11.12.08

Socorro

Dois dias depois da publicação, no Diário do Pará, das primeiras informações sobre o deputado pedófilo, o Cujo foi pedir arrêgo ao cacique do PMDB no Pará. Lá no escritório de Jader. Depois de muita insistência, o Sobrancelhudo decidiu recebê-lo. Ao sair, Jader revelou a assessores sua repulsa ao covarde.
Mas a folha, desde então, calou-se.

5 comentários:

Anônimo disse...

Caro Juvêncio, acabei de receber este email da assessoria de imprensa de imprensa do MP Estadual.
Um abraço, Aline Brelaz


DENÚNCIA DE PEDOFILIA CONTRA DEPUTADO

A Promotoria de Justiça da Infância e Juventude já solicitou a instauração de inquérito policial sobre o caso. O MP aguarda a conclusão.
Atenciosamente,
________________________________
Assessoria de Imprensa do MPE/PA
http://www.mp.pa.gov.br/
imprensa@mp.pa.gov.br
(91)4006-3586

Lafayette disse...

Hummmm... começou a funcionar a pizzaria.

Será que ele vai se safar?

Juvencio de Arruda disse...

Obrigado, caríssima.
Foi pra ribalta.
Abs

Anônimo disse...

Alguém tem que chegar ao deputado e dizer: meu, sifu!

Anônimo disse...

Parabéns Aline, Franssi, Juca, Barata, Aldenor e tantos outros que estão ao lado da SOCIEDADE. Parabéns também aos chefes de reportagem que, mesmo sem dar nome ao boi (pedófilo), estão pondo matéria no ar. Isso é pensar no bem público, no coletivo. E assim vai se chegar a verdade. Jornalistas e comunicadores de todos os pontos do Pará estão fazendo uma rede em favor da verdade e da justiça. Que Deus nos ilumine e Nossa Senhora de Nazaré proteja a nós e a sociedade sadia do nosso Estado. Amém.
Professor Mendes