14.5.09

In Pectoris

São cada vez mais evidentes os movimentos da DS na direção de fazer o chefe da Casa Civil, Claudio Puty, candidato a deputado federal em 2010.

30 comentários:

luluquefala disse...

Quem será que vai ler O Liberal de hoje para o senador Mario Couto ?
A vítima deve ir de capacete e protetor de ouvidos.

guilherme marssena disse...

Aqui no Oeste vai ficar difícil para ele,pelo andar da carruagem,esta candidatura não emplaca.

Anônimo disse...

É jovem, honesto, tem história de luta e é preparado.

O Pará ganharia um parlamentar de boa índole.

Acrescentaria ainda, que uma campanha polarizada por grande máquinas eleitorais, Cláudio Puty, poderia trazer para o debate bandeiras ligadas à luta e o papel dos socialista no parlamento e também quais as grandes questões a serem discutidas sobre o Socialismo no Século XXI.

A campanha e o debate eleitoral seriam enriquecidos pela presença de uma candidatura com esse perfil.

Satchel Paige

Anônimo disse...

Puty é qualificado e possui condições necessárias para se tornar um parlamentar, com mandato verdadeiranente popular, em defesa do povo do Pará.

Juvencio de Arruda disse...

Quem quiser protestar ou discordar da possível candidatura de Puty que o faça sem vestígios do animalesco que existe dentro de vcs.

Anônimo disse...

Como militante do PT e da DS discordo totalmente. O Claudio tenta preterir alguns companheiros usando o poder da maquina.Acho que uma candidatura deve ser construida,Como é de costume dentro do nosso partido.

Anônimo disse...

O Puty sendo o principal interlocutor politico do governo,devia preservar sua imagem.

Quem confiara nele dentro é fora do PT tendo conhecimento das suas pretenções para 2010.

Juvencio de Arruda disse...

É mesmo?
Quem é que não usa o poder da máquina aí dentro?...eheh
Traga outro motivo pra justificar sua discordãncia, assinando embaixo, faz favor.
A mim, pessoalmente, vários representantes da DS manifestam sem temos suas concordâncias e discordâncias.
Sabemos todos que a DS está rachada o suficiente para emparedar qualquer um que meta a cara n janela. Já aconteceu aqui no blog quando comentamos as candidaturas de Edilza Fontes e Suely Vieira.

Lafayette disse...

Eu voto no Cláudio.

Meu sonho de consumo é ver minha geração tomando o poder! réréré

Anônimo disse...

Pura verdade! Mais quem milita dentro do PT sabe a origem de Paulo Rocha,Maria do Carmo,Mario Cardoso,Ganzer,Bernadete,Beto Faro,Edilza,Suely.

Vamos fechar o foco sobre a DS,Coloque o Puty ao lado da Edilza e da Suely.Brincadeira Juca.
Não tem como comparar.

O Puty tem origem no circulo de influencia dos companheiros Marcilio e Maurilio. Esses sim tem historia. Inclusive a grande influencia politica sobre a nossa governadora vem dos dois.

Juvencio de Arruda disse...

Affe...

Anônimo disse...

Teram que enquadrar muita gente,Dentro e fora da DS.

Juvencio de Arruda disse...

rsrs..isso não será problema.
O PT só funciona assim...eheh (sorry)

João Salame disse...

Essa notícia pode dificultar a já árdua e espinhosa tarefa que o Puty tem para administrar a barafunda política em que está metido o governo, com as várias tendências petistas degladiando, aliados de primeira hora esperneando e relação complicada com outros segmentos políticos e sociais. Mas é auspiciosa, caso seja verdade, na elevação do nível intelectual e de um olhar mais estratégico sobre o jogo político. Independente de nossas simpatias e antipatias, da posição que os atores políticos assumirão em 2010, o Puty é um quadro qualificado e tem todas as credenciais para disputar esse cargo.

