20.2.09

Questão de Tempo

O prefeito falsário de Nova Déli está arrasado. Meio mundo se tocou depois que o Quinta publicou a condição de foragido de Justiça do marginal Paulo Castelo Branco e agora está atrás do primeiro amigo do falsário. Uma cela o espera na penitenciária agrícola Heleno Fragoso.

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que esse foragido está encondido na casa do prefeito falsário, me digam aonde ele mora que faremos uma campana para prender o elemento, inclusive prender também quem o ajuda.

Anônimo disse...

Não dá pra levar sua alma gêmea junto, o famigerado dudu das fraudes?

Anônimo disse...

Grande Juvêncio
Paulo Castelo está fora do Brasil há muito tempo, desde que perdeu o último embargo no STJ. Dois locais onde ele estaria escondido: Miami, na Flórida, e numa freguesia de Portugal muito frequentada por ele e seu amigão do peito (e de corrupções de toda ordem), o prefeito falsário. A Interpol já sabe onde agir e prender o nacional.

Juvencio de Arruda disse...

Grande anônimo, tomara que vc esteja certo.
Uma pos graduação espera Castelo na Heleno Fragoso.

Eliene disse...

Eu acho que o prefeito falsário foi fazer uma visita ao seu grande amigo do peito, pois ele vai se ausentar da cidade por dez dias, e já passou o cargo para o vice.A justiça devia aproveitar e colocar os dois juntinhos, visto que são unha e carme, e praticam os memos crimes.
Pobre Belém! ela merecia coisa melhor.

Anônimo disse...

Se a Interpol não conseguir chame a turma do Panico na TV que eles encontram esse meliante.

Anônimo disse...

O falsário tá na mansão que o Dudu tem em Portugal. Todo mundo sabe disso. É só grampaer o alcaide zé diploma pra confirmar.

Cássio de Andrade disse...

Por que o Jornal Liberal, ao anunciar a decretação de prisão do sr. Paulo Castelo, só evidenciou que ele foi Superintendente do IBMA, esquecendo sua última função?
Em tempo, Juvêncio, não falei que o Castanhal não era páreo? Por pouco eu acerto no escore mínimo, pois faltou pouco para ser de um gol de diferença. o São Francisco vai ser outra moleza. Se os tucanos azulinos deixarem, vem aí o Leão com o Rei Arthur de volta.

Anônimo disse...

Por que srá que os meios de comunicação paraenses não fizeram nenhuma menção ao cargo ocupado pelo foragido, no governo do Dudurudú?