25.2.09

Bigodón

Não fez sucesso na Vigia a tentativa do presidente da Assembleia, deputado Domingos Juvenil (PMDB) de marcar presença no Carnaval. Consegui foi irritar centenas de foliões de uma escola de samba em Vigia de Nazaré. Distribuiu abadas com a impressão de uma enorme foto dele na parte de trás da peça.
Rápidos, muitos foliões pegaram duas peças e transformaram em uma, eliminando a cara de galã de fime B mexicano do deputado vigiense.

9 comentários:

Anônimo disse...

Lembra um certo deputado em pleno verão no Atalaia, há alguns anos.
Distribuia umas viseiras (quebra-sol) com o mimoso nome dele.
Mas só de um lado.
A galera virava a aba para baixo, escondia o nome, e se deliciava sem divulgar o dito cujo...rsrs
Bem feito, não?! rsrs

Anônimo disse...

Galã, não. Ele é o bandido mesmo.

Anônimo disse...

É, o povo já não é tão idiota como esses politiquinhos gostariam. Dá-lhe, povo de vigília.

luluquefala disse...

E por falar no bigodón, por onde anda o viadón ?
Ah, já sei ! Na China, non ?

Anônimo disse...

Muita calma nessa hora meu caro Juca...El Bigodón derepente não mais que derepente poderá ser o futuro vice na dobradinha PT/PMDB...olhe olhe olhe nem ti conto mano....

Bia disse...

Bom dia,Juca querido:

a memória de Lucho Gatica, el Bigode que canta, merece meu reparo ao título do post...rsrsrs....

Há diferenças entre vilões, galãs e canastrões, pois não? E parece que, no caso, embora a platéia ainda se confunda entre os dois primeiros, já identifica bem os últimos.


Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

rsrs...Lucho Gatica, sensacional!
Vamos combinar, Jader deu-nos de presente o que de melhor havia no PMDB paroara para presidir a AL, né não?...eheh
Ele não contou conversa, arrebentou logo na entrada, de Juvenil.

Bjão.

Bia disse...

Bom dia, de novo, querido:

O Deputado Domingos Juvenil parece exercer um padrão de política que eu pensava estar em baixa, não que isso significasse a substituição automática por coisa melhor.

Agora, porém, com a volta de Sir Ney em triunfo, sei não. Tô revendo meus conceitos.

O pior é que escrevendo isso, lembrei das semelhanças: Bigodes ao vento!!!

Pobre Gatica!

Continuando a pensar alto aqui contigo, acho que eles foram maus exemplos para as novas gerações.
Maus exemplos do que é política, cidadania, direito.

Pior é constatar que muitos dos novos aprimoraram de tal forma os maus exemplos, que, caso não se esteja muito atento, quase chamamos de ingênuos os velhos canastrões...rsrsrs..



Beijão.

Juvencio de Arruda disse...

São os coveiros da política, Bia, péssimos exemplos essa cangalha todinha que volita por aí.