João Salame

Juvencio de Arruda disse...

Boa tarde, deputado.
Criterioso comentário.
Em política são estabelecidas barreiras à entrada, pra tomar emprestado um conceito da Microeconomia ( Teoria dos Mercados) onde uma nova empresa só poderá entrar se for igual ou maior que a menor empresa existente neste mercado.
As "empresas" sob a luz da estrela petista - Paulo Rocha, Beto Faroeste e Zé Geraldo - são de médio porte, exceção de Paulo, e será uma empreitada difícil entrar do tamanho do menor deles. Mas há quem avalie, dentro do partido, que poderão fazer quatro federais.
Os mais otimistas apostam em cinco.
Prefiro trabalhar com o número atual de "empresas".
Puty terá que ser maior que o menos deles, talvez Beto, e disputando votos com Suely
Claro que a "ganga bruta" urra com a possibilidade de ver uma de suas "empresas" fora do mercado. Natural.
Mas que Claudio Puty qualifica a representação - urrem ou não - nem se discute.
O pau vai cantar no centro, mas o título eleitoal deste blogueiro estara dimiciliado em outra unidade da federação, pode anotar!
Até lá comentaremos alegremente as "tendências do mercado".
Abs, deputado.

Anônimo disse...

Du caralho a comparação com a Teoria dos Mercados. Por isso que não perco esse blog um dia sequer. Há quem prefira o Jornal Nacional. rs

Anônimo disse...

A candidatura do Puty é uma boa notícia para a política paraense.

Tem uma excelente formação acadêmica, experiência na administração pública e história de participação política nas lutas da esquerda. O homem tem todas as condições para fazer um grande mandato na Câmara Federal.

O Puty tem origem no círculo de influencia do movimento estudantil da UFPa, final dos anos oitenta (1988). Nesse período ele nunca esteve "sujeito a influência" de ninguém dentro do PT, nem fora dele. Ainda que sempre tenha respeitado as decisões dos coletivos aos quais esteve vinculado.

Anônimo disse...

Só para meditar:
FHC, um grande intelectual, foi um grande Presidente?

Anônimo disse...

Paulo Rocha vem para o senado,abrindo uma vaga para federal. As vagas do PT para federal seriam para Zé Geraldo,Maria do Carmo,Suely Oliveira,Beto Faro.

A candidatura de Puty é alimentada por uma das partes da DS rachada. As outras tendencias petistas não vem isso com bons olhos.

Anônimo disse...

Caro Juvêncio,
Há muito tempo o PT deixou de ter unidade. Não se pode dizer o mesmo da DS que busca (e isso um bom observador da cena política local pode ver) unidade. Unidade em torno de um único nome de candidato a Federal. Esse nome chama-se Cláudio Puty. Simples: é orgânico da DS, agregador, preparado.
Nesses anos de governo Ana Júlia Carepa foi seu principal articulador.
A governadora vê com bons olhos todas as pré-candidaturas e tem clareza que isso reflete, em primeiro lugar a conquista do governo pelo PT e em segundo, a DS como tendência interna com maior responsabilidade na gestão do próprio governo.
Cláudio Puty se projetou exatamente nesse cenário, aliado a uma trajetória de luta e combatividade juvenil desde os tempos de UFPA. Sempre colocou o governo em primeiro lugar, tanto nas vitórias, quanto nos tropeços. É natural, portanto, que pleteie (os seja indicado por outros companheiros) a uma vaga de pré-candidato a deputado federal pelo PT. É natural que faça valer a necessidade de se ter uma candidatura com perfil verdadeiramente socialista.
Para além da luta interna e a disputa das massas, Sir. Puty esta preparado. Alguém ainda tem dúvidas?

Juvencio de Arruda disse...

Sim, há muitas "dúvidas", principalmente oriundas de acólitos de outras candidaturas petistas, o que é natural, como disse em comentario mais em cima.
Infelizmente tive que enviar para a lixeira pelo menos dez desses comentários, pelos termos aboçalados com que pautaram suas lambanças.

