22.12.08

Sefer Afastado da CPI da Pedofilia

O DEM acaba de substituir o deputado Luis Sefer pelo deputado Haroldo Martins na CPI da Pedofilia.

-----

Atualizada às 10:16

O PTB acaba de renunciar à sua vaga - deputado Robgol - na CPI. O deputado Adamor Ayres, do PR/G, assume o lugar.

-----

Atualizada às 11:42.

Compromissos dos deputados Bira Barbosa (PSDB) e Simone Morgado (PMDB), aliados às gestões do deputado Adamor Ayres (PR-G) contra a proposta do deputado Carlos Bordalo (PT) de fazer 4 encontros em janeiro, reduzirão as reuniões da CPI aos dias 14 e 22 daquele mês.
O deputado Arnaldo Jordy (PPS) relator da Comissão, pediu a presença das entidades - CNBB, Cedenca, OAB e SDDH - nos trabalhos da CPI. Bira e Adamor posicionaram-se contra.

-----

Atulizada às 11:17.

A CPI decidiu fazer um apelo público à sociedade para que esta acompanhe os trabalhos da Comissão, e vai convidar as entidades supra para acompanhar as atividades de CPI.

6 comentários:

Anônimo disse...

Juvêncio,
Tá mais do que evidente o interesse de alguns deputados em dificultar os trabalhos da CPI. è um absurdo isso... Será que nehnhum destes senhores é pai?

Juvencio de Arruda disse...

Quem dificultar os trabalhos poderá ser responsabilizado por isso, inclusive, mas não somente nas urnas.Agora é preciso saber conviver com o contraditório, msmo que isso desperte revolta e dê trabalho. De convencimento e pressão política, principalmente.
Daí a importancia da participação das entidades sociais, que poderão - veja, eu disse poderão - "auditar" a conduta dos parlamentares e informarem à sociedade. Para que estes possam julgar, no juízo político, a conduta da CPI e de seus membros.

Anônimo disse...

O deputado Adamor chegou hj na CPI e ja queria deixar os trabalhos para fevereiro. Quanto desestímulo em investigar um assunto tão importante como esse, queria ver se envolvesse algum parente do nobre parlamentar?

Anônimo disse...

Já são conhecidos então os pizzaiuolos da CPI?

Anônimo disse...

Prezado Juvêncio,

Cumprimentando-o com satisfação, permita-me um esclarecimento e uma necessária correção:
1 - Na reunião de hoje,22/12,da CPI,que irá apurar denúncias de abuso sexual contra crianças,da qual faço parte como titular, não houve nenhum veto ou posicionamento contra a participação da CNBB,OAB,SDDH e outras do gênero. Ao contrário, ficou decidido, à unanimidade, que todas serão convidadas a colaborarem ativamente com o aprofundamento das investigações que serão levadas a efeito, acerca de seu fato determinado. A discussão travada, de forma absolutamente transparente e democrática, se deu em torno da forma procedimental de como tais entidades participariam no ambito interno da CPI.Só e tão somente.
2 - De outra banda, vale destacar que a CPI está começando agora seus trabalhos, sem registro de nenhuma intervenção, de quem quer que seja, para dificultar seu curso legal.
3 - De mais a mais, debates, sugestões, ponderações e bom senso são instrumentos e meios da atividade parlamentar rigorosamente necessários à
busca do entendimento e do consenso, num colegiado, onde ninguém está obrigado a ter a mesma opinião.
Com profundo respeito e admiração, aproveito para desejar-lhe boas festas de Natal e Ano novo.

Atenciosamente,

Deputado ADAMOR AIRES
Líder do PR

Juvencio de Arruda disse...

Deputado, seu comentário sobe à ribalta. Obrigado por sua atenção ao blog e seus leitores. Desejo-lhe, e aos seus, um Feliz Natal e um excelente 2009.