18.2.09

Assinatura Solitária

Na coluna Interesse Público, de Lucio Flavio Pinto, no site Pará Negócios.

Qual a secretaria de Estado que deveria conduzir as obras de recuperação e reestruturação da infra-estrutura viária do Distrito Industrial de Icoaraci, que incluem pavimentação, sinalização, drenagem, iluminação e construção de guarita e pórticos?
Errará quem responder secretaria de Obras ou de Desenvolvimento Urbano. A tarefa foi confiada à Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, comandada pelo ex-cunhado da governadora Ana Júlia Carepa, Maurílio Monteiro, irmão de Marcílio Monteiro, que comanda a Secretaria de Projetos Estratégicos, depois de ter chefiado o Ibama no Pará.
Foi Maurílio que assinou o 2º termo aditivo do contrato para essas obras, elevando seu valor, no limite legal para esse reajuste, de 50%, de 3,77 milhões para 5,22 milhões de reais. A contratada é a Terraplena, mas seu presidente não assina, com o secretário, o extrato do termo aditivo.
A ausência da dupla assinatura é regra no governo, que contraria a determinação estabelecida pelo Tribunal de Contas do Estado. O aumento foi concedido para “promover a adequação técnica” de um dispositivo do contrato, “com acréscimos [no plural] e supressão [no singular] de serviços para melhor alcance dos seus objetivos”.

22 comentários:

Luiz André Barata disse...

Juvêncio,

A propósito, a situação no entorno do Distrito Industrial de Icoaracy é caótica.

É impressionante o que uma sucessão de desmandos públicos pôde fazer com a Rod. Artur Bernardes, especialmente depois da base aérea.

Totalmente esburacada, com lombadas irregulares o tempo todo, caminhões que ficam estacionados na pista de rolamento, e ladrões pra todo lado.

Esse é o retrato do distrito industrial de Belém, o único, porque o outro é de Ananindeua.

Será que agora vai?

Aproveito pra convidar o amigo pra dar uma passadinha no nosso blog. Sua visita e seus comentários são importantes...

http://blogdaterceiravia.blogspot.com/

Forte abraço.

Juvencio de Arruda disse...

Oi Luis André, obrigado por sua atenção. Vou lá no Terceira Via. O descaso com o ditrito é antigo. Morei lá ns anos 80 e já era assim.
Abs

Anônimo disse...

Acho que o título do post deveria ser "Asinatura Solidária"...

Lafayette disse...

O que mais me dói foi ver (e vi de perto), o pontão da orla do Cruzeiro sendo depedrado, sob os olhos do poder público, e, aí, coloco o Ministério Público na roda.

O mundo, repito, o mundo todo vem aqui para ver o Marajó, a baia do Marajó, água e mais água, as águas do Amazonas (sou testemunha de ver a Darryl Hannah embarcar, nos anos 80, para o Marajó).

Ou seja, temos uma das maravilhas da natureza bem ali, e com um mirante que era particularmente único, com a Ilha da Caratateua (Outeiro) na ilharga.

Arrebentaram com tudo!

Primeiro foram autorizações e mais autorizações para instalarem verdadeiras poçilgas na orla do trapiche.

Logo depois da igrejinha, cheiro de mijo, cadeiras, garrafas quegradas, e tum-tum desgraçado de aparelhagem brincam de pira!

Depois, foi uma autorização para um banco, acho que o Banco do Brasil (onde apoio cultural só tem da Bahia pra baixo), colocar um Caixa Eletrônico bem no rumo da baia, na visão de quem passa de carro, ou anda pela orla. Esta lá, aquele monstrengo. Um absurdo!

Veio a repaginação da orla, feita pelo Edmilson. Muito bonita, só que os vendedores de côco foram deslocados da orla do Cruzeiro, para esta outra orla, virando o pontão.

Acabou a obra, voltaram para seus lugares, mas foram autorizados a manter barraquinhas de "um tudo", no local "provisório".

Tudo isso, para desgraçar ainda mais e reforçar o ditado mais antigo que a posição de cagar: "Belém, terra do já-teve!"

Desculpe-me pela verboragia, mas me revolto.

Anônimo disse...

É a tal coisa.
Na "Terra de Direitos", o gobierno é o primeiro a não cumprir seus deveres.
Deve ser o direito de fazer errado.

Anônimo disse...