Anônimo disse...

Acho que a renovação de lideranças é extremamente salutar e necessária para garantir avanços à democracia e às causas populares. Acredito que o Cláudio Puty, como um bom quadro que é, pode cumprir esse papel; é leal e comprometido com as grandes lutas sociais. No mínimo, se entrar mesmo nas disputas, duras para quem quer que entre nelas, vai qualificar os debates e provocar a qualificação dos demais candidatos. Só isso já é mérito.

Anônimo disse...

Fale Juvencio,
Vou chover um pouco no molhado: a eleicao do Claudio seria uma luz nesta triste e obscura representacao federal do nosso Estado formada por deputados "bamboleantes" e mediocres. Sua eleicao seria comparável a eleicao do Flavio Dino no Maranhao. Um cara jovem e preparado que no primeiro mandato já estava no alto clero do parlamento nacional.
Nao sei como sao os caminhos das indicacoes no PT, mas já é hora de elevar o nivel de nossa representacao nacional.

ps. Barreiras a entrada existem, mas por que nao apostar na diferenciacao de produtos? Nao seria o caso de uma "concorrencia monopolistica"?

abracos do Seu amigo
Edward Chamberlin

Anônimo disse...

Prioritários

Segundo o Secretário de Integração Regional André Farias, a aliança com o PMDB é prioritária para o Governo do Estado. E André acha mais, que a interlocução entre Governo e PMDB deve ser feita entre quem manda, ou seja, Ana e Jader.
Tem sentido.

Anônimo disse...

Não sei se o Puty é tudo isso que seus partidários estão dizendo aqui, até porque não sou potencial eleitor dele, minha candidatura a deputado federal já está definida e vem lá do sudeste. Só acho que se o Puty queria ser candidato, o núcleo duro do governo deveria te-lo deslocado para outra posição no governo. Concordo com o comentário feito pelo João Salame. O principal interlocutor da governadora deve usar esse poder para a sustentação politica e social do governo e não torná-lo subsidiário de seus interesses eleitorais. Creio que a reeleição fica ainda mais comprometida. Lembrem que a Dilma é Chefe da Casa Civil, mas Lula não é mais candidato à reeleição.

Anônimo disse...

Bem, ele já usou o poder da máquina para tratorar uma, e agora o que ele vai fazer com a outra, no caso a Suely, candidata desde de 2006 à Deputada Federal? Porque a DS ter dois candidatos é saber que não elege nenhum.

Anônimo disse...

Esses caras são insuperáveis no quesito pé-na-jaca! (ainda tem hifen?)

Anônimo disse...

Perfeito, caro anonimo das 9:47, eu ainda acrescentaria, a Dilma é Chefe da Casa Civil, de um governo de sucesso, com mais de 70% de aprovação. Infelizmente, não é o caso do governo atual.

Anônimo disse...

Fico triste de ver como o PT pensa pequeno,enquanto o PMDB, DEM,PSDB e outros lançam varios candidatos e fazem vários Deputados, o PT trabalha para fazer um de cada tendência. Ora, já qie o nome e Democracia Socialista, e em nome desta democracia e da concorrência, deixem que todos se candidatem, Puty,Edilza,Suely e quem mais aparecer.Pois assim o PT pode fazer mais deputados e dar mais escolha ao eleitorado.
E que ganhe o Melhor!!!!

Anônimo disse...

A expressão latina é in pectore (no ablativo singular). No plural seria in pectoribus, porque pectoris é o genitivo singular de pectus!
A declinação completa é
Nominativo: pectus pectores
Genitivo: pectoris pectorum
Dativo: pectori pectoribus
Acusativo: pectorem pectores
Ablativo: pectore pectoribus
Vocativo: pectus pectores
Não se engane mais, meu mano velho.
Berba