7.2.09

Carta, Onde Está Voce?

Por e.mail, a assessoria de comunicação do deputado Domingos Juvenil (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa, desmente que Juvenil tenha recebido qualquer correspondência das entidades relacionadas no post A Sociedade Exige!, e atribue a informação a um equívoco da assessoria de comunicação do deputado Arnaldo Jordy (PPS).
Reitera, ainda, que o parlamento estadual está trabalhando para garantir a integridade e a transparência nas atividades da CPI da Pedofilia.

-----

Muito bem. O presidente da AL protagoniza um ato político ao enviar esta nota ao blog, tal como fez, antes, o presidente da CPI, deputado Adamor Aires. Voce lembra de uma declaração semelhante do ex presidente da CPI, deputado Bira Barbosa (PSDB)?
Outra pergunta precisa de resposta: por que esta carta, que estranhamente chegou no gabinete do deputado Jordy, não pousou no gabinete do presidente da Casa?

----

O Repórter Diário, na edição de hoje da folha sobrancelhuda, mostra que também recebeu o release de Jordy, mas não o desmentido de Juvenil.

3 comentários:

Itajaí de Albuquerque disse...

O conteúdo desse doumento não permite que seja encaminhado como carta de porte simples, a semelhança de um cartão natalino. Pela gravidade do assunto, haveria de ser postado como carta registrada com aviso de recebimento (AR).
Também no caso de terem enviado por mãos de um portador, não se poderia esquecer do cuidado de registrar, no destino, o atesto de recebimento em cópia ou em livro de correspondência, comprovando a entrega do documento.
Se não tiveram esse cuidado fundamental ficamos nessa dúvida, com vantagem clara para os narigudos.

Jubal disse...

O Mino deve ter levado...
na sua despedida.

Bia disse...

Bom dia, Juca querido:

A cópia do Ofício 083/2009, em papel timbrado da SDDH, datado de 2de fevereiro passado, dirigido ao Exmo. Deputado Domingos Juvenil, Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Pará, solicita que "...Vossa Excelência ...nos assegure desde já que o caso envolvendo o Deputado Luís Afonso Seffer, ... se constitui de grevidade e crueldade sem precedentes, seja passado a limpo´pela CPI para que não perdure nenhuma dúvida de tolerãncia e quiçá envolvimento desse Parlamento com a impunidade e esse tipo de crime hediondo."

Assinam: a SDDH, o CDA, a OAB e a SÓ DIREITOS.

Foi formalmente entregue na Seção de Protocolo da Assembléia, no dia 04 de fevereiro, às 14:00 horas, como mostra o carimbo.

Agora fica mais fácil alguém localizá-la.


Beijão.