Esse é o PT da ética e da moralidade. Aditivos absurdos como esse, sob a batuta do ex-cunhado da governadora; mais de 20 milhões repassados com dispensda de licitação para o Hangar Centro de convenções, sob a batuta a ex-mulher do ex-cunhado; mais de 500 mil reais de contrato anual para uma consultoria na área de saúde, sob a batuta do médico Edmundo Gallo; e mais e mais; sob a batuta de mais e mais petistas e peemedebistas.

Leila Reis

Hiroshi Bogéa disse...

Caro Juvencio: cansei de ficar "fora do ar". Voltei ao Blogspot.

www.hiroshibogea.blospot.com

Abs

Anônimo disse...

Dá-lhe Ana Julia, arrebenta,arrepia os cofres publicos,desmoraliza e desafia os Orgãos fiscalizadores, 12 anos comprados = 8 anos vendidos. Coitado daquele que chiar.

Anônimo disse...

Que porra nenhuma de atacar "terra de direito", PT e tal, como se fosse inédito!

Aqui, sempre foi terra de ninguém, politicamente falando!!!

O Almir fez, o Jatene fez, a Ana Júlia faz, quem vier fará alguma coisa pelo Estado, pela população que aqui vive, mas é pouco, muito pouco, nada além da obrigação, ou melhor, aquém, bem aquém da obrigação.

Temos leis que sangram nossas divisas, e nossos políticos nada fazem, nosso legislativo municipal, estadual e federal foi, é, desgraçadamente sempre será uma merda!!! Não conseguem se unir nem para conseguir lugar direção da Casa, e, assim, conseguir alguma verba federal para o Estado.

Enquanto isso, Estados como Maranhão já tem gás nos postos, por exemplo.

Aqui só se safam meia dúzia de caraminguás, e só!

Ora, ora, Juva, vem aqui e me falam de ética, moralidade...

Porra, e o escândalo (escândalo pra quem cara-pálida?) do projeto Sivan?

E os mais de R$ 110 bilhoes do Proer? Meu, ONZE BILHÕES PARA OS BANCOS!!!

E o papo de 15 milhões de ponta por fora, no caso da venda da Vale e os fundos de pensão? E os 90 milhões de fazmerir, no caso da Telemar?

E os grampos (REAIS PORRA!, foram transcritos, escutados, divulgados!!!!!!!) do BNDES dos altos papos do Luiz Carlos Mendonça, Ministro, e o Lara Rezende, presidente, eu disse, presidente do BNDES, articulando uma ajudazinha da Previ para "sobrar algum" ao Opportunity????

E os mais de UM BILHÃO E MEIO, caceta vou repeti, UM BILHÃO E MEIO "dados" pelo Banco Central aos bancos Marka e FonteCindam, sob o pretexto que se estes bancos quebrassem, o Brasil ia pras picas????

Meu amigo, estes bancos tinham umas meia dúzia de seis agências, na Paulista, numa sala, lá no alto... ora merda, "risco sistêmico à econômia nacional", parece que ainda estou ouvindo esta explicação divulgada, à exaustão, na mídia, na época!!!

E o caso Eduardo Jorge? E a Sudene?

Porra, muita gente critica o apoio do Lula ao Huguito Chaves, podem estar certo, mas, merda, o FHC apoiou o FUJIMORI!!!

Porra, e a mais canalha das jogadas canalhas que se tem notícia no mundo, quiçá, no universo: A compra, COM CHEQUE SEM FUNDO, do sistema de telefonia de mais da metade do Brasil, pelo consórcio TELEMAR????

E o pior, quem vendeu, emprestou o dinheiro para cobrir o borrachudo!!!! Puta-que-los-pariu!!! Imbatível!!!

E mais, muito mais. Estamos, desde a era Sarney, sendo "lavados" de porrada pela corrupção e pelas Máfias nacionais e internacionais!!!

Ou seja, PT, PSDB, PFL etc etc etc, não interessa, quando o assunto é ladroagem esta não livra e nem vê cara nem coração!!!

do lumpemproletariado.

Anônimo disse...

Gobierno socialista bolivariano resolveria?
No mucho...

Anônimo disse...

Dá-lhe, lumpem. Tens toda a razão.
Desde 1822 tem sido assim.
E os tucanos e demos têm a cara-de-pau de falar em ética e moralidade...! Égua, vão tomar simancol.
A verdade é que o povo só consegue algo quando se une e vai à luta, solidariamente, em suas organizações populares.
a) Anarcocristão - vou começar aqui e agora a frequentar este espaço e não vou deixar seferes e sabidos tirarem graça.

