26.2.09

Conselho

No blog do Zé Carlos do PV.

O deputado Carlos Bordalo confidenciou a um amigo petista que não entende como a imprensa não pega no pé de um certo membro de um Tribunal, pois o caso dessa autoridade é, segundo o Parlamentar, ainda mais grave que o do Deputado Sefer.Ao amigo petista o Deputado relatou que a dita autoridade realizava um festa mensal com garotas de programa e o ápice da festa ficava por conta de um sorteio de uma virgem, trazida por um assessor, que ia buscá-la entre as meninas pobres do Bairro da Pratinha.
O relato indignou a todos, ainda mais porque paira no ar a sensação de que a CPI escolherá um para dar satisfação a sociedade, ficando os demais impunes. Eu acredito no relator Arnaldo Jordy.

----

A resposta à pergunta do deputado Bordalo é simples: faça o seu papel e inclua o nome deste indecente, com as provas, no relatório do CPI. Depois se preocupe com a imprensa.

16 comentários:

Anônimo disse...

Juvêncio,
É de autoria do Deputado Bordalo o Requerimento que solicita abertura de CPI para investigar o Abuso Sexual no Estado do Pará. Além do que, Bordalo não mediu esforsos para garantir que Jordy fosse o Relator e, numa tentativa, colocar Regina na Presidência, o que neste caso não foi possível, haja vista que como "ele" autor do pedido não poderia assumir cargo na CPI.
Então, vindo a informação de quem veio "Zé Carlos", que tem como figura de inspiração Duciomar Costa, e que tem como parceiro político Paulo Castelo, tudo se pode esperar...
Oswaldo Chaves

Juvencio de Arruda disse...

Sem querer desprestigiar o deputado Bordalo, vamos combinar que a autoria desta CPI remonta ao trabalho da ex deputada Araceli Lemos,do PSOL.
Até agora eu não tenho queixas do trabalho do deputado Bordalo na CPI.
Fique a vontade para desmentir a postagem de Zé Carlos, mas aproveite e diga-nos: existem acusações na CPI contra este "membro de Tribunal"? Elas estão acompanhadas de provas

José Carlos Lima disse...

Caro Oswaldo.
Não está na minha nota qualquer crítica ao Deputado Bordalo. Confio na seriedade do Parlamentar e sei que será uma peça chave nas apurações.
Quanto as suas provocações a meu respeito, deixo por conta de sua cosnciência.

Anônimo disse...

O problema do Zé Carlos é que ele pensa que a gente não pensa. Ou não tem memória.
Só pode...

luluquefala disse...

Calma Bordalo, calma que o Zé Carlos é teu companheiro.
Tá calminho agora ?

Eliene disse...

Eu acho o fim da picada, as pessoas saberem de tudo isto e ficarem de conversinha com os outros, em vez de denunciar realmente estas fatos tristes, se tem gente culpado então chama na CPI. Eu confio na seriedade do Jordy, estes fatos tem que ser apurados,e não ficar neste disse me disse

Hiroshi Bogéa disse...

A Eliene está certíssima: no papo de cafezinho, tudo pode. E fora dele, não se atravanca maçaranduba por ser ´politicamente incorreto´?

Anônimo disse...

Se o nobre deputado tem a informação, tem o dever de oficio de denunciar. Soa ridículo manifestar indignação em conversa privada e na Alepa ficar calado.

Anônimo disse...

Tem é que acabar é com essa irresponsabilidade de ficar dizendo que tem fulano isso, beltrano aquilo e sicrano talvez tivesse... e por aí vai.
Porra, se alguém sabe alguma coisa e fica fazendo média pra dizer que é bem informado, no mínimo é conivente ou participou do ilícito. Tem que parar com essa hipocrisia.

Cristina Nascimento disse...

Caro Juvencio,

Entendo que quando se trata de combater este terrível crime contra o futuro da humanidade, que é todo o tipo de exploração sexual contra crianças e adolescentes, quem se cala é no mínimo cúmplice.
Sei da seriedade do Bordalo, da Regina Barata, do Jordy e também do companheiro Zé Carlos. Só penso que deveríamos "papiar" menos e agir mais... Vamos denunciar, investigar e, comprovada a culpa, punir todos os criminosos, todos mesmo!

Cristina Nascimento - UGT-Pará

Anônimo disse...

Juvencio,

Posso te asseverar que essa história de membro de Tribunal é mais uma tentativa de manchar a honra alheia.Não há nenhuma acusação contra esse senhor na CPI.Houve um inquérito no passado e,consequentemente,um processo onde esse cidadão teve seu nome excluído e inocentado.O resto é pura ilação,mera suposição recheada de má fé,o que não condiz com o Estado democrático de direito. Exija as provas que os acusadores de plantão se afugentarão.

Anônimo disse...

Cuidado com essa concepção do Zé Carlos que acho perigosa: ¨PAIRA NO AR A SENSAÇÃO DE QUE A CPI ESCOLHERÁ UM PARA DAR SATISFAÇÃO A SOCIEDADE¨.
O que ele quer dizer com isso é que estão pegando o Sefer para Cristo.
Olha,olha.

Anônimo disse...

