20.12.08

Jogo Aberto

A Caminhada pela Paz em Nova Déli, amanhã, e as ações da polícia (ou a falta delas) para combater a violência no Pará são alguns dos assuntos deste sábado à tarde, de 14 às 16h, no programa Jogo Aberto, da Rádio Tabajara FM 106.1, apresentado pelo jornalista Carlos Mendes. Ele também vai falar sobre a acusação de pedofilia que envolve o deputado estadual Luiz Afonso Sefer e contar notícias de bastidores que envolvem a CPI da Pedofilia, em Brasília.
Outro assunto polêmico é a denúncia de esquema na distribuição de processos no Tribunal de Justiça do Estado. Carlos Mendes conversou com o juiz-corregedor do Conselho Nacional de Justiça, Ricardo Schimenti. O jornalista vai detalhar a conversa que teve com o juiz.
O nepotismo no Tribunal de Contas do Estado (TCE), obviamente, não poderia ficar de fora do programa, que contará com a participação do jornalista Francisco Sidou. O programa vai mostrar que o nepotismo está longe de acabar no Pará e adquiriu forma sutil de sobrevivência.
O programa também terá a sequência "Memória do Rádio", mostrando gravações que marcaram a história do rádio no Brasil e no mundo, além das notícias diretas de Brasília e as produzidas pela Rádio Tabajara, que pode ser sintonizada ainda pelo endereço www.radiotabajara.com.br

4 comentários:

Anônimo disse...

Sr. Juvencio, que tal voce fazer antenado como é bem informado um post sobre o que vimos no jornal esta semana, na tão badalada AL, quer dizer então que o Dep. Megale acena com uma CPI do Hangar e o outro Dep. ameaça em vir a tona a gestão tucana de 12 anos, é toma lá da cá, quer dizer que este Dep. me parece o lider do governo fala publicamente na tribuna que tem relatórios sobre uma administração anterior de malversação de dinheiro público e fica calado so usará se lhe interessar como não fosse obrigação dele passar a população o que sabe..??? Pelo amor de Deus como pode uma coisa um afronte desses ao Povo do Pará...esta atitude deste Deputado e caso de Polícia e de manchete Nacional...gostaria da sua atenção. Esta matérioa foi publicada no O Liberal. Vá-lha nos quem..? a nos Proteger??

Juvencio de Arruda disse...

Vc tem razão.
As ameaças, de um lado e de outro, mostram a indecência que grassa na Assembléia Legislativa.
Não é por acaso. Transigiu-se em execesso, nos últimos anos, com a sem vergonhice e a corrupção neste estado.
Tolerou-se, em nome das conveniências políticas e financeiras, com nomes envolvidos em escândalos e processos na Justiça nos diversos níveis da gestão pública. Executivo, legislativo e Juduciário.
A situação,nos tres, é gravíssima.
A chantagem explícita protagonizada pelo deputado Faleiro mereceria investigação pelo MP.
Mas quem acredita nisso?
Se o que Faleiro diz é verdade, a Auditoria Geral do Estado trabalhou nestes dois anos, embora não tenha dado transparência para seus atos, o que é outro rematado escândalo, na medida que subtrai ao cidadão o direito à informação.
Já a CPI do Hangar, que teria sido usada como moeda de troca no alvorecer do outro escândalo - o caso Sefer - é repudiada pelos petistas. Devem ter bons motivos para isso.
Resumo da ópera: neste final de ano o slogan é Pará, Terra de Escândalos.
Pena que a gente não pode meter-lhes a mão no meio da cara.
Bem que muitos mereciam.
Mas devemos ser civilizados e resolver os entraves da democracia pela vias democráticas, e no estado de Direito.
Respondendo à sua pergunta : ele é a única proteção. Frágil,é vero, mas é.

Anônimo disse...

Gostei do pena que a gente não pode meter-lhes a mão no meio da cara.

Anônimo disse...

A Caminhada pela Paz, transcorreu em paz, quase 2 mil pessoas, muitos cartazes e faixas de repúdio a violência, metade delas com slogans contra o atual Governo... Muitos médicos, muitos funcionários de uma grande empresa de plano de saúde, alguns juízes e desembargadores, empresários e uns dois políticos. Que bom que a consciência social participativa começa a despertar na nossa Belém. Espero que daí decorram outros eventos para ajudar a diminuir as diferenças entre as elites e o povo. A Carta magna já nos lembra que segurança Pública e dever do Estado e responsabilidade de TODOS, e não basta só pagar impostos é preciso mais para vencer este desafio. Parabéns aos participantes. Paz ao nosso Pará