Anônimo disse...

Juca,
Desde de ontem que Parauapebas está isolada, a PA 175 cortou em vários pontos, sem contar as pontes assassinas e os buracos que permeia pela estrada toda.
Terra de direitos para um povo sem direitos

Eliene disse...

Esse governo é uma vergonha, a turma da DS fazendo farra, os seus secretários anunciando um monte de contratos de sei lá o quê, pra fazer não sei o quê, poxa esperava mais coerência neste governo, mas eles tão repetindo tudo dos tucanos, cometendo os mesmos erros. falam tanto dos outros, mas seguem o mesmo caminho.

Anônimo disse...

A velha desculpa de que se fizeram, por que não podemos fazer também. Que pensamento raso e cheio de palavrões.

Anônimo disse...

Se for postado aqui um assunto sobre o buraco da camada de ozônio, vão dizer que a culpa é do PT e da DS.

Juvencio de Arruda disse...

Lumpen, acalme-se e volte mais tarde.

Anônimo disse...

Lá venho de novo.

Também anônimo das 3:48PM, não só o PSDB, e todos os outros, também por que o PT, e a DS que (co)manda o governo, não atacam, como deveriam e como sempre propagaram, as madereiras e suas práticas criminosas de devastação florestal, nossa participação no tal do buraco.

Só que, o buraco é mais acima. O Minc, não o ministério, mas o ministro, fez aprovar (e só de pensar que a Marina Silva lutou tanto para barrar) a MP que foi apelidada, gentilmente, de Plano de Aceleração da Grilagem.

Já ouviu falar disso, ô das 3:48PM ?

do Lupemproletariado

Anônimo disse...

Quanta desinformação.Em primeiro lugar nada há de estranho em uma secretaria de desenvolvimento realizar obra em distrito industrial, vez que distritos industriais são justamente entes criados para favorecer a implantação de empresas e logicamente desenvolvimento econômico.No caso em tela com muito mais razão a SEDECT, vez que a ela é vinculado a CDI, que justamente é a companhia responsável pela admnistração dos distritos.
Sobre o valor do aditivo, até lúcio flávio reconhece que está dentro da margem legal, e não apresenta nenhum indício de superfaturamento, até porque, aparentemente, sequer conhece o projeto. É preciso que se lembre que o distrito de icoaraci está a mais de dez anos abandonado, sendo estas as primeira obras em muito tempo.Em meu entender as manifestações iradas só corroboram o ditado : " só se joga pedra em árvore que dá frutos".

Anônimo disse...

Das decepções que tive quando estive em Bel depois de 30 anos longe , foi visitar Icoaracy onde morei 1 ano em 1975 e constatar que ao invés de crescer e expandir um bairro charmosíssimo de Bel que seria a vocação natural do centro de Icoaracy já que a área industrial trouxe muita gente de fora , tivemos a favelização completa , resistindo solitário apenas um pedacinho da Praia do Cruzeiro.
De chorar
Abs Tadeu

Anônimo disse...

Quero utilizar esse conceituado espaço para denunciar o abandono em que se encontram os Distritos de Icoaraci e, principalmente o de Outeiro, em especial o bairro da Brasília. É uma lástima andar pelas ruas daquele bairro, pois parecem vias das trevas medievais. Ali há doenças endêmicas, ausência e exclusâo da educação fundamental e média, enorme contingente de desempregados, exploração sexual infanto-juvenil, juventude violenta e sem perspectiva, falta de saneamento básico. Sao tristes e inevitáveis realidades. O prefeito enganador, por sua vez, colocou um parente preguiçoso para desgovernar a ilha. Já a governadora é só papo-furado com essa estória de "terra de direitos", pois ali direitos é uma mentira.

Anônimo disse...

Caro Sr. Juvêncio,

Vamos aos fatos:

Secretaria de Obras e Secretaria de Transportes, não podem. Secretaria de Desenvolvimento Ciência e tecnologia e Secretaria de Projetos Estrategicos, podem. E PT/DS saudações.
As grandes obras e grandes verbas não são para raia miuda.

Anônimo disse...

Deixa a Governadora trabalhar suas obras eleitoreiras, afinal de contas começou a contagem regressiva e alguma coisa de concreto terá de ser feito nesse rico estado, nem que seja uma guaribada ali, umas gambiarras aculá...