6.3.09

Gol Contra

Quarta feira à noite, ao sair da inauguração do bar Capital, do empresário Roger Aguillera, o deputado estadual Robgol (PTB), apertadíssimo, olhou para os lados, se aproximou de uma mangueira, meteu a mão entre as pernocas, botou o pingolim pra fora...e esvaziou a bexiga.
Na esquina mais movimentada da Braz de Aguiar.

32 comentários:

Laguardia disse...

Não sou jornalista nem escrito. Se quer escrevo bem. Sou aposentado. Meu imposto de renda é retido na fonte pelo INSS. Já nosso querido apedeuta tem sua receita de INSS como anistiado político acima do teto do INSS livre de IR.
Minha forma de lutar contra os desmandados implantados por este governo corrupto no Brasil é através de um blog http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/
Gostaria de contar com a presença e dos comentários das pessoas de bem que não se conformam com a desonestidade, a falta de ética e a corrupção em nosso governo.
Um grande abraço

Ivan Santana disse...

Quero saber se algum secretário, teria peito de dar o flagrante no deputado por atentado ao pudor. Onde ja se viu deputado? D~e o exemplo!

El Cid disse...

Esta é uma prática muito comum aqui no nosso Pará. Sinceramente, não me conformo. É um desrespeito, coisa para animal irracional. Principalmente partindo de uma autoridade...

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, devíamos convocar um mijaço de protesto contra o mijão Robgol: vamos todos tomar umas geladas (eu pago uma grade) e depois descarregar o excesso no gabinete de sua Excelência, na Assembléia Legislativa!

Engraçado é que essas portas adoram fazer essas idiotices pela rua (com certeza no bar tinha banheiro), achando que isso é afirmação de masculinidade.

É um tremendo atestado de terra e estrume na cabeça, isso sim!

Aquiles disse...

Que isso gente..............tudo isso por causa de um aperto??????.........por favor, tem coisa muito mais importante pra gente falar, afinal, qual homem que nunca passou por uma emergência dessa???????????atire a primeira pedra..........
Cláudio

Anônimo disse...

Pra quem sempre apronta uma cagadinha, o que ele fez até que tá de bom tamanho (sem trocadilho).

Anônimo disse...

ô, tal da Aquiles. Não se trata de aperto, emergência ou que se precised tratar de coisa mais importante para se tratar aqui.
O fato é que mijar na rua é falta de pudor, falta de educação, de higiene; revela comportamento péssimo. E em se tratando de autoridade parlamentar, isso é elevado à décima potência. E ainda mais quando o deputado é um ídolo popular (de futebol, mas é), que deve dar exemplo de moral, ética, honestidade, educaçào, respeito pelas pessoas. Não se discute aqui a bobagem de alguém mijar, mas a verdade do comportamento educado que impede você mijar em público. O pudor, caro Aquiles, é da natureza humana, potencializada pela educação familiar, pela escola e pelos hábitos de higiene e urbanidade; pela estética também. Mijar na rua agride. E cosnta que é atentado ao pudor. Faer necessidades fisiológicas na rua, fazer sexo em público é "atentado ao pudor" e por isso a polícia pode dter os mijões. E um mijão bêbeado é pior ainda. Mais grave ainda se o mijão bêbeado é deputado.

Anônimo disse...

são pensamentos como o do das 10:22que fazem essa cidade, a cidade que é...não, isso não é um elogio.
absurdo,
bj juva, Úrsa.

Anônimo disse...

Quem já não mijou num pé de poste ou de árvore. Agora, pra um parlamentar, nas condições expostas como o ocorrido, pega tão mal quanto a sua atuação anêmica e assistencialista no parlamento.

Anônimo disse...

E ninguém chutou as bolas do goleador?!?

Anônimo disse...

Quem um dia, na calada da noite, em meio a um aperreio daqueles, depois de olhar prum lado e pro outro, não correu pra trás de uma frondosa mangueira, botou o braulio pra fora e saiu dando as três batidinhas, assoviando feliz da vida ....

Mas, tá errado. E homem públcio tem que ser exemplo. Como ídolo e bom jogador que foi, e agora como deputado estadual.

Ana Lucia Prado disse...

Juca,
Meu amigo.
Sem comentários!!
Até quando alguns acharem normal satisfazer as necessidades fisiológicas em público uma atitude "normal", não sairemos da barbárie.
Um bjo e bom final de semana

Anônimo disse...

