19.5.09

Transparência

Nota do Repórter Diário na edição de hoje do Sobrancelha News conclama a oposição a derrubar o veto da governadora que impede o acesso dos parlamentares aos sistemas de dados do governo, que deverá entrar na pauta ainda nesta semana.
Bem, o blog convoca os deputados da situação que tiverem vergonha na cara a fazer o mesmo.

26 comentários:

Barroso disse...

A palavra de ordem é transparência. Atitudes desse tipo, em não permitir acesso às contas do governo, tem apenas um significado: interesse de esconder.

Anônimo disse...

Não é nada disso. Só quem trabalha no levantamento destes dados sabe o quanto é trabalhaso e complicado esse mecanismo. Pode haver erros e pode conter informações estratégicas, que se cairem nas mãos de deputados inescrupulosos (e nós sabemos que eles existem) pode causar um estrago.
Além do mais, a Assembléia tem muita grana e muita gente ociosa que também pode montar uma base de dados para os deputados.
Mas eles só querem boquinha. Trabalhar que é bom, nada.

Juvencio de Arruda disse...

Sem essa.
Só quem prima pela falta de transparência defende o veto da governadora.
Se ocorrerem erros, que sejam reparados.
Ninguém causa mais estrago ao governo do que ele próprio.
Inescrupulosos ou não, é função da AL fiscalizar, e do Executivo em jogar luzes sobre eles.
O veto é politicamente indenfensável.

Anônimo disse...

Não existe nada que seja secreto, fora se atentar contra a segurança nacional, o que não é o caso das contas do estado do Pará, na administração pública, por definição republicana, o resto é mesmo medo que se descubram as passagens, as diárias, etc.
Abaixo o veto!

Anônimo disse...

Vamos supor que o sistema de segurança fez um levantamento sobre ilegalidades praticadas por Daniel Dantas e está prestes a por as mãos nele, no maior flagrante. E essa informação cai na mão de um deputado destes que vendem a até a mãe (mas não entregam). O senhor acha que esse deputado não vai vender a informação pro canalha do Dantas?
Santa ingenuidade.

Anônimo disse...

Comentário ao post do anônimo das 9:42:

"Todas as ações relativas ao direito de outros homens, cuja máxima não é suscetível de se tornar pública, são injustas."

Kant, segundo apêndice a "Paz Perpétua", 1795; citado por Bobbio, em 'O futuro da democracia, uma defesa das regras do jogo", 1984.

Prof. Ludovico

Juvencio de Arruda disse...

Fico satisfeito que o post atraia tantos comentários, um deles citando uma leitura do meu curso de Teoria Política 1, no 1º semestre do ano passado.
Lembro aos nobres comentaristas, todavia, que as informações são de ordem orçamentária e financeira, como publicizadas no SIAFEM pelo governo federal.
O sendor Suplicy talvez tenha sido o primeiro parlamentar a trabalhar politicamente essa base de dados, no governo FHC.
Bom dia a todos.

Anônimo disse...

Anônimo das 9:42 a divulgação dos dados é um imperativo da democracia.

Nenhum deputado de oposição irá obter grandes dividendos com manifestações referentes a erros em procedimentos de execução de despesas por parte do executivo. Nem mesmo o Tribunal de Contas atribui importância a falhas desta natureza.

Informações estratégicas? Quais? Nós estamos falando de execução das despesas.

As informações estratégicas estão todas no orçamento - peça central de planejamento - aprovada pelo próprio legislativo.

Como cidadão, espero que os "ociosos" da Assembléia montem inúmeras bases de dados para os deputados, só assim eles poderão realizar um bom trabalho de fiscalização das ações do Poder Executivo.

Prof. Ludovico

Anônimo disse...

Santa cara-de-pau, anônimo das 10:05. Vamos esconder as informações porque um deputado inescrupuloso pode vender informações ao Daniel Dantas! Poderias muito bem continuar calado, que preencherias uma lacuna. À falta de argumentos, melhor fazer cara de paisagem do que abastecer os adversários com estupidez como essa.

Anônimo disse...

Esse anônimo que citou o DD apresentou um argumento absurdo! Será se ele pensa que as investigações da policia devem também ser colocadas num portal? Será ingenuidade ou mesmo malícia? que besteira o que ele falou, desde o início sabe-se que o projeto trata de outro tipo de informações.

Anônimo disse...

O PT é engraçado: faz tudo ao contrário do que pregou durante 20 anos.
Negar transparência é uma vergonha.
E quem nega transparência tem muito o que esconder.

Anônimo disse...

Falei em suposição. Suposição. Ou seja, suposição, viu "inteligente".

Anônimo disse...

de última hora, a situação autorizará a derrubada do veto

JOSÉ DE ALENCAR disse...

