23.3.09

"Case"

Um ensaio sobre o slogan "Pará, Terra de Direitos", vai parar na reunião anual da Associação Nacional de Pós Graduação em Ciências Sociais, a ANPOCS, em outubro próximo, na cidade de Caxambú (MG).
Na opinião do poster, que não vai assinar o "paper", só um gerúndio ( construindo), e olhe lá, salva o slogan.

----

By the way, surpreende o número de comentários do post Violação, no ar há seis dias e comentado por 66 internautas. Também surpreende a movimentação da sociedade civil em torno do Forum Belém. O que não é surpresa são as tentativas de desqualificar o Forum, a reação de seus membros, nem as violações aos out doors bancados pelo movimento, algumas com acusações contra o ex governador tucano Simão Jatene, que reagiu na edição de ontem do IVCezal.

16 comentários:

Anônimo disse...

Pará, Terra de Direitos;
Brasil, Terra de Direitos.
O slogan provoca as Ciências Sociais e vai à reunião da Associação Nacional de Pós Graduação da área. Não se deve incluir nada, o slogan está pronto. Corretíssimo juridicamente: Todos os Lugares, Terras de Direitos. Pelo menos, o Quinta não quer mais defenestrar o slogan, já quer participar com gerúndio.

Juvencio de Arruda disse...

O Quinta não quer detonar slogan nenhum, apenas comenta, opina.
A questão levantada pelo blog rovocou uma reflexão científica que o blog disponibilizará quando for inscrita no encontro.
E seguiremos discutindo, brother.

Anônimo disse...

O slogan provoca reflexão científica e gera consciência política.

Anônimo disse...

Diário e ORM com sites fora do ar. Coincidência ou incompetência?

Cássio de Andrade disse...

Não falei que esse negócio de bater em cachorro morto, não dá certo! Por falar em cachorro, parabéns ao Papão. Nem eu agüentava mais esse tabuzinho. Dava pena...

Anônimo disse...

Parodiando o seu Quinta:

Paysandinho 1 x 0 Manchester United

pelo menos, essa era a sensação depois do jogo...hehe
os zebrados pareciam ter vencido a final do Mundial de Clubes; teve gente chorando ajoelhada, ui!
Aguardem-nos.
Saudações Azulinas.

Juvencio de Arruda disse...

Aguardaremos, é claro. Em 2010.
Sds bicolores.

Cássio de Andrade disse...

2010, é! As quartas estão chegando.

angelcam disse...

Cientista social lê jornal e assiste a Tv - pelo menos um Jornal Nacional rola, aqui e ali. Então, quando tomarem conhecimento do conceito PARÁ TERRA DE DIREITOS, e ligarem pau a cacete, vão dar a viagem por paga!
Só quero ver os anais - os cadernos, bien sur.

Anônimo disse...

Má rapá! Nem na quarta divisão! E ainda vai encarar o Mengão! Tadinho do gatinho sarnento!

Anônimo disse...

Juca!
Rapah, se o menguinho não ganhou o Tigres, vai ganhar o Leão???
Fala sério, né!!! rsrsrsr
Abração,
O Vigiador.

Anônimo disse...

Cientistas políticos leem jornal e assistem televisão e ainda não tomaram conhecimento do Pará, Terra de Direitos, então vão tomar não sei onde, quando, porque e como. Esses cientistas devem ser muito ocupados com anjos.

angelcam disse...

Ao das 8:12, dois lembretes: o fórum é nacional e o Pará - quem diria - não é o umbigo do mundo!
À luz dessas variáveis espaciais, o conceito "PARÁ, TERRA DE DIREITOS" será sim, inédito.Inédito e lúdico: vai todo mundo ficar procurando se a palavra "NÃO" caiu no chão, se tá colada no fundo da cadeira, se vem no sanduíche do coffe-break, porque que ela está faltando, isso está. O PARÁ NÃO É TERRA DE DIREITOS.
E insisto: quero ver os anais, as fitas brutas para transcrição, a cobertura de vídeo, os depoimentos pessoais...
Aliás, será que as inscrições ainda estão abertas?????????????

Anônimo disse...

Com ou sem “construindo”, o slogan PARÁ TERRA DE DIREITOS continua mentiroso. Para um governo com tal grau de incompetência, qualquer slogan será mera maquiagem. Que tal sem slogan?

Juvencio de Arruda disse...

Angelcam, é o seguinte: as inscrições estão abertas e vc é minha convidada ára ior ao enconstro da Anpós em outubro.
Quanto as boçalidades do anònimo das 8:12 e mais um que recusei, digo o seguinte: somos formados no conceito de espaço público na perspectiva habermasiana.
Sei que vc não entende disso mas assim mesmo quero que vc saiba disso.
Ou tem argumentos, ou não entra.

Anônimo disse...

A boçalidade da elite pseudo intelectual não muda, nem fala. Os três conceitos de opinião pública defendidas por Habermas - da escola de frankfurt - englobam também as pesquisas. E a opinião pública publicada é a mais importante. Teorias da Comunicação. Mas tu não publicas o que te contraria. Fazes beicinho.