Caro Cláudio,
Talvez devessemos deixar pra lá pequenas contravenções ou crimes de menor potencial ofensivo? O que achas?
Antecipando-me a sua resposta, só queria lhe lembrar que a atitude do nacional é tipificada como crime no nosso Código Penal, consoante prevê o art. 233 (ato obsceno).
Mas, como todo mundo faz, viva o país geral da esculhambação.
Indubitavelmente, educação é uma questão de princípios e vem do berço.
Não tenha o comentário como um ataque a sua pessoa, mas sim a do deputado e naqueles que ajudaram a elegê-lo (e o pior, por causa do paysandu).
Abraços Juca!
O Vigiador.

Anônimo disse...

qual dos comentaristas acima nunca precisou praticar este absurdo ato? Talves o problema do Deputado tenha sido não se esconder bem.

Anônimo disse...

Égua,meu, até o Robgol.Que vergonha.......

Cabelo Seco disse...

e alguem sabe informar qtas ele tomou?

Anônimo disse...

Oh, caro anônimo das 10h22, vamos convocar uma grande galera e fazer um mijaço na porta da sua casa. Ai vamos ver se você acha bem normal, tudo ótimo. E em se trantando de um deputado, tudo pode, né!?.
Estão todos convocado para o mijaço!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Por favor, Aquiles. Se vc não se importa, então mande seu endereço que pediremos ao deputado para ir mijar na próxima vez em frente a sua casa. Não se trata de aperto, não, é falta de educação e respeito mesmo. E partindo de uma autoridade, se torna mais grave.
Aceito a proposta do Prof. Alan.

abs

Anônimo disse...

O cara nem é daqui,boleiro guindado a vereador de uma cidade em que o proprio imPrefeito transformou em penico, vcs querem o que?

Anônimo disse...

Infelizmente concordo com o das 10:31. Nos causaria surpresa se esta "autoridade" desenvolvesse projetos, usando seu mandato, para o desenvolvimento do Pará. O que fez já está no seu "script".

Por outro lado, o 5ª faz bem em dar esta má notícia pra ver se tomamos jeito e colocamos gente séria por lá.

J. BEÁ

Anônimo disse...

Qual o problema do cara não ser daqui? Ele é da Paraída, terra da gráfica que fez os kits escolares da governadora Ana Júlia.

Walter Junior do Carmo disse...

Égua da mijada que o Robgol tá levando...rsrs Merecida!

Anônimo disse...

Eu que não vou mais apertar a mão dele.

Anônimo disse...

Ao fim e ao cabo, o post serviu, tambem, pra promover o bar do Roger que, diga-se, tem banheiro.

Anônimo disse...

essa história de mijar na rua e ser condenado é pura hipocrisia.
quem nunca apertado, põs o pengolin pra fora na rua e deu-lhe uma mijada.
quem? o titular do blog nunca fez isso ? Duvido, e muito.
aconselhar as pessoas a parar com isso é ótimo, mas chamá-las de marginais é outra coisa.
o que voc. faria, num lugar onde não tivesse um banheiro por perto ?

Anônimo disse...

Ao, "talvez", analfabeto das 3:30 e para o "beato" das 11:07,
Torço para que alguém coloque uma "manjuba" na porta da casa de vocês.
Não se trata de já ter feito, mas sim de não fazer, quem quer que seja, ainda mais um deputado.
Moras aonde para que o pessoal estenda o "mijaço" na porta da tua casa?

Anônimo disse...

O homem é politico, o que vcs queriam era uma cagada em vez de mijada. No fundo como pessoa o Robson é nota 10. Ele estava aperriado. So esta faltando o Bispo excomungar o nosso Deputado.

Anônimo disse...

Ele é Deus. Ja fez a torcida do Remo se mijar de medo.
Ele pode o que quiser.

Anônimo disse...

Isso é falta de educação...Mas o que esperar de nossos políticos? Já não bastava o Minc, e agora vem Robgol? Me poupe...

Anônimo disse...

Cadê a foto pro blog?

Anônimo disse...

É verdade...como em todo lugar,tudo que é de fora é bom....e político exportado mijando nas portas alheias tbm deveria ser...então avise aos que estão apoiando a magnifica cena do deputado,para que o convide para dar uma "mijadinha" em suas portas,de preferencia os que votaram nele,pois quero dizer dizer que hoje ele mija e não se fala nada e amanha, o que será?

Anônimo disse...

Ao anonimo das 4:41 - Tu tas muito por fora, tu votaste no homem para Deputado, como agora tu chamas para V. Excia de Vereador. Pede descupas ao homem por esta grave falta de conhecimento.