4.3.09

Invadindo o Esquema Dantas

A juíza da Vara Agrária de Marabá, Claudia Regina Moreira, é destaque nos jornais de hoje e objeto do ( novamente bom) editorial do Público. A magistrada revogou ontem, 3, a decisão da juíza Roberta Caracas, tomada na segunda, 2, que reintegrava a fazenda Cedro ao esquema Daniel Dantas. Ela quer ouvir o MST antes de tomar a decisão final sobre o destino das terras.
O governo do estado, por meio da PGE, já obteve decisão em primeiro grau que determina que as terras não pertenciam ao seu antigo dono, o ex playboy Benedito Mutran Filho.
Os interesses da Santa Bárbara no Pará foram alvo de tentativas lobísticas mal sucedidas de Luis Eduardo Greenhalgh, ex deputado federal petista que aparece, mal, nas investigações da PF na Operação Satiagraha.
A Agropecuária Santa Bárbara, em nota, afirmou que a juíza Claudia agiu de forma parcial e vai arguir-lhe suspeição junto ao TJ, pedindo seu afastamento do processo.
Daniel Dantas não é imparcial e insuspeito. É bandido mesmo.

6 comentários:

Bia disse...

Juca querido:

uma curiosidade sincera: era pura invenção da oposição a associação de interesses de Dantas e do Lulinha, filho do Lulão, na Agropecuária Santa Bárbara?

À época do boato, muitos diziam ter conhecido o talentoso rapaz em andanças aí por Redenção. E a entrada pesada de Greenhalg na questão, animou as suspeitas.

Era só isso ou tem mais?

Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

Não conheço mais do que vc nessa história. Muita gente no sul do Pará conta essa história, que tem muito mais com toda certeza.
Bjão

Anônimo disse...

Que o MST fique por lá, denuncie e faça a reforma agrária. Pois nessa fazenda, o que se reproduz são desmatamentos ilegais, latifúndio grilado e carne de boi pra sulista e estrageiro comerem, enquanto que o povo daquela regiao passa fome e padece no analfabetismo.

Anônimo disse...

Passam fome pq não tem coragem de trabalhar, o que eles sabem fazer é caçar animais silvestres e venderem na beira da estrada, passe pela manhã no trecho Mara e Xinguara e vejam quanto anivais estão a venda. Aproveite e va la no assentamento da fazenda Bamerindus municipio de Eldorado e vc vai constatar que aquilo não passa de esconderijo de assaltantes e ladrões de motocicleta, nem a policia consegue entrar.

Solon Pereira

Anônimo disse...

Finalmente uma juíza que age em nome da lei! Pois lá tem cabimento determinar a reintegração de posse em favor de quem invadiu e roubou as terras do Estado? Prás cabeças cinicamente pensantes, o MST entrou, é invasão; o grileiro entrou, é legítima propriedade.

Anônimo disse...

O juízo singular sempre assustou o DD. Mas a mão amiga do Gilmar Dantas estará sempre estendida.