5.12.08

É Ele

Por um tiquin, o prof. Carlos Maneschy é o reitor eleito da UFPA para o quadriênio 2009-2013.
Amanhã tem mais detalhes das últimas 24 horas da apuração das eleições.

7 comentários:

Anônimo disse...

Juca,por que um tiquin? Voto não é voto? Venceu não está vencido?

Juvencio de Arruda disse...

Claro que sim, Tiquin, aqui, alude à trincheira blogosférica de Maneschy. Voto é voto e fim de papo. Aliás, Maneschy perdeu de Alex em 2001 por uma diferença menor ainda que a de hoje: 0,17.
E nem por isso...
Venceu e está vencido. Tem seis meses pra se preparar para não decepcionar seus eleitores.

Anônimo disse...

Juca!
Desculpe o desconhecimento.
Ele era seu candidato?
Mas o que mais importa é se a comunidade docente, técnica e acadêmica será bem representada?
Abs.

Juvencio de Arruda disse...

Concordo com vc, das 6:56.
Isso é o que importa.
Abs

Anônimo disse...

Juvêncio, você é um democrata, reconheceu a derrota. Agora falta o Magnífico demonstrar que êle não é nada daquilo que falaram na campanha.
Depois do resultado oficial é hora do reitor dar uma entrevista coletiva e reconhecer o resultado da consulta favorável ao Maneschy. É hora de praticar tudo que escreveu sobre o processo no jornal Beira do Rio e Notas Oficiais da Reitoria. Aí, todos vamos dizer: esse é o Alex que aprendemos a admirar e respeitar.

Anônimo disse...

A diferença de Maneschy sobre Regina corresponde aos seguintes números inteiros: 412 votos de estudantes, ou 33 votos de docentes, ou 31 votos de técnicos-administrativos.
Foi um ticão.

Juvencio de Arruda disse...

Das 12:06, fatos são fatos, números são números. Quem fala oficialmente pela eleição da UFPA é a Comissão Eleitoral, e ela já falou. O vencedor já está proclamado. O reitor Alex, suponho, deverá falar na reunião do Consun que homologará o resultado das urnas.