2.2.09

Pedófilos & Cia

"A maioria desses inquéritos estava dormindo em berço esplêndido. Há uma rede de poder muito grande". Com estas palavras, o relator da CPI da Pedofilia na AL, deputado Arnaldo Jordy (PPS)marcou sua presença no seminário do FSM que discutiu a questão da violência contra a criança.
Segundo matéria na edição de hoje, 2, do Diário do Pará, Jordy afirmou que "há denúncias contra prefeitos,vereadores, deputado, conselheiros de tribunais, empresários, policiais e parentes de pessoas importantes".
Em pouco mais de um mês, a CPI já recebeu mais de mil denúncias.
A CPI deveria responsabilizar, junto com os pedófilos, as autoridades que não investigaram, denunciaram ou julgaram os casos. E enfiá-los, todos, na mesma cadeia.

13 comentários:

Anônimo disse...

Juvêncio,

Essa rede de poder parece envolver também palamentares, pagos pelo cidadão para defender seus interesses. Concordo com vc, deviam ser responsabilizados igualmente, nesse caso, por omissão.

Juvencio de Arruda disse...

Há indícios, fortes, de tentativas de acobertamento. Se comprovadas, blog vai denunciar todos. Sem exceção.
Ouviram, Excelências?

Anônimo disse...

Juca,

Parabéns pelo post. Devemos repudiar e torcer para que justiça seja feita contra esses crápulas e aqueles que tentaram acobertar as denúncias.

acoutinho

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, Coutinho.
Vc andava sumido...
Abs

Anônimo disse...

Juvêncio, apesar da gravidade do fato, muitos vão tentar tirar uma casquinha... O Jornalista Jefferson Lima é um desses que fica ao estilo de seu mestre Federal fazendo pequenas chamadas na rádio para "acertar" os detalhes no dia posterior...É uma vergonha para os jornalistas sérios!!! que são muitos diga-se de passagem.

Juvencio de Arruda disse...

Se ele faz não sei,não ouço a porcaria de rádio que ele faz, mas o nacional Luis Sefer tem que contar a história do suposto achaque que teria sido feito por este outro nacional.

Juvencio de Arruda disse...

Olá.

Anônimo disse...

Olá Juvencio, por favor, fale um pouco mais sobre isso( 8:28am )
abraço

Anônimo disse...

Denúncia do Dptado Seffer,denúncia do Mano em setembro, nomeação do Benassuly em Janeiro = a Pizza Peruana .

Prof. Alan disse...

Juvencio Mano Velho, primeiro de tudo, deixa eu marcar posição: fui estagiário do CDM - Centro de Defesa do Menor, ligado ao Movimento de Emaús, do Pe. Bruno Secchi.

Como Corregedor Setorial do Ministério da Justiça, acompanhei operação da Polícia Rodoviária Federal de combate à exploração da prostituição infantil nas estradas. Vi coisa suficientes para me deixar revoltado e enojado por três encarnações...

Como servidor público, como cidadão e como pai de duas mocinhas, de 7 e 13 anos, sustento que a pedofilia merece nosso mais absoluto e imediato repúdio.

Mas chamo a atenção para o número de denúncias (mais de mil) que a CPI recebeu.

A apuração disso deve ser feita com cautela, principalmente os casos cuja investigação se dará a partir da CPI. Muita coisa aí pode ser puro denuncismo, patrocinado por interesses políticos e outros ainda mais inconfessáveis. Sabemos que isso não é difícil de ocorrer, ainda mais com as belezas raras que temos na política paraora...

Lembremos sempre de um caso modelar: a escola Base,em São Paulo. Os proprietários foram linchados moralmente em público, nunca comprovou-se nada contra ninguém, e eles até hoje vivem meio que escondidos. Não raro sofrem agressões, verbais e físicas. Há quem os tenha por "impunes" até hoje.

Falo com base na minha experiência em apuração de denúncias de corrupção. Elas aumentam substancialmente com o aproximar das campanhas eleitorais, principalmente as anônimas, e sempre em quantidade - nunca em qualidade...

Juvencio de Arruda disse...

Certísimo, Parente.
Por iso me referi aos pedófilos, e não aos denunciados como um todo.
E, claro, aqueles que não cumpriram com suas missões - de investigar, denunciar e condenar -que podem ter cusado boa prte desas denúncias à CPI.

Prof. Alan disse...

Agora, realmente tem uma galera em que tem que se sentar a púa, e de com força: são os delegados, promotores e juizes que eventualmente tenham feito corpo mole nessa estória.

Pra esses, o inferno é pouco! Se tem uma coisa que eu tenho raiva, Parente, é de cabôco frouxo! Principalmente os travestidos de otoridade...

Juvencio de Arruda disse...

Essa galera, Parente, deveria ser apenada em dobro.