6.3.09

Arapari: Péssimo Serviço

A banheira da Arapariu que neste momento atravessa a baía do Marajó exibe, a contragosto dos passageiros, um vídeo pirata, aliás vendido a bordo sem nenhum problema durante as viagens. Ao receber a reclamação, o marinheiro de convés explicou que eles querem assitir, e pronto. Segue o filme.
Quando a pocilga flutuante aportar no Camará, será registrada uma queixa com o funcionário da Arcon que come e dorme no porto marajoara.
Mas nada vai acontecer, como de hábito, pois a Arcon tem em sua direção um monturo de capachos das empresas de navegação.
Há tres anos e meio este blog critica a porcaria impressionante que é o serviço de transporte na ilha, defendido diariamente pelo abjeto colunista Alyrio Sabbá, do IVCezal. Neste período, praticamente todas as colunas e jornais da cidade passaram a perceber a esculhambação aberta, permitida e consentida pelas autoridades que deveriam disciplinar a concessão pública.
Nada parece ser capaz de perturbar a sem vergonhice dessas empresas. Nada.

11 comentários:

Anônimo disse...

Realmente é uma vergonha este transporte para o Marajó. Quase tres anos de governo e a promessa da Governadora de resolver essa situação acho que ficará para a próxima campanha em 2010.

Anônimo disse...

Conheço bem a Arapariu pelo péssimo serviço que faz na travessia Barcarena-Belém... 'lanchas' lotadas, número de coletes bem menor que o de passageiros, panes no motor, atrasos, passagem cara...etc e etc... Se a travessia de 40 minutos já era complicada, imagine para o Marajó... bem a la Arapariu mesmo...

Abs Juvêncio,
Nardin

Jubal disse...

Eles vão ter que melhorar o serviço agora que o Espaço Aberto (http://blogdoespacoaberto.blogspot.com/2009/03/novidade.html) tá convidando o pessoal pra comprar uma passagem para Pasárgada...rsrs..
Vão afundar a banheira da Arapariu!

Anônimo disse...

juva, eu só evito ir para livilha de caras, me hospedar na casa vogue do marajó, por causa desse transporte. fétido.

Ana disse...

Não se detenham no Marajó, o Arapari também faz viagens para Barcarena, Abaetetuba e proximidades. E por ser mais próximo o transporte não é melhor...uma lancha "perereca", cheia de baratas e toda a sorte de insetos e sujeiras...sem contar nos dias que ela resolver encalhar no meio do rio! E pobres os estudantes que dependem desse tranporte para se aventurar todos os dias pelas madrugadas sem a certeza do que pode acontecer no caminho...fica meu lamento a todos que disso dependem

Anônimo disse...

Juvêncio,

Quem é esse pessoal dono da concessão para o Marajó, que tem tanto poder assim para continuar a manter esse serviço medieval governo após governo? A capacidade de suborno é tão grande assim para comprar a ARCON, o citado "jornalista" e as autoridades em geral? Porque além de Alter do Chão, nossa vitrine para o turismo seria Marajó, mas todos os turistas estrangeiros que fazem esse deslocamento jamais voltam após a viagem de quinta categoria. E ninguém faz nada.

Anônimo disse...

O problema está nessas agências reguladoras, invenção dos tucanos parea blindar as empresas desonestas. isso se dá na navegação mas também na telefonia, energia elétrica, etc.etc.etc. quem vai mexer nesses vespeiros? Os governos petistas com certeza não, porque seguem à risca a catilha tucana da esperteza eleitoreira.

Anônimo disse...

O colunista que diz que a Arapariu é a melhor empresa do mundo é o mesmo que bajulava o Ademir (CDP) dizendo que ele erá o melhor presidente que a CDP ja teve. Vcs viram como mesmo saiu da CDP, algemado. O colunista é o rei do chem. Por outro lado é estranho o comportamento a Capitania dos Portos com esta empresa. A Arcon nada a estranhar do seu comportamento, visto que a mesma é um cabide de emprego para alguns que já foram ricos e agora estão lisos.

Anônimo disse...

O Governo do Estado, através da Cia de Portos e Hidrovias publicou, domingo passado nos jornais de grande circulação e segunda feira no Diário Oficial o Edital de Licitação para a Contratação, por seis meses, de um barco para fazer a linha Belém-Camará, ainda no primeiro semestre. Por seis meses porque é um projeto piloto. Essa contratação visa atender, de forma satisfatória a população do Marajó e responder positivamente ao desenvolvimento do turismo. Esse governo entende que este setor é a grande posibilidade de gerer emprego e renda para para os moradores do Arquipélago e, com isso, melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano. Esperamos, com essa primeira ação contribuir para mudar a realidade daquele povo que, aparentemente nunca mereceu a atenção do poder público em gestões anteriores a essa.

Anônimo disse...

Caro anônimo das 6:20 (que deveria assinar pois seu discurso é oficial) há mais de dois anos o Marajó é citado como prioridade do governo petista e até agora nada, zero. Nem com todos os instrumentos que dispõe, o governo dos companheiros, não conseguiu moralizar o serviço existente. Seu discurso é lindo, mas quem está perdendo, sofrendo e sendo desrepeitado é o povo marajoara que precisa vir a Belém porque vários serviços públicos não existem no Marajó. Também perdem os pequenos empresários do setor de turismo (seus funcionários, seus prestadores de serviço etc) pois, só como exemplo, várias pessoas desistem de visitar a ilha porque simplesmente não conseguem transporte em épocas como carnaval, semana santa, reveillon, finais de semana de julho.
Saiam do discurso! E parem de culpar as adiministrações passadas.

Anônimo disse...

O Edital de Licitação puplicado não é discurso, é fato. Leia, Anônimo das 8:47, os jornais nas datas mencionadas e mude vc seu discurso equivocado