3.3.09

Útero Tucano

Apareceu a origem da ditabranda da Folha de SP.

7 comentários:

Anônimo disse...

Como pode alguém ainda ser de direita neste mundo, meu cristo?

Essa galerinha mata, esfola.. e ainda tem gente pra aplaudir - e comprar jornal e revista.

Anônimo disse...

Caro Juvêncio,

Esta sua postagem está perfeita. Uma pequena frase e um link que nos permite, após leitura & audição, a realização de uma boa reflexão sobre o risco permanente da ação de golpistas e das práticas dos admiradores da ditadura brasileira.

Parabéns!

Prof. Ludovico

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, profesor, prazer em revê-lo. Mas, data venia, o mérito é do Beatrice e do Colunão, onde li a interessante notícia.

Anônimo disse...

Não esquecer contudo que o artigo/texto/relato foi postado pelo Grupo Beatrice apoia o Governo LULA, assim apresentado no blog. Muito justo. Contraditório seria postar algo favorável a FHC, não acham?

CHICO CAVALCANTE disse...

Grande Juca,

quem, como eu, sofreu coação, ameaças e teve uma pistola encostada no rosto durante um interrogatório que durou horas a fio, sabe que a dita não foi branda, a não ser para os jornalões, para os banqueiros e para os interesses dos Estados Unidos. Aí ela foi pra lá de branda. Foi, literalmente, frouxa.

Grande abraço,
Chico.

Juvencio de Arruda disse...

Grande Militante, prazer em revê-lo.
Ai de quem sofreu, não importa maneira.
Feliz de quem sobreviveu, de qualquer maneira.

Grande abs.

Anônimo disse...

Pena que as mortes nos porões da "DITABRANDA" não foram sequer honradas pela esquerda que hoje detem o poder, que nos dias de hoje cospe na memoria e na dor daqueles que deram suas vidas pela liberdade, democracia e para que uma sociedade de direitos existisse , vejo que os companheiros trairam seus ideais, seus antigos companheiros e o povo que acreditou na mudança. Vocês deviam se envergonhar de ter o comportamento que tem, de criar falcatruas, de roubar, sonegar,enganar e ludibriar o povo, tenho certeza que os ideais eram outros quando muito deram suas vidas , quando muitos foram mortos por proteger e silenciar aquilo que comprometeria este momento democrático. Pergunto a vocês, foi pra isso que eles deram suas vidas? Foi Governadora? para que a senhora nos presenteasse com ume scandalo atrás do outro?tenho certeza que essa imoralidade deve incomoda-los aonde quer que estejam. Os novos companheiros, neo petistas,esquerdistas, aliados de última hora não sabem, não recordam como eram os porões da ditadura, eles não estavam lá, e os que estavam beberam as lembranças, as roubalheiras os distanciaram ds seus ideais, deslumbraram-se com o poder, e inebriaram-se com as suas benesses, triste esquerda que nos governa e nos trai a cada manchete publicada. Lembro que em 1983 eu saia do colegio ideal rumo ao ver o peso pra assistir comicios do Lula, minha mãe era militante do PT e candidata a vereadoram em 1982, assisti muitas reunioes em casa, Paulo Rocha, Humberto Cunha, Everardo, vez por outra Ana Julia, Babá , via eles conversando sobre fazer piquetes, tinhamos nosso telefone grampeado, minha mae com ficha no DOI CODI como subversiva, as portas se fechavam, dificuldades financeiras e nós ali, foram 25 anos pelo menos construindo esse sonho, na primeira posse do Lula uma sensação de dever cumprido, choro, lagrimas, um momento histórico, elegemos nosso presidente,acho que nenhuma historia foi tão comovente como a chegada dele no poder, o povo, inclusive eu acreditávamos que teríamos um governo transparente, digno, honesto, comprometido, jamais imaginavamos os escandalos atuais, foram anos votando na esquerda, pegando material no comites e distribuindo pelas ruas como bom militante, hoje me sinto traído, essa é a palavra, talvez assim como eu os companheiros que morreram se sintam da mesma forma. Mas do que vale o nosso sentimento de indignação diante da ganancia do poder que lhes envolve em cegueira e esquecimento? nada, não somos nada, voces se perderam, se venderam, se corromperam e hoje não mantem e nem representam ideais de pessoas como eu, não sou socialista, apenas queria um mundo mais justo, será que eu fui ingenuo? eu e mais quantos milhoes? Lembro que as vezes éramos seguidos, minha mae preocupada sempre nos dava orientações para nos proteger, quantas vezes nos privamos da sua companhia para que ela pudesse dormir na porta do TRE, os militantes iam proteger as urnas para que não viessem emprenhadas do interior do Estado, eram noites ali, tropas do exercito de um lado e militantes do outro, acho que demos eu e minha familia nossa contribuição, mas vocês.. vocês esquerda nos trairam.. E Branda nunca será a nossa condenação pelos seus atos e o desprezo que teremos eternamente.