8.5.09

Bandido na Rua

O marginal Paulo Castelo Branco, o primeiro amigo do prefeito falsário da capital, já começou a driblar a justiça dormindo fora de casa, segundo o Seventy.

10 comentários:

Anônimo disse...

Já viu o Diário Polícia de hoje?!

Carlos Barretto disse...

"Fora de casa" e do pijama??
Tsc Tsc Tsc

Rsssss

Juvencio de Arruda disse...

Já. Será objeto de um post programado para ás 10:30 desta manhã.

Juvencio de Arruda disse...

Sim professor, fora de casa e bem vestidinho. E feliz da vida.

Alailson Muniz disse...

Estou por aqui, mas hoje resolvi deixar um cumprimento matinal meu caro ministro.

Um abraço!
Ainda o aguardo na Pérola.
Alailson Muniz

Juvencio de Arruda disse...

Cordial bom dia, presidente!
Obrigado pela visita.
Estarei aí no mês que vem, mandando as águas baixarem...eheh
Pode botar outra grade na geladeira.
Abs

Jubal disse...

Pra esse convescote no Mascote ou fora dele...eu tô me convidando.
Ponha mais uma grade, humano-socialista.
Abs

Humberto Lopes disse...

Juvêncio, meu caro.

Ontem compilando os dados para meu mestrado descobri que o Paulo Castelo Branco foi candidato a deputado estadual, em 1994. Pelo PV, à epoca em coligação com o ... PT de Valdir Ganzer.

Forçando um pouco a memória, lembrei que o PV veio compor a aliança com PT através de influência do Nilson Pinto, que era petista.

O Nilson por sinal quase foi candidato a governador naquele momento, mas o PT não conseguiu ampliar suas alianças e o Marcos Ximenes não quis atrelar a UFPa ao PT, pois tinha compromissos a cumprir com o Jáder. Em 1994, só subia no palanque do PT quem se dispusesse a largar seu candidato original e apoiar o Lula. Por isso o partido não compôs a União Pelo Pará com o ... Almir Gabriel.

Eu sei que isso tem pouco a ver com o post, mas não pude resistir a comentar as voltas que os personagens dão, às vezes para para parar lugar, outras vezes em situações bem diferentes.

Um abraço,
Humberto.

Em tempo, em 1994 o Raul Meireles e o Zé Carlos Lima não se entendiam com o Nilson nem com o PV.

Juvencio de Arruda disse...

Humberto, meu caro, um pouco de história faz bem pra memória.
Abs

----

Mestre Jubalino, é na casa dele. Tem que pedir licença pra patroa senão a toalha molhada canta no centro.
Abs

Anônimo disse...

Prezado Humberto,

Na série que vc lança ("As voltas que os personagens dão"), vc esqueceu de citar que a governadora Ana Júlia Carepa, que tanto criticou tudo o que está aí, hoje é aliada do deputado Jáder Barbalho, assim como o presidente Lula tem como seus fiéis aliados Sarney, Collor e Renan Calheiros. Gostaria que vc comentários sobre esses outros personagens - aceitas o desafio?

Abs.