5.2.09

Demorou, Mas Chegou

Cinco dias depois ter sido prolatada - depois que O IVCezal, o Diário do Pará , o Ercio Afonso, o Quinta Emenda, a até a Folha da SP publicaram - a assessoria de site do TJ publica a importante sentença do juiz Líbio Araújo Moura, da Vara Agrária de Redenção que proibe a venda das terras do chefe de quadrilha Daniel Dantas no Pará.

6 comentários:

Anônimo disse...

Caro Juvêncio.
Ontem, mandei um post sobre o Mino Carta e o fascista João Emiliano Neto. Mas acho que não passou pelo crivo do Blog.
Alguma explicação para o preterimento do post?
Abraços,

Juvencio de Arruda disse...

Sim, meu caro, por uma falha minha na hora de moderar o comentário, pois haviam uns oito e alguns precisavam ser recusados.
Inadvertidamente, e erradamente, o seu foi junto.
Queira desculpar e remeter novamente, por favor.
Será aprovado, claro.
Anteciopadamente, obrigado.

Anônimo disse...

Juvêncio.

Falava que o Mino Carta foi importante e uma referência positiva da imprensa brasileira, principalmente nos anos de chumbo.

E perguntava se algum dos teus leitores conhecia ou conhece um "cidadão" que se assina como João Emiliano Neto?

Olha como ele se apresenta em seu blog:

João Emiliano Martins Neto
Belém, Pará, Brazil
SOU UM HOMEM CRISTÃO MUITO CONSERVADOR, OTIMISTA, SINCERO, BRASILEIRO, SIONISTA, BONACHÃO, BRINCALHÃO, ESTUDIOSO, ALTO ASTRAL E UM EXCELENTE AMIGO.

E propunha também que se fizesse uma campanha intitulada "fotografem o emiliano". Queremos conhecer o rosto da direita fascista e declarada de Belém.

Poderia ser convidado para ir a um dos programas de entrevistas da tevê paraense na "comemoração" dos 45 anos do golpe em 31 de março, para competir com o Jarbas Passarinho e seus escritos anuais nos jornalões.

Anônimo disse...

Ah, o endreço do blog do Emiliano Sionista Neto é http://joaoemilianoneto.blogspot.com/

Anônimo disse...

Vi o blog deste tal de Emiliano. É um nojo.

Cláudio

Juvencio de Arruda disse...

Pode ser diferente do que vc e eu achamos, Claudio. Mas é assumido.
Pode ser contraditado e combatido, mas deve ser respeitado.
É esse o jogo, eu acho.