmente. Quanto ao bicho, menos hipocrisia e mais coragem seriam muito bem vindos.
Abs, meu amigo.

Anônimo disse...

Valeu Juva! Mas tá difícil!!!! Vão dizer que o jogo é ilegal, lavagem de dinheiro, etc..., porém se for bancado pelo governo, aí tudo bem, aí vem com toda "lisura", com distribuição "social" de parte da arrecadação, etc... Não quero nem saber. Ainda confio mais no bicheiro do que no governo.
Qualquer hora apareço, meu amigão!
P.S. Juva, onde a gente come uma paella decente em Belém, cara? Aguardo sugestões.
Cap.

Juvencio de Arruda disse...

Cap, vc tem tres opções, segundo minhas fontes (pois eu costumno comer a que faço, valenciana...eheh)
1) Brasileirinho, na 14 de abril entre Mundurucus e Conselheiro, uma simpáticacasa do lado direito da mão, no meio do quarteirão.
2) Na Estação das Docas, num restô que só trabalha com frutos do mar que eu não lembro o nome, que ocupa o antigo ponto do chef Paulo Silva
3) e na Dona Carmem, a peixaria que fica na Barão do Triunfo, entre Duque e Marques, a última casa de um vila, do lado direito sentido Marques-Duque.

Bom apetite.

Anônimo disse...

Essa "tar " de Valenciana falada eh uma prometida la pelos morros de Alter... dizem que eh de assanhar Curupira e Jurupari de tao boa. Sera?? Vamos ter que provar.

Anônimo disse...

Hummmm... seria Operação navalha na cuticula?
Era 50.000,00/semana por otoridade, pra quanto foi?
O Promotor deve ter viajado, senão já teria fechado de novo a casa né?
E ainda reclamam da produção cultural no Pará, não sei porque tá cheio de "artista".