1.12.08

Direitos Humanos

No blog do Alencar.

A religiosa norte-americana Dorothy Stang recebeu, a título póstumo, o Prêmio de Direitos Humanos das Nações Unidas, informa a Agência Ecclesia, 28-11-2008.A Ir. Stang participava de trabalhos sociais na Amazônia e foi assassinada a tiros em fevereiro de 2005.
A religiosa pertencia à Congregação das Irmãs de Notre Dame de Namur, com sede no Estado de Ohio (EUA). Além de Dorothy Stang, o prêmio contemplou a ex-primeira-ministra do Paquistão Benazir Bhutto, assassinada em dezembro de 2007.
O prêmio é entregue em reconhecimento ao trabalho excepcional na área de direitos humanos e à contribuição para a promoção e protecção dos direitos e das liberdades fundamentais. O presidente da Assembléia-geral da ONU, Miguel d'Escoto Brockmann, disse que as vencedoras representam um símbolo de persistência e valores na resistência às autoridades públicas e privadas responsáveis por violações aos direitos humanos.
Entre os anteriores vencedores anteriores do prémio, estão o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela e o ex-líder civil americano Martin Luther King.
A cerimônia de entrega terá lugar durante uma reunião da Assembléia-geral da ONU para marcar os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, no dia 10 de Dezembro.

4 comentários:

JOSÉ DE ALENCAR disse...

Obrigado pela repercussão, prezado Juvêncio.

Juvencio de Arruda disse...

Eu é que agradeço, caríssimo Alencar, mas está ficando cada vez mais difícil acompanhar o blog do Alencar e suas excelentes notícias/novidades.
Essa da biblioteca européia é uma iniciativa espetacular. Um tesauro, literalmente.
Abs

http://caos-caslas-network.blogspot.com/ disse...

http://caos-caslas-network.blogspot.com/

http://www.youtube.com/watch?v=YT3myuJsHSk disse...

maus tratos a deficientes