O Deputado tem a obrigação moral de trazer a tona o nome de todos os envolvidos, seja eles quem forem, não só ele mas a sociedade toda tem que dar um basta nisso denunciando e trazendo a tona o nome dos envolvidos, chega de acobertar essa podridão que assola desde os bairros periéricos até as altas rodas da sociedade Paraense, passando pelos Legislativo e executivo e obviamente atingindo quemd everia moralizar as coisas no caso o Judiciário. Não dá pra dar risadas com essas histórias escabrosas que surgem diariamente e acontecem mas do que a gente possa imaginar. O Pará precisa ser passado a limpo, esse bordel que se transformou os bastidores do poder publico, esses abusos, corrupção, favorecimento, pedofilia, desvio de recursos, esse disse me disse de cumadres, esse jogo de Maricas cujo as denuncias são formas de acharques para melhor acomodar seus interesses pessoais. Tudo isso me enoja, me envergonha e me fere como pai e como membro da sociedade. Confio no deputado Jordy e peço que ele nao nos traia , como cidadão e como pai, busque os culpados deputado, use os espaços democráticos dos Blogs quando a grande mídia, corrupta e ávida por verbas publicitárias se calarem diante dos seus interesses, é isso que eu espero do Arnaldo que é uma das grandes reservas morais da politica Paraense. Chega! Basta! vamos expor viceralmente esses canalhas, desde que com as devidas apurações e justiça, vamos acabar com esse silêncio, com essa balburdia, com esse conchavo entre os poderes para acobertar pequenos grupos de senhores que se beneficiam dos seus cargos, de suas posições sociais para espalhar e multiplicar as mazelas no nosso Estado, cadeia nos que se apropriam do alheio, nos coniventes, nos indecentes, nos que causam dolo a nossa sociedade, por fim... Gritem, mas gritem alto, traduzam suas insatisfações como cidadãos indignados, usem os blogs, os e-mails, espalhem suas idéias, vamos expor nossa indignação, contagiar sem paixoes ou interesses a nossa sociedade para que ela desperte. Dra. Angela Sales, o que que a OAB tem feito? como representante da sociedade civil ela deveria apurar , acompanhar, criar manifestos, saia do gabinete, cutuque seus pares, organize uma passeata e se junte a sociedade, represente-os, a OAB tem cacife moral pra isso ou nao tem? chame o Bispo, o Pastor, o doo do terreiro, o empresario, os desafortunados e vamos lançar uma campanha pela moralidade. Cade as agências de propaganda? porque não criar uma campanha em que cada agencia cria uma peça tendo como mote esse levante da sociedade? Ou o SINAPRO tem medo de encabeçar uma campanha dessas? tanta criatividade pra que meu Deus? se conseguem motivar alguema comprar, motivem a querer e a praticar o bem? ou isso iria contra os interesses? todo mundo reclama, mas na verdade ninguem se levanta porque sempre tem um interesse pessoal que o compromete.. vamos os separar.. Nós e eles, os mocinhos e os bandidos, vamos virar as costas pro poder publico, demonstrar a vergonha que temos dos nossos parlamentares. Enfim... é um desabafo de quem não aguenta mais todo dia ler coisas ruins de Belem.

JC

Bia disse...

Bom dia, Juca querido:

não é a primeira vez que leio- não só aqui - que a punição de Sefer resultaria em fazer dele "bode expiatório".

Há um terrível engano nisso: comprovada a culpa, ele não é bode expiatório - até porque expiação é uma coisa cristã demais para ser usada para ele - de coisa alguma. Ele é um criminoso. Assim. Pronto. Essa é a primeira questão.

Outra questão é lembrar que a CPI não foi criada para ele. Ela tem sua origem nas denúncias de Dom Azcone e a partir disto, muitos são os envolvidos. Talvez a culpabilidade do deputado seja a mais ráida d ser apurada, já que havia uma denúncia formalizada. Mas, a energia da sociedade deve estar posta em exigir procedimentos para todos os denunciados.

Como dizia o grande Tim Maia, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. E é bom que todos tenhamos essa clareza.

Beijão.

Anônimo disse...

A clareza é que todos são criminosos, deputados ou ex, não importa, também são pais de famílias, e que vão a missa ou ao culto todos os domingos, mas vão ser sempre criminosos e pagarão por seus crimes, assim espero.

Prof. Alan disse...

Juvencio, Mano Velho, notícia de hoje da Folha de São Paulo, sobre tema similar. Bem que a PF no Pará poderia fazer o mesmo!

Justiça pede ajuda da PF em apuração de pedofilia em Catanduva
*da Folha Ribeirão

A Justiça pediu a intervenção da Polícia Federal na investigação que apura uma suposta rede de pedofilia em Catanduva (SP).

O pedido foi feito pela juíza Sueli Juarez Alonso. Anteontem dois adultos foram presos e dois adolescentes foram apreendidos, após serem reconhecidos por crianças.

Sem criticar o trabalho da polícia local --objeto de investigação da Corregedoria--, a juíza disse que "os equipamentos para investigação da PF são muito melhores". O chefe da PF em São José do Rio Preto, Frederico Saldanha, deve abrir inquérito na segunda, diz a juíza. A Folha não o localizou.

O almoxarife Eduardo Arquino, 19, foi solto ontem por falta de provas. O argumento da defesa dele foi que o reconhecimento de uma só criança não justifica a prisão.