24.5.09

Abusadores em Fúria

Depois do vagal Ciro Gomes (PSB-CE), agora é a vez do piauiense Paes Landim (PTB-PI) mandar se foder e tomar no cú duas funcionárias do aeroporto de Brasília. A besta não queria passar no raio X do embarque.
Segundo o blog do Noblat, essa não é a primeira denúncia de abuso que pesa contra o deputado. Há cinco meses, Landim foi retirado à força e sob vaia de um avião da Gol porque se recusou a passar pelo detector de metais do portão de embarque.
O desespero é compreensível. A falsa moralidade dessa gang decolou de vez.
Mas o povo lhes diz o mesmo, "nas esquinas". Por enquanto, só diz.
Em breve vai começar a mandá-los aos consultórios de implantes dentários.

10 comentários:

Lafayette disse...

E por falar em fúria, falo de uma outra, controlada na técnica e disciplina, e que levou Lyoto Machida a ser Campeão Munidal ontem.

Mestre, mais uma vez Lyoto demonstrou que conhece aquelas duas técnicas, que comentamos, como ninguém, e isso vem fazendo a diferença contra seus adversários: o De-ai e atacar-recuando. Bloguei lá.

Quanto a estes "tipos" de deputados, um dia, vai que ele encontra alguém que domine, também, estas duas técnicas... rsrsrsrs

Abraço e bom domingo.

Juvencio de Arruda disse...

Está de parabéns o campeão!
Qto à gang das bestas nem precisa disso tudo.
Abs e bom domingo pra vcs.

Mural de Marabá disse...

A única maneira de darmos um basta nesses facínoras é conscientizando as outras pessoas sobre os atos dos mesmos. Sempre que surge uma oportunidade em que há mais de duas pessoas conversando sobre políticos e políticas, eu digo para elas quem são esses nefastos.

Entendo política de outra forma, e não da que esses elementos praticam. Passam o mandato todo fazendo politicagem. A política não é ruim, o problema da política são esses trastes a quem elegemos.

Tenho enviado e-mails para nossos parlamentares aqui do Estado do Pará. São em sua grande maioria recusados. Creio que somente a uns 15 tenho enviado e-mail normalmente, mas com certeza seus assessores se encarregam de deletar. Eles são assim mesmo. DEVEMOS SER ASSIM TAMBÉM COM ELES NO DIA DE APERTAR A TECLA DA URNA.

É importante a quem tem oportunidade e meios de mostrar quem são esses meliantes, o fazer, sem no entanto ficar escrevendo ou tecendo comentários que possam parecer aos ouvidos e olhos dos outros, como sendo intencionais, partidários ou interesseiros, mas sim dizer para as pessoas de como esses facínoras nos vêem.

Nos olham de cima para baixo: não existe excerções no tratamento deles para conosco, o que há muitas vezes é discrição na forma de mostrar sua arrogência.

Estou com o blog, mural de marabá, tentando fazer isso, mas sem hipocrisia ou apelando. Sou apenas um cidadão, comerciante, que se sente lesado por essas bestas.

Sei que é difícil escrever com frequência quando não se é do ramo ou quando se está sozinho. Mas ainda assim dá pra fazer alguma coisa.

Anônimo disse...

Caro Juvêncio, eu desculpo as pessoas que não entendem essa fúria. É que não leram no rodapé do Diploma dessas Excelências - na sua grande maioria - o texto: "Com o cargo de deputado, vocês ganham de brinde a superioridade aos demais simples cidadãos"

XURUPITA disse...

MAS SEMPRE DIGO ESTES CIDADÕES SÃO NOSSOS EMPREGADOS ENTÃO QUEM PAGA SEUS SALARIOS?
POR QUE SE JUGAM MELHORES QUE O POVO QUE OS COLOCA LA PARA GAFAREM NOSSO DINDIN.
AQUI TEMOS OS NOSSOS QUE VER QUANDO CHEGAM EM RESTAURANTES.

Alexandre disse...

Ainda entusiasmado pela linda vitória do Lyoto e, de quebra, pela nossa grande escola de porradeiros que vem desde os Gracies, sugiro alguns movimentos suaves e de grande efeito para o cidadão comum combater esses tipos, que não são políticos ou pessoas de bem, mas algo que a psicanálise fruediana pode fornecer fartas explicações.
Aos Movimentos: armar a base com a perna esquerda à frente levemente flexionada, golpear com a perna direita até a altura do vértice das pernas pernas do opositor, isto é, largar uma bicuda no culhão do otário e depois fazer como eles sempre fazem: ficar levando a justiça na brincadeira.

Anônimo disse...

Um vôo lotado da GOL foi cancelado. Uma única funcionária atendia e tentava resolver o problema de uma longa fila de passageiros. De repente, um passageiro irritado cortou toda a fila até o balcão, atirou o bilhete e disse:

- Eu tenho que estar neste vôo, e tem que ser na primeira classe!

A funcionária respondeu:
- O senhor desculpe, terei todo o prazer em ajudar, mas tenho que atender estas pessoas primeiro, já que elas também estão aguardando pacientemente na fila. Quando chegar a sua vez, farei tudo para poder satisfazê-lo.
O passageiro ficou irredutível e disse, bastante alto para que todos na fila ouvissem:

- Você faz alguma idéia de quem eu sou ?

Sem hesitar, a funcionária sorriu, pediu um instante e pegou no microfone anunciando:

- Posso ter um minuto da atenção dos senhores, por favor? (a voz ecoou por todo o terminal).

E continuou:

- Nós temos aqui no balcão um passageiro que não sabe quem é, deve estar perdido… Se alguém é responsável pelo mesmo, ou é parente, ou então puder ajudá-lo a descobrir a sua identidade, favor comparecer aqui no balcão da GOL. Obrigada.

Com as pessoas atrás dele gargalhando histericamente, o homem olhou furiosamente para a funcionária, rangeu os dentes e disse, gritando:

- Eu vou te foder!

Sem recuar, ela sorriu e disse:

- Desculpe, meu senhor, mas mesmo para isso, o senhor vai ter que esperar na fila.

Juvencio de Arruda disse...

Estas cenas aconteceram no aeroporto de Viracopos, em Campinas, segundo soube.

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, na minha frente ele não virava besta-fera impune não. Enfiava-lhe a mão na cara.

Vô Raimundo, pai do seu Eduardo, cabôco da Vigia casado com uma índia Tupinambá, me ensinou desde moleque que a gente não permite a uma mulher sozinha ser agredida por quem quer que seja, onde for.

Estou pouco me lixando que ele seja deputado. Não mandei ele não estudar! Se ele estudasse tinha chance de ser procurador federal como eu...

Aliás, sei que tem deputados federais que lêem seu blog - e os comentários. Eles deviam começar a espalhar pros colegas do Parlamento: "olhaí, vamos maneirar, a população tá revoltada, nosso filme tá muito queimado, vamos pegar leve senão ainda vamos apanhar na rua ou na fila do embarque...".

Anônimo disse...

Na verdade é que eleitor brasileiro é que nem mulher de malandro, adora servir de capacho, e levar umas bordoadas, desconhece o valor do próprio voto, e nem sonha com o significado da palavra dignidade. Como explicar reeleger Collor de Mello ( Alagoas tá um caos e olha quem eles escolheram como seu representante, a velha oligarquia),Sarney (esse dispensa comentários), e outros (e põe outros nisso) como estes digníssimos filhos da ....Ah! Deixa pra lá. É uma lástima