4.2.09

Vai Encarar

Atento à movimentação na blogosfera, o deputado Adamor Aires (PR/G), novo presidente da CPI da Pedofilia, comenta sua promoção ao cargo e garante que não fugirá de suas responsabilidades:

Faremos a nossa parte e somos conscientes de nossas limitações,inclusive,no aspecto espaço-temporal. No entretanto, a CPI da ALEPA já presta um bom serviço à sociedade Paraense na medida em que, com transparencia, trás à baila este assunto, debatendo e aprofundando as investigações a respeito de uma temática que não acontece só no Pará, mas no mundo inteiro.

Na íntegra na caixinha do post CPI Tem Novo Presidente, de ontem.

5 comentários:

Anônimo disse...

Adamor para investigar pedofilo do seu fisiológico grupo dos 8,9,10.. Isso acaba de me cheirar uma Pizza de criancinha grande. Uma previsão é fácil fazer: ele garantiu dinheiro para repor a gastança do Macaco Mico e da lamentável possibilidade renovar seu mandato que é muito distante das aspirações das classes trabalhadoras e da República.

Voz do Interior

Juvencio de Arruda disse...

Pode ser...mas vc vai ter que esperar os resultados da CPI e o comportamento dele na presidência da Comissão.
Dependendo da performance de Adamor, vc volta e solta a voz.

Anônimo disse...

Pela manifestação do respeitável deputado é possível prever o que virá. Explicitar que a CPI já presta um bom serviço à sociedade é, no mínimo, total falta de conhecimento da função legislativa. O bom serviço que se espera de qualquer CPI é concluir o que apurar, investigar.
Bom serviço à sociedade presta ele, ao deixar claro a desnecessidade de um parlamento que se vende por tudo ou quase nada.

Anônimo disse...

O açodamento,a precipitação e muitas vezes a irresponsabilidade de muitos comentaristas acaba por revelar a personalidade dos mesmos.Para não cair na mesma tentação deixaremos de qualificá-los. Vamos deixar para tirar determinadas conclusões após o término dos trabalhos.É no minimo uma descortezia antecipar resultados que ainda não ocorreram.Respeito é bom e todo mundo gosta.
Renato Guimaraes(Umarizal)

Juvencio de Arruda disse...

Vc foi bem, Renato. Muito bem.
Pondero apenas que comentário acima, além de externar uma angústia, de resto de toda a sociedade, evidencia ao deputado Adamor o outro lado da pressão que irá receber, a pressão da opinião pública.
Ele se mostra atento a isso, quando diz que seria um suicídio pólítico não realizar a sua missão com a correção que todos esperam.
Este outro lado, que não aparece nos jornais mas irrompe nos blogs - todos! - serve pra mínimamente alternar às pressões que, também não sejamos hipócritas, ele irá receber na direção contrária à opinião pública.
O respeito, que como vc bem diz, todo mundo gosta, inclusive e principalmente os representados, os eleitores, os cidadãos - que mantém com seu trabalho, através dos impostos, a representação. Terão eles, espero sinceramente, a devida contrapartida do deputado Adamor.