19.3.09

Pregando Peças

Documento recebido pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Pará, enviado pela Secretaria da Comunicação da Presidência da República, condena o uso da modalidade "pregão eletrônico" na contratação de serviços publicitários para o setor público.
O estudo da Secom-PR foi realizado com base na tentativa da Universidade Federal de Ouro Preto (MG) em contratar uma empresa de propaganda batendo na cabeça deste, digamos, prego enferrujado.

5 comentários:

Anônimo disse...

So podia partir do PT, do PT espurio, do PT da ANA dos Kits e do PT do mensalão. É fazer jurisprudencia para favorecer as gatunagens. Eta PT de encomenda.

Juvencio de Arruda disse...

Não caia de para quedas na parada. O post refere-se ao pregão eletrônico realizado em Santarém, comandada pelo PMDB.

Anônimo disse...

Juvencio, não confundas a gente, esclareça o assunto.

Juvencio de Arruda disse...

Faça o seguinte: dê uma passeada neste site e esclareça suas dúvidas: www.jesocarneiro.com

Anônimo disse...

É verdade que o governo é do PMDM,Juca, mas quem manda na parada é o Eweraldinho, o popular "beiçola". Daí ...