23.3.09

Consum: Obrigação de Referendar

Matéria do Diário do Pará na edição de hoje alardeia, em manchete, que as eleições da UFPA podem ser anuladas, dependendo do que ficar acertado entre os conselheiros na sessão do dia 30 deste mes. Ora, todo mundo está careca de saber que a regras das eleições não cumpriram os pesos relativos das categorias prvistos na Lei 9192/95, mas representaram a vontade da academia, posto que foram votadas no conselho e aprovadas por unanimidade.
O MEC respeita minimamente a autonomia da instituição e pede, apenas, a confirmação das urnas numa urna que receberá os votos dos conselheiros.
Os candidatos Regina Feio, que perdeu a eleição por 23 votos, e o vencedor, Carlos Maneschy, já disseram que vão respeitar a decisão do conselho. E este tem que respeitar a decisão das urnas. E ponto final.

Um comentário:

Juvencio de Arruda disse...

Ao bode maneschyano que teve seu comentário recusado: escrutínio é uma votação realizada em urna. Conforme-se.
Tentem aclamação,rasgação de briocos ou coisa que o valha que o MEC senta a prativara em vcs.