5.2.09

Bené Vendeu o Que Não Era Dele

No blog do Ercio Afonso.

O juiz Líbio Araújo de Moura, titular da Vara de Redenção, no Pará, bloqueou os títulos das fazendas Castanhal Espírito Santo e Castanhal Carajás, que integram o conjunto de propriedades adquiridas naquela região pela Agropecuária Santa Bárbara Xinguara, do banqueiro Daniel Dantas.
As duas fazendas, que ficaram indisponíveis para qualquer tipo de transação comercial, totalizam 10 mil hectares e teriam sido adquiridas por cerca de R$ 85 milhões.
A decisão do juiz, com data de 30 de janeiro, atende a um pedido do governo do Pará. Segundo explicações do procurador-geral do Estado, Ibrahim Rocha, o antigo dono das duas fazendas, Benedito Mutran Filho, não poderia tê-las vendido, porque pertencem ao governo.

(Fonte: O Estado de S.Paulo)

----

Benedito foi outro que apareceu por esses dias lá no Bernardino, que se firma enquanto espaço da turma que faz e acontece.

8 comentários:

Cabelo Seco disse...

Certissimo, pelo que eu sei o Bené tinha o titulo de enfiteuse das terras...

Lafayette disse...

Juva, conheço o Líbio... o cabra é bom, e este é mais um dos que te falo que não abre pro trem!

Juvencio de Arruda disse...

Pois é, Cabelo e Lafayette, pra vcs verem que o Bernardino tem razão.
Quem faz e acontece, na coluna dele aparece...eheh

Lafayette disse...

Ah, Juva passa lá no meu. Tem foto do tio Anfrísio e dois "contos" dele. Um já falei aqui, o outro acho que não.

Bom dia.

Anônimo disse...

e tem gente que ainda paga pra sair toda semana lá sem ter o que o piriquito roa, porra eu so queria fazer uma dessas traquinagens pra sair na coluna no dia de aniversario do meu cachorrinho.

Juvencio de Arruda disse...

rsrsrs

Cabelo Seco disse...

é uma daquelas colunas tipo "caras & bocas"?

Anônimo disse...

o Libio é neto - ou sobrinho-neto - de um importante comuna do Pará, acho que um Hall de Moura, que tal?