Juvêncio e comentaristas.

Vigora na administração pública o princípio da publicidade (art. 37 da Constituição).
A regra é a publicidade e não o sigilo. O sigilo é exceção. E em matéria de finanças públicas deve ser a exceção das exceções (por exemplo, a tal da segurança nacional que protege as contas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, com minhas ressalvas e críticas).
O Estado adota o SIAFE, que é a versão estadual do SIAFI federal, de quem é um clone.
O acesso já está disponível, dependendo do perfil do login do servidor ou agente político (suponho que o login do Secretário de Fazenda seja de altíssimo acesso às informações).
Melhor seria que toda e qualquer pessoa tivesse um perfil de acesso amplo, e não só os parlamentares, pela Internet. Tecnologia para isso há.
No Senado a Governadora teve esse acesso. Será uma contradição com sua própria biografia vetar a lei estadual que garante o acesso que ela teve como Senadora (da oposição, diga-se).

Anônimo disse...

caro anonimo defensor sem argumentos contra a transparencia. Voce falou em suposição sim, mas uma suposição impossivel e absurda! Os dados que serão disponibilizados serão da execução orçamentaria e financeira do governo, ou seja, os famosos gastos publicos, que como o nome já diz, tem que ser públicos!
Era isso, pelo menos argumente com suposições possiveis da proxima vez, caro DAS. rsrs
abraços mestre.

Anônimo disse...

Eu gostaria imensamente de ter acesso às contas do governo, mas ouvir os gritos do tucanos cobrando o que eles SEMPRE ESCONDERAM,é graça. Fica do tipo "faz o que eu digo mas não faz o que eu faço". Quando o PT era oposição não tinha direito a nadica de nada, e os tucanos passavam o rolo compressor sem dó nem piedade. Lembram?

Anônimo disse...

Se esse é um sintoma de racha entre PT e PMDB, acho bom que os ilustres deputados assumam. E se o PMDB vai se unir ao PSB nas próximas eleições, quero saber quem vai financiar a campanha. Ambos estão sem cargo executivo no estado e na capital, vão ter que se garantir com prefeitos aliados. Será? ou Cerá?

Anônimo disse...

Alguns assessores de imprensa que atuaram nos 12 de tucanato, já engolem a hipótese da aliança com Jader (novamente), outros, vaõ ter que tomar engov. Isso dá pra perceber na ALEPA. Mas que os tucanos trocem o nariz para Jader e companhia, torcem!!!!

Anônimo disse...

Quem primeiro apresentou projeto de Lei para que os Deputados tivesse a senha do SIAFEM foi um deputado do PT, Mário Cardoso no madato do jatene. No periodo eleitoral tentaram ressuscitar o projeto que estava desaparecido nas gavetas do DIDEX, mais não teve êxito, naquele momento era tão importante como agora também é expor os gastos do governo para a sociedade, porque só assim vamos ter acesso como andam gastando o seu e o nosso dinheiro.

Anônimo disse...

Alôoooo

O nome já diz, são informações concernentes a administração PÚBLICA, pú-bli-ca

ou seja, do que o governo faz com o meu, o seu, o nosso suado dinheirinho

Portanto não deveria ser preciso ter mais do que cinco anos para entender que TODOS, to-dos os contribuintes deveriam ter acesso a essas informações.

Até o Daniel Danta hahahahahahah

Anônimo disse...

Eu gostaria que esses ridiculos entendesse que a sociedade é muito maior do que os tucanos e os petistas. Eles são muitos pequenos.

Anônimo disse...

hahahaha....
Sou completamente a favor dos deputados derrubarem o veto do siafem, mas acho tb de bom tom a Casa começar a olhar para o seu próprio umbigo.
Por que os distintos deputados, a exemplo da Câmara Federal, e outras Assembleias também não começam a publicizar melhor seus atos? Publicando frequencias, produtividades e gastos...
Acho que o povo do Pará agradece

Anônimo disse...

Sou militante do PT e concordo com a transparência em todos os atos dos poderes EXECUTIVO, LEGISLATIVO e JUDICIÀRIO, por isso proponho que esses deputados, que encabeçam o movimento pela transparência, ampliem esse acesso à toda a polulação, incluindo seus próprios atos. Que publicar na internet, diariamente, toda a movimentação financeira de seus mandatos?

Anônimo disse...

Porquê,ô das 10:27, você realmetene não é a favor de uma coisa e depois defende outra? Para dar o primeiro passo, você exige que junto se der o último ou seja você na prática não quer assumir a sua posição.

Anônimo disse...

Não, ô das 9:00, é que esses deputados não parecercem querer transparência, mais sim, uma compensaçao para silenciar, entendeu, agora?

Anônimo disse...

Não entendir não ô das 12:54AM