26.3.09

Rabo de Fora

Como era previsto, o presidente da casa de Noca de Nova Deli, vereador Walter Duciomar Costa Arbage (PTB) negou o envio do pedido da CPI da Saúde para a Comissão de Justiça. Completamente atordoado, revelou publicamente que sua decisão baseou-se na opinião da bancada orientada pela organização do prefeito falsário da capital.
A organização deixa rastros por onde passa.
Agora, a oposição vai pra Justiça.

----

Na sessão de ontem, novas escaramuças nas galerias da casa de Noca, preparadas pela gang contratada pela prefeitura, a maioria ac's, os agentes comunitarios de saúde. Os mesmos que apareceram no depoimento da mulher do conselheiro Zeca do Barreiro na CPI da Pedofilia, a soldo do prefeito falsário na base de R$ 25,oo. ( ver post abaixo)

----

Após a sessão, o vereador Carlos Augusto (DEM) dirigiu-se à Justiça Federal para tirar xerox de um volumoso processo que corre contra o falsário na vara comandada pela juíza Hindi Kayath. Pretendia entragar a maçaroca para a turma do Ministério da Saúde que chegou em NovaDéli. Carlos Augusto chegou um pouquinho atrasado. Um dos advogados da organização passou minutos antes e pediu vistas do processo.

3 comentários:

Ana Lucia Prado disse...

Ah! Amigo Juca,
O último a sair apague a luz!
Nova Deli, como bem chamas nossa combalida capital, já está a pedir a Deus que mate e que o diabo enterre.
Como pode??
Um abraço saudoso

Anônimo disse...

Juca, não dou mais um mes para o Duciomar dar o "cala-boca" para os vereadores rebeldes! Uma pena...vai sobrar só meia-dúzia.

Anônimo disse...

O Processo que o vereador foi buscar, tem alguma bomba, quem não deve não teme, não é Dudu?